PLACAR

Orlando Luz disputa no Chile sua 1ª final de duplas na ATP

Orlando Luz e Matias Soto (Foto: Chile Open)

Santiago (Chile) – O convite recebido para a chave de duplas do ATP 250 de Santiago foi muito bem aproveitado por Orlando Luz e o parceiro chileno Matias Soto, que garantiram vaga na final do torneio em quadras de saibro. Eles venceram nesta sexta-feira os principais cabeças de chave, Marcelo Melo e o holandês Matwe Middelkoop, por 7/6 (7-2) e 6/2.

Esta será a primeira final de ATP na carreira de Orlando Luz. Até então, o gaúcho de 26 anos tinha como melhores resultados as quartas de final do Rio Open em 2020, com Rafael Matos, e de Santiago em 2022, ao lado de Thiago Monteiro. No ranking, ele aparece atualmente no 133º lugar e tem como melhor marca da carreira a 90ª posição. A vaga na final já o faz saltar 20 posições e o título o reaproximaria do top 100.

O primeiro set da semifinal teve uma quebra para cada lado. Melo e Middelkoop chegaram a liderar o placar por 5/3, mas permitiram a quebra quando sacavam para fechar. Durante o tiebreak, Luz e Soto foram impecáveis no saque e venceram dois pontos importantes nas devoluções. A dupla convidada dominou o segundo set, saiu vencendo por 4/0 e não enfrentou break-points na parcial até definir a disputa em sets diretos.

“Ganhar na semifinal do Marcelo é um grande feito. Ele é um ídolo para mim. Desde pequeno eu o acompanho em Copa Davis e sempre foi um cara que eu me espelhei bastante no dia a dia. Sou muito grato de ter contato com ele”, disse Orlando Luz após a partida. “Muito feliz pela minha primeira final de ATP. Queria agradecer à Confederação Chilena pelo convite, senão não teria essa possibilidade. E meu parceiro também está jogando muito bem. É uma grande conquista. Ainda vamos jogar mais duas semanas juntos e espero que esse resultado possa dar ainda mais frutos daqui pra frente e alavancar mais visibilidade também. Estamos em busca de patrocínios para continuar viajando no circuito”, complementou o ex-número 1 juvenil.

Matos e Barrientos caem na semifinal
Havia a possibilidade de uma final brasileira em Santiago. Isso porque o gaúcho Rafael Matos e seu parceiro colombiano Nicolas Barrientos, campeões do Rio Open no último domingo, disputaram ainda nesta sexta-feira a outra semifinal contra os chilenos Tomas Barrios Vera e Alejandro Tabilo, que venceram por 2/6, 6/4 e 10-6. Canhoto de 28 anos, Matos tem sete títulos de ATP e buscava sua 13ª final no circuito. Barrios e Tabilo enfrentam Luz e Soto neste sábado.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Já o veterano Marcelo Melo tentava alcançar sua 73ª final de ATP nas duplas. Em sua vitoriosa carreira, ele já acumula 37 títulos no circuito, o mais recente na grama de Halle no ano passado. Melo e Middelkoop também foram semifinalistas em Buenos Aires há duas semanas, mas não passaram da estreia do Rio Open, superados por Matos e Barrientos.

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rbclima
Rbclima
1 mês atrás

Torcendo por vc!

Felipe Pacheco
Felipe Pacheco
1 mês atrás

Parabéns, Orlandinho! Um cara que jogava de igual pra igual com Fritz e Rublev no juvenil, e que teve tantos erros e problemas na transição pro profissional, merece um título de ATP, mesmo que nas duplas. Convite muito bem aproveitado. Orlando muito sólido no fundo de quadra e sacando bem demais.

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás

Que faaaaase do Melo…

Jorge Luiz
1 mês atrás

Valeu Luz, cara muito batalhador,fico muito contente e na torcida para copar

Faber Monteiro
Faber Monteiro
1 mês atrás

Boa Sorte Orlandinho!!

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Boa sorte Orlandinho!!!

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Parabéns Luz, vc merece. Mais um título brasileiro no fds.

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Boa sorte, Orlando!! Excelente semana, boa sorte na final!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE