PLACAR

Reis anota maior vitória da carreira e busca título inédito

João Lucas Reis (Foto: Luiz Cândido/CBT)

Florianópolis (SC) – A grande semana do pernambucano João Lucas Reis no challenger de Florianópolis vai terminar com a terceira final da carreira do tenista de 24 anos em nível challenger. A vaga na decisão veio com a maior vitória de sua carreira, batendo o atual 106 do mundo, o argentino Camilo Carabelli em sets diretos, com o placar final de 6/4 e 6/3, anotado em 1h55 de confronto.

Disputando sua segunda semifinal de challenger no ano, assim como fez em Buenos Aires, o pernambucano conseguiu superar essa fase, assim como fez nos challenger de Coquimbo (2023) e Ambato (2022), todas no saibro. Sua primeira decisão nesse nível será contra o vencedor da última partida do dia, entre o francês Enzo Couacaud e o italiano Gianluca Mager.

Com dois títulos na carreira até então, ambos em futures, Reis conquistou neste sábado sua vitória mais expressiva, uma vez que Carabelli foi sua vítima de melhor ranking. Antes disso, seu maior triunfo em termos de ranking foi em 2022, quando superou o então 123 do mundo Juan Pablo Varillas na semi de Ambato.

Atual 319 do mundo, o pernambucano dará um belo salto no ranking com a campanha desta semana, voltando ao top 300. Ele está subindo provisoriamente para a 280ª colocação e pode chegar até o 244º lugar em caso de título, o que seria o melhor da carreira, superando a 259ª posição alcançada em maio do ano passado.

O jogo não poderia começar melhor para Reis, que logo no primeiro game conseguiu uma quebra de zero e em seguida mostrou força ao sair de 0-40 para confirmar o serviço e fazer 2/0. Carabelli não desistiu e devolveu a quebra no quarto game, mas em seguida amargou mais um break de zero. O pernambucano teve seus três primeiros set-points no nono game, mas só fechou mesmo a parcial no décimo.

No segundo set, foi a vez do argentino pressionar no game inicial, mas Reis se manteve firme e salvou os três break-points que enfrentou. Ele obteve nova quebra no terceiro game e em seguida abriu 3/1 no marcador. Sacando muito bem, o brasileiro não foi mais ameaçado até o final da partida e selou sua vitória no nono game ao converter o quarto match-point que teve a seu favor.

24 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Arajaribu
Arajaribu
1 mês atrás

Bela vitória!! Bora copar!!!

Leandro Heck
Leandro Heck
1 mês atrás

Que mantenha a consistência para a final. Hoje barbarizou.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Vamos ganhar esse torneio João

Marcus
Marcus
1 mês atrás

Que vitória do Reis! Sólido, agressivo na hora certa e sustentando boas trocas de bola!!!

Importante para a confiança dele para entender que tem potencial para furar a barreira dos Top200 e buscar algum qualy de GS.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Bela surpresa essa vitória do Reis! Recuperou-se das 9 derrotas seguidas em grande estilo! Eu tinha falado q, se jogasse no mesmo nível das QF, teria suas chances mas, n esperava tamanha dominância!

Argentino obviamente n jogou no seu melhor nível(sobretudo no 1° set) mas, o João fez oq tem q fazer qnd pega um favorito nessas condições: jogou próximo do seu melhor nível e n deu brecha pro rival voltar pro jogo. Destaque principalmente pro bom aproveitamento com o 2° saque.

Na final, novamente será zebra(francês além de melhor rankeado, vem de final em São Leopoldo e n perdeu sets nessa semana, mas novamente, se mantiver esse nível de atuação, certamente o Reis terá suas chances, bora pra cima!

Última edição 1 mês atrás by Refaelov
Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

O Efs chamava o Reis de pangaré.
E agora, o que ele vai falar.

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Parabéns Reis.
Foram vários torneios sem bons resultados, mas enfim se superou.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás

EU acho que o joao nao chegou a 204

Leonel
Leonel
1 mês atrás

Reis a muito tempo que joga num nível superior ao ranking dele. Escolhas erradas e amareladas custaram caro no ranking e também deixaram ele fora dos Slams. Na torcida pra copar esse torneio e quem sabe morder uma última vaga em Roland garros. Seria ótimo pra ele RG como experiência e grana.Bora lá.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Grande João Reis, parabéns, muito feliz pelo seu sucesso. Vc merece. Depois da tempestade veio a bonança. Vamos Brazucas

Neto
Neto
1 mês atrás

Que ótimo!! Parabéns!

Calebe Paes
Calebe Paes
1 mês atrás

Feliz em ver o João dando a volta por cima, depois da semi foram 8 derrotas em R1, sendo algumas que estavam bem encaminhadas para a vitória. Tomara que consiga o primeiro título de CH e fique bem próximo de uma vaga nos Qualys dos próximos GS.

Bom ver e evolução dos BRs nessa gira de CH sulamericana, pelo menos um BR em todas as semis.

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
1 mês atrás

Grande vitória do João, mas acredito que sua melhor colocação no ranking foi 259 e não 204 do mundo, conforme constou na reportagem.

Scott
Scott
1 mês atrás

Deu sorte. Carabelli nitidamente morto em quadra. Na próxima rodada não terá a mesma sorte.

Blumenau coleções
Blumenau coleções
1 mês atrás

Assistindo da arquibancada é melhor do que pela TV, adrenalina pura, com direito a foto com o João. Amanhã firme e forte de novo no LIC torcendo pro nosso atleta brasuca.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Blumenau coleções

Como funciona a entrada pra assistir a partida?

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  Refaelov

A entrada é gratuita, o estacionamento é 50 reais, a água é de graça também.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Blumenau

Boa amigo, valeus. Vou lá prestigiar amanhã tbm.

Blumenau coleções
Blumenau coleções
1 mês atrás

Desculpem-me os negativos, mas João jogou muito mais que o argentino, alguns erros normais, mas nada que tirasse o brilho da vitória.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Grande vitória do Reis,se conseguir manter o nível de hoje terá boas chances de título amanhã!!!

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Ótimo jogo do brasileiro!! Atacou muito mais e as bolas defensivas do argentino não estavam incomodando, João chegava bem na maioria e finalizava o ponto! Boa sorte na final!!

Leonel
Leonel
1 mês atrás

João é jogador de challenger saibrista. Ele tem que se convencer disso. Tudo pra ser top em challenger 75/100. Joga muito nesse nível. É só ganhar um torneio que vai destravar o mental e muitos títulos virão.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE