PLACAR

Sinner dá show na final de Miami e assume 2º lugar da ATP

Foto: Juarez Santos

Miami (EUA) – O início de temporada arrasador de Jannik Sinner ganhou mais um capítulo neste domingo, com a conquista inédita no Masters 1000 de Miami, a segunda de sua carreira em torneios deste porte. O italiano de 22 anos superou o búlgaro Grigor Dimitrov, 12º do ranking, por 6/3 e 6/1 em apenas 1h12 de partida. Também campeão do Australian Open e de Roterdã neste começo de ano, ele acumula 22 vitórias e apenas uma derrota em 2024.

A conquista em Miami também tem impacto direto no ranking. Sinner irá ultrapassar o espanhol Carlos Alcaraz e assumir a vice-liderança do ranking. Ele ficará a 1.010 pontos do número 1 Novak Djokovic e defende apenas 585 pontos na temporada de saibro. Ano passado, foi semifinalista em Monte Carlo, mas não jogou em Madri, caiu nas oitavas em Roma, nas quartas em Barcelona e na segunda rodada em Roland Garros.

Esta foi a terceira vitória de Sinner em quatro jogos contra Dimitrov no circuito. O búlgaro havia vencido o primeiro duelo entre eles, no saibro de Roma em 2020. Já no ano passado, o italiano levou a melhor em Miami e Pequim. Ele chega ao 13º título de ATP em 16 finais disputadas. Até então, seu único Masters 1000 era no ano passado, no Canadá. Já em Miami, havia sido vice-campeão em 2021 e também no ano passado.

Ao longo de duas semanas de torneio, Sinner cedeu apenas um set, diante do holandês Tallon Griekspoor na terceira rodada. O italiano estreou vencendo o compatriota Andrea Vavassori e também passou pelo australiano Christopher O’Connell nas oitavas, pelo tcheco Tomas Machac nas quartas e conseguiu uma revanche contra o russo Daniil Medvedev, campeão do ano passado, na semifinal. O campeão de Miami recebe 1000 pontos na ATP e um prêmio de US$ 1,1 milhão. Já o vice fica com US$ 585 mil e 650 pontos no ranking.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já Dimitrov, que eliminou Carlos Alcaraz nas quartas e Alexander Zverev na semifinal, tem a comemorar a volta ao top 10 do ranking, o que não acontecia desde novembro de 2018. Ex-número 3 do mundo e vencedor de nove títulos de ATP, o búlgaro também buscava seu segundo Masters 1000. Ele foi campeão de Cincinnati em 2017 e também ficou com o vice nas quadras duras e cobertas de Paris na última temporada.

Sinner enfrentou apenas um break-point em toda a partida, ainda no começo do jogo, mas fechou a porta sacando muito bem para manter o game no 2/2. Logo na sequência, conseguiu sua primeira quebra na partida, aplicando uma excelente passada na corrida, ao explorar uma subida do búlgaro à rede. O italiano seguiu colocando pressão constante sobre o serviço de Dimitrov, que salvou dois break-points e diminuiu a diferença para 4/3. Mas dois games mais tarde, Sinner aplicou mais uma passada incrível na paralela e definiu o set em 42 minutos de duração.

Sacando ainda melhor no segundo set, Sinner cedeu apenas três pontos em seus games de serviço na parcial. E com seu estilo agressivo e muita potência nos golpes, não demorou para conseguir duas novas quebras. Ele abriu 5/1 e definiu confirmou o serviço de zero, terminando o jogo com cinco games seguidos. Dimitrov, que tentou quebrar o ritmo, usar slices e subir à rede, até fez mais winners na partida, 18 a 15, mas cometeu 23 erros não-forçados contra só 9 do italiano.

58 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo Reis
Marcelo Reis
14 dias atrás

Está jogando demais o garoto Sinner, muito consistente. Cometeu somente 9 ENF no jogo inteiro, não deu chances pra Dimi. No único break point que enfrentou, salvou. E ainda teve uns 88% de rendimento com o 1º saque, muito alto. Já Dimi enfrentou uns 8 BPs, salvou só metade. Se mantiver esse nível, será número 1 da ATP ainda esse ano. A conferir.

Última edição 14 dias atrás by Marcelo Reis
Paulo Almeida
Paulo Almeida
14 dias atrás

O tênis consistência, como em 99% das vezes, deu outro show pra cima do tênis firulento de poucos resultados. E é assim que deve ser.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
14 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Assino embaixo

Joselito
Joselito
14 dias atrás

E agora terceiretes? Sinner ou Alcaraz? Para quem torcer?
Só lembrando que vem saibro pela frente.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
14 dias atrás
Responder para  Joselito

É um desespero sem tamanho das terceiretes, mas hoje com certeza torceram pro búlgaro “artista”.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
14 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Kkkkkkkklkkkkkkkkkkkkkkkkk. Abs!

Joselito
Joselito
14 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Pois é, já vi esse filme antes. Kkkk “Passador de bolas”, segundo eles, atropelando o tênis “arte”.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
14 dias atrás

Jannik é praticamente o clone do Djokovic na forma de jogar! E é ainda mais agressivo que o sérvio! Sufocou o Grigor do início ao fim! Tá maluco!

Helder Cordeiro
Helder Cordeiro
14 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Ele tà evoluindo mais e maos. Este è o Repentant Sinner e não El Pecador

Jonas
Jonas
14 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Verdade, ele tem a bola mais pesada e ainda saca demais. Difícil dizer qual golpe do Sinner é melhor: Forehand ou Backhand.

Vitor
Vitor
14 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Djokovic é bem mais criativo e versátil. Nem vem.

Wilson
Wilson
14 dias atrás

Sinner, o cara a ser batido no tênis atual.
Parabéns.

João
João
14 dias atrás

Como eu falei, Dimi não é nenhum gênio. Já tinha tido imensas dificuldades com o Sasha. Contra o Sinner é outro nível, não tem como pensar que surrar o Alcaraz significa ter cacife para bater o italiano.
Com esse resultado Janik derruba Carlos Milagres do segundo lugar no ranking de entradas e dá de goleada no espanhol no ranking do ano, bem mais que o dobro de pontos.

Conselho de amigo a quem torce pelo espanhol: Se querem torcer para um vencedor, migrem para o Sinner, pulem dessa canoa furada que a imprensa e o netflix tentam empurrar goela abaixo de vocês. Alcaraz será um novo Hewitt, estou sendo otimista.

Guilherme
Guilherme
14 dias atrás
Responder para  João

Não seja desrespeitoso. O Alcaraz já é maior que o Hewitt. E tem tudo pra ser um dos melhores de todos os tempos assim como o próprio Sinner. Sua ignorância não muda em nada este fato. Seja mais inteligente, sensato e observador ao invés de ser um torcedor fanático e cego.

Obs: sou torcedor do Sinner, prefiro ele que o Alcaraz; porém não vou ser uma pessoa retardada, o Alcaraz já é um dos grandes nomes do tênis atual e tem tudo para ser um dos maiores nomes da história do tênis.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
14 dias atrás
Responder para  Guilherme

Onde assino , caro Guilherme ??? Abs!

João
João
14 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Será que entendi bem?
Você teve vontade proferir todos esses xingamentos mas não teve coragem?
Mas gostou e aprovou porque o outro fez?
Que interessante.

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
14 dias atrás
Responder para  Guilherme

Alcaraz termina esse ano como número 1

Auxiliadora
Auxiliadora
13 dias atrás
Responder para  Luis Vanderley Santana

Pensamento positivo. A pessoa aprende com os erros. Alcaraz vai voltar ao topo e nós fará felizes em assistir seu tênis arte.

João
João
14 dias atrás
Responder para  Guilherme

Ora ora, e você vem pedir “respeito” com um comentário peçonhento como esse?
Impregnado de xingamentos, raiva e até capacitismo.
Se acalma rapaz, é só uma conversa sobre esporte, aqui ninguém é inimigo de ninguém.
E porque tanto ódio só porque eu fico tirando sarro de um cara rico que está se lixando para o que eu ou você pensa dele.

Neto
Neto
14 dias atrás
Responder para  Guilherme

Discordo que seja, no momento, maior que Hewitt.

Poderoso piupiu
Poderoso piupiu
14 dias atrás
Responder para  João

Eu tbm sempre achei q o alcaraz seria um novo hetwitt até o biótipo físico são parecidos

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
14 dias atrás
Responder para  João

Olha , olha o risonho das Firulas rsrs Jogaram OITO vezes está 4 x 4 . Vão chegar brigando pelo N 1 ao Final da temporada, mesmo JANNIK próximo aos 23 anos . Carlos Alcaraz aos 20 ( 21 em maio ) , está por enquanto com 2 SLAM e 5 MASTERS 1000 , figurinha kkkkkkkkk. Abs!

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
14 dias atrás
Responder para  João

Correção: 5 x 4 Carlos Alcaraz. Quantos SLAM e MASTERS 1000 possui Lleyton Hewitt em TODA a carreira, caríssimo João ?????. Kkkkkkk. Abs!

Vitor
Vitor
14 dias atrás
Responder para  João

Alcaraz > Sinner

Paulo Mala
Paulo Mala
14 dias atrás

Que chato esse robozinho Sinner. Todos queriam que o tenis-arte prevalecesse hoje

Paulo Almeida
Paulo Almeida
14 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Snif, snif.

DjokoGOAT rei absoluto do tênis e do esporte em geral e Sinner seu sucessor natural.

Helder Cordeiro
Helder Cordeiro
14 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Para serem todos, eu teria que concordar. Depois do Djokovic, jà è meu favorito!

Paulo Mala
Paulo Mala
14 dias atrás
Responder para  Helder Cordeiro

Favorito e eficiente é sim. Mas é um tênis modorrento, convenhamos

Fernando Venezian
Fernando Venezian
14 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Todos vírgula

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
14 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Tenis-arte = tênis derrotado e humilhado em quadra?

José Alexandre
José Alexandre
14 dias atrás

Pecador provavelmente assumirá a liderança do ranking até o final de RG pelo pouco que tem a defender, mas confio que o sucessor do rei irá papar Madrid novamente e os próximos 3 GS. Será a maior rivalidade dos próximos 20 anos.

Rodri
Rodri
14 dias atrás
Responder para  José Alexandre

Djokovic ainda não tem.sucessor kkkk

Alcaraz e sinner os melhor da história
Alcaraz e sinner os melhor da história
14 dias atrás

Sinner e alcaraz se lesões vão passar o Sérvio vacina o cueca encravada e o gordo suíço,eles são a evolução,o alcaraz com sua técnica de Federer e rapidez Djokovic,e sinner é máquina ,sinner é o CR7 do tênis ,vão ficar aí 10 anos dividindo dois slam pra cada ,e com isso já chegam a 22 slam,depois no fim da carreira passam o vacina

Jorge Luiz
14 dias atrás

Meu Deeeeuuuusss

Willian Rodrigues
Willian Rodrigues
14 dias atrás

Essa passada na paralela batida em “open stance” me traz lembranças sensacionais de uma certa decisão de ATP FINALS… Que coisa linda! Tá jogando demais Jannik Sinner! Muito bom para quem ama esse esporte ter como perspectivas os grandes embates que surgirão entre Alcaraz e esse italiano. Espero que Holger Rune e outros, incluindo nosso Fonseca (por que não?), elevem o nível para que o circuito tenha mais partidas interessantes e seja menos polarizado .

Alcaraz e sinner os melhor da história
Alcaraz e sinner os melhor da história
14 dias atrás

Sinner e alcaraz se lesões vão passar o Sérvio vacina o cueca encravada e a tartaruga suíça,eles são a evolução,o alcaraz com sua técnica de Federer e rapidez Djokovic,e sinner é máquina ,sinner é o CR7 do tênis ,vão ficar aí 10 anos dividindo dois slam pra cada ,e com isso já chegam a 22 slam,depois no fim da carreira passam o vacina

Viviane
Viviane
14 dias atrás

Não deu tempo do Dimitrov respirar. Fechou as portas quando foi preciso, faz um jogo bem objetivo, eficiente. Além do torneio, conquista tbm o segundo lugar do ranking. Gosto do Sinner, mas confesso que dessa vez estava torcendo para o Dimitrov. Infelizmente ele jogou tudo nas partidas anteriores, acho que faltou energia para essa partida.

David Almeida
David Almeida
14 dias atrás

El Pecador Sinner é um jogador fantástico, sem palavras. Dimitrov foi atropelado infelizmente.

Edson
Edson
14 dias atrás

Pelo menos sinner não é mascarado, merece ser segundo e logo passará djocko com merecimento, o primeiro vai ficar em boas mãos, vamos ver como vai ser a temporada no saibro do sérvio, se entrar com motivação vai ser uma ótima temporada com os três, pois não acredito no restante do circuito, só figurantes que de vez em quando fazem bons jogos….

Jorge Miguel
Jorge Miguel
14 dias atrás

Olha,o sinner é um.djokovic 2.0 ,é assustador pensar que existe um tenista e detalhe ,22 anos ,o Djokovic estourou a dominar o circuito com 24 anos

Osvaldo
Osvaldo
14 dias atrás

é uma pena ver o Dimitrov desperdiçando essas oportunidades de forma displicente, mesmo sendo claramente muito mais jogador do que o italiano. Ele, que é o legítimo herdeiro do tênis-arte do GOAT Federer, precisa ter mais consciência de sua responsabilidade perante a torcida do tênis-arte.

Jorge Luiz
14 dias atrás
Responder para  Osvaldo

Goat Federer? haja fanatismo

Paulo Almeida
Paulo Almeida
14 dias atrás
Responder para  Jorge Luiz

É GOAT somente da era mais fraca de todos os tempos.

Fábio S
Fábio S
14 dias atrás
Responder para  Osvaldo

O GOAT é o craque suíço.

Jorge Luiz
14 dias atrás

Melhor do mundo na atualidade, deve assumir a ponta do ranking após Roland Garros

Vitor
Vitor
14 dias atrás
Responder para  Jorge Luiz

Melhor do mundo na atualidade é o Alcaraz

Jonas
Jonas
14 dias atrás

Esse aí veio pra ficar. 22 anos e já apresenta muita maturidade, lembra muito o Djoko nas mudanças de direção, mas o italiano conta ainda com um saque destruidor. Espero que continue melhorando e não deixe Alcaraz sobrar no circuito, kkk…

Dennis Silva
Dennis Silva
14 dias atrás

Está sobrando. Futuro número 1. Difícil ser batido. O futuro chegou para ficar. A rivalidade será Sinner e Alca

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
14 dias atrás

Deu até pena do tênis “plástico” contra o estilo de tênis mais vitorioso da modalidade. O resultado não pode ser diferente quando um tenista com estilo parecido com o sérvio enfrenta o tênis estilo Djalminha e de back de uma mão.

Marcos
Marcos
14 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

é taça na certa kkkkk balé

Jonas
Jonas
14 dias atrás

Sinner tá lembrando o Djoko de 2011, que tinha 23 anos na época. O sérvio era uma máquina, bolas fundas e pouquíssimos erros não forçados, uma parede. Só que… esse Sinner saca DEMAIS e só tem 22 anos.

Jose Carlos
Jose Carlos
14 dias atrás

E o virtual numero um, levando em conta que o iugoslavo na pratica ja está aposentado do circuito. Título com méritos.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
14 dias atrás

O tênis Djalminha perdeu de novo kkkkkk

Angelo
Angelo
14 dias atrás

Torci para o Dimitrov..
Mas este começo de ano, é do Sinner…Alcaraz, precisa se reinventar..

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
14 dias atrás

Será bastante acirrada a disputa pelo número 1,mas alcaraz termina o ano na liderança

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
14 dias atrás

Sinner Tb passou alcatraz em número de títulos, (13 a 12)…

Lee
Lee
14 dias atrás

Vamos ver como ele vai se sair agora na temporada de saibro pois para ser um tenista completo igual o Djokovic ele vai precisar vencer em todos os pisos e parece que o jogo dele não se encaixa em quadras mais lenta.

trackback

[…] circuito, com 22 vitórias em 23 jogos neste início de temporada, é destacada pelos adversários. Superado pelo italiano na final do Masters 1000 de Miami neste domingo, o búlgaro Grigor Dimitrov garante que Sinner é o jogador a ser batido em 2024. Ele […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE