PLACAR

Reis desafia campeão na abertura de Campinas

Jefferson Wendler surpreendeu o cabeça 2 Pedro Boscardin no quali (Foto: João Pires)

Campinas (SP) – A chave principal do ATP Challenger de Campinas tem início nesta segunda-feira na Sociedade Hípica com cinco partidas. O principal destaque será o desafio do pernambucano João Lucas Reis, que terá de enfrentar o atual campeão Jan Choinski. O torneio tem premiação recorde de US$ 130 mil (R$ 655 mil na cotação atual) e dá 100 pontos ao campeão. O Santander é o patrocinador oficial da competição

Para o pernambucano de 23 anos, a chave para derrotar um dos favoritos em Campinas é aproveitar as chances que criar ao longo da partida, afinal enfrentará um rival com um saque poderoso. “Joguei contra ele no México, com um pouco de altitude. É um adversário muito sólido dos dois lados que baseia o seu jogo a partir do saque. Naquela ocasião, fiz uma boa partida, mas perdi nos detalhes. Tenho que continuar esse bom momento que estou atravessando e ser muito regular nas devoluções. Tenho certeza que, criando minhas chances, posso batê-lo amanhã“, analisa o atual 281º do ranking.

O outro brasileiro em ação nesta segunda-feira pela chave principal do Campeonato Internacional de Tênis é o jovem Enzo Lima, que treina na Sociedade Hípica. Ele encara o argentino Santiago Rodriguez, 251º do mundo.

Quali define vagas
A rodada na Hípica se inicia às 10h com seis jogos que definirão os últimos nomes para a chave principal. Dez brasileiros avançaram à rodada decisiva. Haverá quatro duelos totalmente nacionais, o que garante então mais quatro brasileiros na competição.

Neste domingo, o destaque ficou para o paulista Jefferson Wendler Filho, que passou pelo catarinense Pedro Boscardin, 421º do mundo e cabeça 2 do quali, por 2 sets a 1, com parciais de 0/6, 7/5 e 6/2. “Não estou acostumado a jogar nesse nível de tênis, por isso, no começo, ele me engoliu. Mas depois fui me mantive calmo, me soltei e passei a acreditar. Não tenho palavras para descrever o que acabo de fazer. Ontem eu estava dando aula em condomínios e hoje acabo de derrotar o 400º do mundo. É incrível”, descreveu o tenista de 28 anos, que conseguiu entrar no quali ao vencer um pré-quali organizado pela Federação Paulista. Nesta segunda, Wendler terá pela frente o pernambucano José Pereira.

Já o experiente Daniel Dutra da Silva, 417º do ranking, passou com autoridade pelo italiano Lorenzo Claverie, por 6/3 e 6/2, e enfrenta Paulo Saraiva, que também causou surpresa ao derrotar de virada Gilbert Klier. Horas depois de desembarcar de Bogotá, onde foi vice-campeão de duplas no challenger local, Orlando Luz passou pelo paranaense Gabriel Sidney, seu companheiro de treinos, por 7/5 e 6/4.

“Foi uma verdadeira maratona. Viajei a madrugada inteira, cheguei em São Paulo às 6h, peguei um Uber até o hotel e vim direto para o clube. Não consegui dormir mais que 2h. No meio do jogo, eu me senti meio zonzo, mas a vontade de jogar no Brasil foi maior”, avaliou Orlandinho, que buscará vaga contra um tradicional parceiro de duplas, Marcelo Zormann. Os dois foram campeões juvenis de Wimbledon e ganharam um challenger em Piracicaba.

Entrada gratuita
Veja a programação desta segunda-feira. A entrada é gratuita na Hípica ao longo da semana.

Quadra João Lima – 10h
Quali – Daniel Dutra da Silva (BRA) vs. Paulo André Saraiva (BRA)
Quali – Orlando Luz (BRA) vs. Marcelo Zormann (BRA)
Não antes das 14h
[4]Francisco Comesana (ARG) vs. Nick Hardt (DOM)
Não antes das 17h
[5]Jan Choinski (GBR) vs. João Lucas Reis (BRA)
Não antes das 19h
Enzo Lima (BRA) vs. Santiago Rodriguez (ARG)

Quadra 3 – 10h
Quali – Jefferson Wendler Filho (BRA) vs. José Pereira (BRA)
Quali – Mateus Alves (BRA) vs. Wilson Leite (BRA)
Não antes das 14h
Marco Trungelliti (ARG) vs. Andrea Pellegrino (ITA)

Quadra 4 – 10h
Quali – Blaise Bicknell (JAM) vs. Pedro Sakamoto (BRA)
Quali – Igor Gimenez (BRA) vs. Facundo Mena (ARG)
Não antes das 14h
Guido Andreozzi (ARG) vs. Juan Pablo Ficovich (ARG)

A 13ª edição do Campeonato Internacional de Tênis é apresentado pelo Santander, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, e conta com o copatrocínio de EMS Farmacêutica, Esfera, Hospital Vera Cruz, Comgás, Lenovo, Atlas Schindler, Alupar, Taesa, BYD DAHRUJ, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Trinity, EY, INNI Sports – Bola e Roupa Oficial, Stella Artois Pure Gold, Grupo Placar – Grama Sintética, Aberje, Eletromidia, ESPN e STAR+.

O ATP Challenger de Campinas também reúne o apoio da Sociedade Hípica de Campinas, sede da competição, e integra o calendário mundial ATP Challenger Tour 100. A realização é do Instituto Sports.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE