PLACAR

Norrie vence duelo britânico contra o embalado Draper

Foto: Chloe Knott/AELTC

Londres (Inglaterra) – Responsável por eliminar Carlos Alcaraz em Queen’s e campeão em Stuttgart, uma semana antes, o britânico Jack Draper chegou embalado para a disputa de Wimbledon. Cabeça de chave 28, ele não conseguiu aproveitar os bons resultados na grama e foi eliminado na segunda rodada, perdendo para o compatriota Cameron Norrie em sets diretos, com 7/6 (7-3), 6/4 e 7/6 (8-6).

Este foi o terceiro duelo entre os dois britânicos e pela terceira vez Norrie aproveitou a maior experiência e levou a melhor sobre o compatriota, que o superou no ranking e passou a ser o número 1 do país no ranking de 17 de junho. O vencedor da partida vinha de fracas campanhas na grama, caindo na estreia em Queen’s e Eastbourne e na segunda rodada no challenger de Nottingham.

Semifinalista no All England Club em 2022, na melhor campanha da carreira em Grand Slam, o canhoto de 28 anos se tornou o décimo britânico na Era Aberta a alcançar a terceira rodada de Wimbledon pelo menos três vezes, se juntando à lista que tem Andy Murray (13), Tim Henman (9), Mark Cox (6), Greg Rusedski (5), Chris Wilkinson (4), Jeremy Bates, Daniel Evans, John Lloyd e Buster Mottram (3).

Norrie tem tudo para desafiar o alemão Alexander Zverev na próxima rodada. Para que isso aconteça, o quarto favorito precisa fazer valer sua condição na partida contra o norte-americano Marcos Giron, que fecha o dia na Quadra 1.

Fritz derruba Rinderknech

Podendo cruzar com Norrie ou Zverev nas oitavas de final, o norte-americano Taylor Fritz garantiu mais uma vitória na grama de Wimbledon ao bater o francês Arthur Rinderknech, repetindo o triunfo obtido ano passado na segunda rodada de Roland Garros. Mais uma vez ele seguiu adiante, agora depois de quatro sets de disputa, marcando o placar final de 6/3, 6/4, 3/6 e 6/4.

Assim como Norrie, o norte-americano também alcança a terceira rodada no All England Club pela terceira vez, tendo como melhor campanha no torneio as quartas de final em 2022. Seu próximo adversário na competição será o chileno Alejandro Tabilo, 24º pré-classificado e campeão de Mallorca na semana passada, contra quem já jogou duas vezes e venceu ambas, a última neste ano em Indian Wells.

Pouille vence a quinta consecutiva

Ex-top 10, o francês Lucas Pouille segue em grande momento no torneio. Ocupando atualmente apenas a 212ª colocação no ranking, ele entrou na disputa depois de vencer seus três jogos no quali e agora já tem mais dois triunfos na chave principal, o mais recente deles para cima do australiano Thanasi Kokkinakis, que abandonou o jogo quando perdia com o placar de 2/6, 7/5 e 5/2.

Com a campanha até então no terceiro Grand Slam da temporada, Pouille está recuperando provisoriamente 47 lugares no ranking e indo para o 165º posto. Para tentar subir um pouco mais e avançar no All England Club ele terá que superar o australiano Alex de Minaur, cabeça de chave número 9, em duelo inédito no circuito.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
8 dias atrás

Achava que o draper ia ganhar Wimbledon

trackback

[…] o norte-americano Taylor Fritz levou a melhor em duelo válido pela segunda rodada de Wimbledon, triunfando com o placar final de 6/3, 6/4, 3/6 e 6/4 na última […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE