PLACAR

Romena derruba Carol e conquista Circuito Feminino em Campinas

Oana Gavrila. (Foto: Rafael Pignataro)

Campinas (SP) – A romena Oana Gravila sobreviveu a um longo dia decisivo na segunda etapa do Circuito Feminino Future de Tênis, que obrigou até mesmo a organização a mudar semifinais e final para a quadra de saibro coberta de São João da Boa Vista. Com duas vitórias difíceis, Gravila conquistou o sexto título de sua carreira e o primeiro em três temporadas.

No começo da tarde, a cabeça 8 conseguiu uma duríssima vitória contra Carolina Meligeni Alves, em jogo que teve no total 4h03 de intensa disputa. Gavrila liderava no sábado por 7/6 (7-1) e 1/2 no momento em que a chuva impediu a continuidade. Já em novas condições, Carol ganhou também no tiebreak, por 10-8, e aí fez um terceiro set equilibradíssimo, que acabou em novo desempate, mas desta vez com 7 a 5 para a romena.

Pouco antes, a russa e principal favorita Ekaterina Makarova também completou uma longa partida diante da argentina Julieta Estable, que durou 3h16 no total e teve parciais de 7/5, 6/7 (6-8) e 6/4.

Após o descanso regulamentar, as finalistas voltaram à quadra e viveram altos e baixos, até que a romena fez um terceiro set muito consistente e marcou o placar final de 6/2, 3/6 e 6/1.

Na final de duplas, também adiada de sábado e realizada no saibro coberto de São João da Boa Vista, a brasileira Júlia Konishi ficou com o vice, ao lado da japonesa Wakana Sonobe. As duas perderam para a norte-americana Jaeda Daniel e a russa Maria Kononova, por 6/0, 6/7 (3-7) e 10-4.

Todas elas seguem imediatamente para São Paulo, onde começa nesta segunda-feira a terceira etapa do Circuito Feminino, agora um evento de US$ 50 mil. A entrada no Clube Hípico de Santo Amaro é gratuita para o público.

O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte. Tem o patrocínio da Mills e a realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e Federação Paulista de Tênis.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando S P
Fernando S P
3 meses atrás

Esta sim poderia ser chamada de trituradora, pois venceu as cabeças 2 e 3 sendo a 8. Diferentemente de cabeças 1 e Top 100 como o Varillas e a Udvardy, por exemplo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE