PLACAR

Sem jogar, Bia garante primeira final da temporada

Foto: Sarah Reed/Getty Images

Adelaide (Austrália) – Não demorou muito para que a paulista Beatriz Haddad Maia disputasse sua primeira final na temporada. Depois de duas vitórias no início da semana, ela e a norte-americana Taylor Townsend se classificaram para a decisão de duplas do WTA 500 de Adelaide, contando com a desistência da tcheca Barbora Krejcikova e da alemã Laura Siegemund na semifinal.

Classificada para as semifinais de duplas e nas quartas em simples, Siegemund acabou desistindo de ambas por lesão na perna esquerda, ajudando Bia e Townsend a garantir um lugar na decisão sem precisar jogar. A norte-americana tentará defender o título conquistado no ano passado ao lado de outra brasileira, a paulista Luísa Stefani.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

As adversárias da paulista e da norte-americana, cabeças de chave número 3, na disputa do título serão as francesas Caroline Garcia e Kristina Mladenovic, que também não precisaram disputar a semifinal para avançar. Elas contaram com a desistência da parceria formada pela letã Jelena Ostapenko, que está na semifinal de simples, e da ucraniana Lyudmyla Kichenok.

Ocupando atualmente a 25ª colocação no ranking de duplas, Bia tem nove finais e seis títulos na modalidade, dois deles conquistados no ano passado (Zhuhai e Madri). A parceria Townsend é a 10ª melhor duplista da atualidade e tem quatro títulos. Já as rivais francesas possuem um currículo recheado, com dois títulos de Roland Garros juntas (2022 e 2016).

Bia estreia no Australian Open contra Fruhvirtova

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

É isso aí, Beatriz! Já valeu a semana. Não deu em simples, tentou nas duplas e está na final, independentemente das circunstâncias. Bora pra cima das francesas buscar o título e ajudar a Townsend a defender o título de 2023, conquistado ao lado da Luisa Stefani.

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Que coisa sem graça! Idealizando, era melhor juntar as duas duplas não desistentes e ter feito logo a final e ficavam livres para pensar só no AO. Umas 4 desistências e certamente tanta dupla querendo jogar um torneio desse. No primeiro dia ainda foi possível fazer a substituição. Na simples, a Kasatkina que ganhou passagem direta pra semifinal com a desistência da Siegemund. Ostapenko e ela esperando, provavelmente, Ribakina e Pegula. Nao sei se foi a parceira de Ostapenko que teve problema ou ela que deu o migué depois do seu jogo de simples para descansar e se concentrar melhor para a possível semifinal com Ribakina na Sexta.
Bem! um descanso pra Bia, fazer algum treino e menos desgaste para chegar no AO que já tá com as cartas na mesa, quase todas.

GUSTAVO BELOFARDI
GUSTAVO BELOFARDI
1 mês atrás

Pessoal que cuida do site Tenis Brasil!
A título de informação, toda vez que eu abro o site ou alguma matéria, meu antivírus aciona, avisando que o site tem algum tipo de vírus!
Fica a dica para a melhorai do site!
Obrigado!

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Bom… A Bia sempre que da uma vacilada nas simples, vai e dá conta do recado em duplas… Eu, Jefferson, já queria que ela fizesse parceira com a Stefani pra dar liga pra olimpíada…

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Bom! Assim a Bia vai ter tempo de focar nos treinos e estratégias para pegar a tcheca!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE