PLACAR

Orlando Luz vence nas duplas, Wild e Fonseca estreiam terça

Orlando Luz e Matias Soto (Foto: Chile Open)

Santiago (Chile) – A participação brasileira no ATP 250 de Santiago começou com uma vitória de Orlando Luz na chave de duplas. Luz e o chileno Matias Soto receberam convite e venceram nesta segunda-feira os peruanos Ignacio Buse e Arklon Huertas por 6/3 e 6/4.

Esta foi a terceira vitória de Orlando Luz em chaves principais de ATP nas duplas. A primeira foi no Rio Open de 2020 e a mais recente também em Santiago, no ano de 2022. Os próximos adversários podem ser os norte-americanos Evan King e Reese Stalder, cabeças de chave 4, ou os indianos Anirudh Chandrasekar e Vijay Sundar Prashanth.

O gaúcho de 26 anos é o atual é o atual 133º colocado no ranking de duplas da ATP e tem como melhor marca da carreira a 90ª posição, alcançada em setembro de 2021. A vitória na estreia rende 45 pontos na ATP e a vaga nas quartas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

A rodada desta terça-feira terá os dois brasileiros da chave de simples. Número 1 do país e 73º do ranking, Thiago Wild estreia às 14h (de Brasília) contra o argentino vindo do quali Roman Burruchaga, 159º colocado. Campeão do torneio em 2020, Wild joga na quadra 2. Já o carioca de 17 anos João Fonseca atua por volta das 16h na quadra principal. Convidado em Santigo, ele enfrenta o argentino Thiago Tirante, número 100 do mundo.

Nas duplas, o gaúcho Marcelo Demoliner e o argentino Guillermo Duran enfrentam os bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos no último jogo da quadra 1. As estreias de Marcelo Melo e de Rafael Matos, ao lado de seus respectivos parceiros estrangeiros, só acontecerão na quarta-feira. Melo e o holandês Matwe Middelkoop encaram o argentino Pedro Cachin e o espanhol Jaume Munar, enquanto Matos e o colombiano Nicolas Barrientos, campeões do Rio Open, encaram o italiano Luciano Darderi e o espanhol Pedro Martinez.

Jarry enfrentará Coria na estreia em casa
Principal cabeça de chave em Santiago e atual campeão do torneio, o chileno Nicolas Jarry já tem adversário definido para a estreia. O atual 22º do ranking enfrenta o argentino Federico Coria, 88º do ranking, que venceu o eslovaco Alex Molcan por 6/1 e 7/6 (7-1). Jarry venceu três duelos anteriores entre eles, válidos por eventos challenger e ITF. Será a primeira vez que eles se enfrentam na ATP.

Já o espanhol Pedro Martinez, campeão de 2022, bateu o italiano Francesco Passaro por 6/4 e 6/1. Seu próximo rival será o argentino Facundo Díaz Acosta, campeão em Buenos Aires, que derrotou o compatriota Pedro Cachin por 5/7, 6/3 e 7/6 (7-2).

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Bernardo Dornela
Bernardo Dornela
1 mês atrás

“Campeão do torneio em 2020, Wild joga na quadra 2. Já o carioca de 17 anos João Fonseca atua por volta das 16h na quadra principal.”
Sei lá, tenho a impressão de que o Selvagem não curtiu muito essa… cheio de moral o Fonseca, que tem um jogo factível amanhã.

Rocha
Rocha
1 mês atrás
Responder para  Bernardo Dornela

Se vc não gostou da organização do torneio ter colocado o João na quadra principal, resta vc chorar rsss

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Orlando subindo pra n. 123 do ranking com essa vitória. Se chegar na semi, cola no top 100!

rbclima
rbclima
1 mês atrás

q coisa, Orlando já foi top 90 e só tem 3 vitórias em atp? O Meligeni, q prioriza a simples, tem 2 títulos. Achei q o nível, nas duplas, deles dois, era parecido

Bricio Cunha Fagundes
Bricio Cunha Fagundes
1 mês atrás
Responder para  rbclima

E é parecido. Só que o ranking de simples do Orlando é mais baixo, e ele não largou as simples. Por isso prioriza o circuito challenger pra poder jogar simples e duplas. Se ele vai pros ATPs, dá adeus à carreira de simples

trackback

[…] Orlando Luz vence nas duplas, Wild e Fonseca estreiam terça […]

trackback

[…] (Chile) – O convite recebido para a chave de duplas do ATP 250 de Santiago foi muito bem aproveitado por Orlando Luz e o […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE