PLACAR

Paul e Shelton confirmam favoritismo na estreia em Dallas

Foto: Alex Smith/Dallas Open

Dallas (EUA) – Na noite de quarta-feira o ATP 250 de Dallas teve as estreias dos tenistas da casa Tommy Paul e Ben Shelton. Cabeças de chave 2 e 3, eles abriram campanha na competição, ambos entrando direto na segunda rodada, e venceram suas partidas, garantindo lugar nas quartas de final.

Shelton foi o primeiro dos dois a entrar em quadra, enfrentou o compatriota Michael Mmoh e não teve dificuldades para sair com a vitória. Ele precisou de apenas 64 minutos para fechar o jogo com duplo 6/3, anotando 23 bolas vencedoras e apenas dois erros não forçados, contra 13 winners e seis erros não forçados do adversário.

Na sequência, fechando o dia na quadra central, Paul também avançou em sets diretos, gastando 1h32 para derrotar o japonês Taro Daniel com o placar final de 6/3 e 6/2. O norte-americano teve 75% de aproveitamento com o saque, salvou os quatro break-points que enfrentou e converteu três das 14 chances de quebra que teve no decorrer da partida.

Os dois favoritos norte-americanos ainda não têm seus próximos rivais definidos. Paul espera pelo vencedor do duelo entre o alemão Dominik Koepfer, oitavo pré-classificado, e o australiano Rinky Hijikata, enquanto Shelton terá pela frente ou o compatriota Denis Kudla, ou o australiano Jordan Thompson, cabeça de chave 7.

Vindo do quali como lucky-loser, Kudla fez sua estreia também na quarta-feira, estreando na chave principal batendo o moldávio Radu Albot por 6/3 e 7/6 (7-3). Outro jogo de primeira rodada que ainda precisava ser disputado foi a vitória de Hijikata sobre o norte-americano Ethan Quinn com duplo 6/4.

Cabeça de chave 5, o tenista da casa Christopher Eubanks não passou da segunda rodada e caiu diante do australiano James Duckworth em dois sets, com o placar final de 7/6 (7-3) e 6/4. Duckworth espera agora por quem passar do embate entre o francês Adrian Mannarino, quarto favorito, e o japonês Yoshihito Nishioka.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE