PLACAR

Pigossi luta muito, mas leva a virada em Brasília

Foto: Luiz Cândido/CBT

Brasília (DF) – Depois de ganhar oito partidas consecutivas jogando no piso sintético em quadras nacionais, Laura Pigossi sentiu o desgaste e acabou eliminada na semifinal do Engie Open de Brasília, torneio ITF W80 nas quadras duras da Arena BRB. Apoiada pelo público, a paulistana venceu o primeiro set, mas pouco a pouco cedeu terreno e levou a virada da francesa Leolia Jeanjean, cabeça 5 do torneio e 164ª do ranking, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4.

“Dói um pouco o coração de não ter conseguido essa final aqui em Brasília, mas gostei muito do meu nível de tênis, da maneira que consegui levar o jogo adiante. Mesmo sofrendo um pouco com o físico, me sentindo mais cansada, com a torcida me puxando, não desisti do jogo, mas infelizmente não deu”, disse Laura.

A atual número 2 do país vem da conquista do maior título da carreira, obtido há uma semana no ITF W60 de Feira de Santana. Número 144ª do mundo no momento, ela somará 42 pontos no ranking e deve avançar mais 10 posições. Isso lhe dá boas chances de entrar como cabeça de chave no qualificatório para o US Open, cuja chave será sorteada no dia 20.

Jeanjean decidirá o título contra a surpresa suíça Lulu Sun, 262ª colocada, que mais cedo eliminou com inesperada facilidade a ex-top 10 Kristina Mladenovic, com parciais de 6/3 e 6/1. A partida acontecerá às 10 horas.

Jogo fisicamente exigente
Pigossi foi muito consistente ao longo de todo o primeiro set, sabendo pressionar a adversária logo no primeiro game, o que lhe valeu a quebra necessária para finalizar a série. A francesa no entanto manteve postura agressiva, fez 3/1 no segundo set e não permitiu reações.

Após o game inicial do terceiro set, Pigossi pediu atendimento médico para dores lombares. A fragilidade ficou clara a ponto de Jeanjean abrir 4/0 e ainda ter um break-point. A brasileira lutou muito, procurou bons ângulos, fez até uma passada de ‘grand-willy’ e encostou no sétimo game.

A francesa conseguiu segurar a cabeça, fechou seu serviço de zero para brecar a reação e por fim fechou a partida num 10º game em que não teve receio em colocar bolas bem mais altas. Pigossi ainda evitou dois match-points com muita determinação, mas a francesa deu dois ótimos serviços para concluir.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE