PLACAR

Sabalenka se emociona e chora na premiação

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) – Vice-campeã do US Open, a bielorrussa Aryna Sabalena se emocionou no discurso de premiação e mais de uma vez interrompeu a fala engasgada pelo choro. Futura número 1 do mundo, ela brincou com a torcida no Arthur Ashe Stadium, que clamarem apoiou a tenista da casa Coco Gauff, e parabenizou a norte-americana.

“Vocês poderiam ter me apoiado assim durante o jogo”, brincou Sabalenka ao ser aplaudida no antes de começar seu discurso, no qual também falou sobre a liderança do ranking que assumirá na próxima segunda-feira. “Foco em mim mesma e não no ranking, foi por isso que tudo isso aconteceu neste ano”, falou a bielorrussa, que começou 2023 vencendo o Australian Open.

Sabalenka reconheceu o carinho que recebeu durante a campanha no torneio, apesar da torcida contra na final, e enalteceu a algoz. “Senti o amor durante essas semanas. Quero parabenizar Coco e seu time, vocês merecem esse título e acredito que outros virão. Espero nos vermos em outras finais, mas com resultados diferentes”.

A bielorrussa também enviou uma mensagem aos familiares e a todos que a apoiam. “Quero mandar todo meu amor para minha família e pedir desculpas por esse resultado”, falou Aryna chorando. Em seguida ela agradeceu também seu time e mostrou bom humor para brincar com eles.

“Obrigado gente, vocês sabem que serão demitidos depois dessa partida”, ironizou a futura número 1 do mundo. “Obrigado por tudo o que vocês fizeram por mim, fico feliz por isso e amo vocês”, finalizou a vice-campeã do US Open.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE