PLACAR

Pigossi não aproveita chances e para na 1ª rodada

Foto: Caldas da Rainha Ladies Open

Monastir (Tunísia) – Durou pouco a campanha da paulista Laura Pigossi no WTA 250 de Monastir, onde a número 2 do Brasil não conseguiu passar da estreia. Nesta segunda-feira, ela foi derrotada pela bielorrussa Iryna Shymanovich em sets diretos, com o placar final de 6/3 e 6/2, anotado em 1h43 de confronto.

Atual 176 do mundo, Shymanovich está radicada no Rio de Janeiro desde março de 2022 e tem agora duas vitórias em dois jogos contra Pigossi. Na segunda rodada, a bielorrussa terá pela frente a vencedora do duelo entre a belga Elise Mertens, cabeça de chave número 2, e a quali filipina Alexandra Eala.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Embora tenha vencido apenas cinco games na partida, a brasileira fez um jogo parelho com Shymanovich, mas não soube aproveitar as oportunidades que teve. Enquanto a bielorrussa converteu metade dos oito break-points que teve no decorrer da partida, Pigossi só conseguiu aproveitar uma das 10 chances de quebra que teve a seu favor. Além disso, a brasileira também teve dificuldades com o saque, especialmente quando dependia do segundo serviço, vencendo só 8 pontos em 21 possíveis.

Com um estilo mais agressivo e maior potência nos golpes, Shymanovich abriu 4/0 de cara, conseguindo duas quebras, ao passo que a paulista deixou escapar dois break-points no terceiro game. Pigossi até conseguiu devolver uma das quebras já no quinto game e apresentou uma melhora no fim do primeiro set, sustentando mais as trocas de fundo com a rival. Só que a bielorrussa soube administrar bem a vantagem no placar e seguiu na frente até fazer 1 a 0.

Pigossi poderia ter largado bem na segunda parcial, mas perdeu cinco break-points no segundo game e depois mais um no quarto. Shymanovich não perdoou e bateu o saque da rival no quinto e depois novamente no sétimo, salvando ainda mais um break-point quando já tinha uma quebra acima. Com folga no placar, ela manteve a dianteira até o fim e selou a vitória.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE