PLACAR

Sabalenka treina e jogará em Miami, diz site

Foto: Katelyn Mulcahy/BNP Paribas Open)

Miami (EUA) – Após a triste notícia do falecimento de seu namorado, Konstantin Koltsov, aos 42 anos de idade, a bielorrussa Aryna Sabalenka decidiu jogar o WTA 1000 de Miami, segundo informa a versão norte-americana do Tennis Channel. A número 2 do mundo, inclusive, já apareceu treinando em vídeo publicado nesta terça-feira, indicando que disputará mesmo o torneio na Flórida.

Apesar disso, Sabalenka não concederá entrevistas durante o torneio, evitando dar neste momento qualquer declaração a respeito do ocorrido. Em diversos veículos de comunicação internacionais há pelo menos duas hipóteses sobre a causa da morte de Koltsov, como uma trombose ou suicídio, porém nenhuma das versões foi confirmada, mantendo o mistério sobre o caso.

Se realmente confirmar sua participação em Miami, a bielorrussa terá um duelo bastante complicado na estreia, já que enfrentará a vencedora da partida entre a espanhola Paula Badosa e a romena Simona Halep, que retorna após um ano e meio afastada das competições e de conseguir diminuir sua suspensão por doping de quatro anos para apenas nove meses.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Lucas Miranda Faria
28 dias atrás

Boa sorte, Saba!!!!! Até, ao: final, deste ano; eu: torcerei; para: que… você: retome o; número: 1, novamente!!!

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
28 dias atrás

Notícia triste e situação bem difícil de enfrentar. Que a Sabalenka tenha muita força pra enfrentar essa situação, superá-la e seguir em frente na vida. Um acontecimento como esse infelizmente só o tempo pra ajudar a amenizar a dor.

Flávio
Flávio
27 dias atrás

Pois é Carlos Alberto não é fácil apara ela, às vésperas de um torneio importante é muito complicado pra ela, É uma notícia triste, mesmo que seja difícil espero que ela supere isso.

Paulo Mala
Paulo Mala
28 dias atrás

Pelo jeito o relacionamento não andava bem para ela conseguir disposição para treinar

Paulo A.
Paulo A.
27 dias atrás

As europeias, ainda mais as do leste, são mesmo feitas de uma matéria diferente. Fosse uma latina estaria aos prantos, sem a menor condição de pegar numa raquete, que dirá jogar um torneio. Mas cada luto é diferente, sem julgamentos.

Cristiana
Cristiana
27 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Sem julgamentos…. disse aquele que julgou as latino americanas, numa absoluta generalização….

Marcos Souza
Marcos Souza
27 dias atrás

Tadinha, perdeu o pai ( seu maior incentivador) precocemente e agora o namorado, tomara que tenha muita força pra seguir em frente, Aryna é minha preferida!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE