PLACAR

Nauhany Silva surpreende a cabeça 1 no RG Junior Series

Nauhany Silva (Foto: Ricardo Moreira/DGW)

São Paulo (SP) – A noite desta quarta-feira ficará marcada para Nauhany Silva. Em sua estreia no Roland-Garros Junior Series, a paulista surpreendeu a argentina Sol Larraya, principal favorita e atual campeã do torneio, por duplo 6/4.

Emocionada ao final da partida, Naná, como é carinhosamente chamada, falou sobre a experiência de jogar pela primeira vez com torcida. “Não estou acreditando. Estou muito feliz. Gostaria de agradecer todo mundo que veio torcer por mim. Deu tudo certo, joguei bem, o jogo passou na televisão. É tudo muito novo para mim”, disse a tenista de 14 anos.

Outra brasileira a estrear com vitória foi Pietra Rívoli, gaúcha de 16 anos e que foi finalista da edição passada. Ela superou nesta quarta-feira a equatoriana Viktoria Monge por 6/0 e 6/1. “Muito feliz ter começado bem o torneio. Apesar do placar, o jogo não foi fácil. Estou feliz por ter apresentado um bom nível e agora é descansar o resto do dia para amanhã estar mais forte ainda”.

A também gaúcha Isabeli Andreola, que bateu a uruguaia Sofia Barbosa por 6/3 e 6/2, falou sobre a estreia: “Foi um jogo bom, com um pouco de nervosismo no início. Mas depois do 3/3, consegui me soltar um pouco mais. Joguei com mais intensidade e consegui abrir mias a quadra fazer um bom segundo set”, avaliou a jogadora de 16 anos.

Quatro vitórias no masculino: Entre os meninos, Washington Alves, Luis Augusto Miguel, Pedro Dietrich e Thomas Miranda também estrearam com vitória no torneio, que está sendo disputado em grupos na primeira fase, com todos jogando contra todos em seu próprio grupo. Os melhores de cada grupo se classificam para as semifinais e os vencedores classificam-se para as finais. Os campeões, masculino e feminino, além do título, ganham um convite para a chave principal do Roland Garros Junior, em Paris.

Confira os resultados da chave feminina
Nauhany Silva (BRA) v. [1]Sol Larraya (ARG) , 6/4 6/4
[2]Pietra Rivoli (BRA) v. Viktoria Monge (EQU), 6/0 6/1
[3]Candela Vazquez (ARG) v. Zoe Doldán (PAR), 6/2 6/0
[4]Hanne Estrada (MEX) v. Alicia Reichel (BRA), 6/1 6/0
Sabrina Balderrama (VEN) v. Micaela Moro (PER), 6/3 6/1
Agustina Soto (CHI) v. Clara Borrasca (BRA), 6/1 6/3
Isabeli Andreola (BRA) v. Sofia Barbosa (URU), 6/3 6/2
Valery Sumoya (BOL) v. Sofia Albieri (BRA), 6/3 6/0

Veja os resultados do torneio masculino 
[1]Luis Augusto Miguel (BRA) v. Benjamin Pérez (CHI), 6/0 6/0
[2]Dante Pagani (ARG) v. Alvaro Frutos (PAR), 7/5 6/3
[3]Mauricio Schtulmann (MEX) v. Leonardo Storck (BRA), 6/3 6/1
Thomas Miranda (BRA) v. [4]Lucas Velasco (COL) , 6/4 4/6 10-8
Nicolás Baena (PER) v. Faustino Boffelli (ARG), 6/3 7/5
Felipe Vazquez (URU) v. Guilherme Do Val (BRA), 6/2 6/2
Washington Matos (BRA) v. Alejandro Bejarano (BOL), 7/5 6/4
Pedro Dietrich (BRA) v. Emilio Camacho (ECU), 6/3 6/4

17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Eduardo
Eduardo
3 meses atrás

O vice ganha vaga para o qualy?

José Nilton Dalcim
Admin
3 meses atrás
Responder para  Eduardo

Não.

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
3 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Dalcim,acho q nauhany é mas nova q a vitória??

José Nilton Dalcim
Admin
3 meses atrás
Responder para  Luis Vanderley Santana

As duas têm 14 anos, diferente está em meses.

Paulo A.
Paulo A.
3 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Qual das duas você acha mais promissora?

José Nilton Dalcim
Admin
3 meses atrás
Responder para  Paulo A.

Acho as duas promissoras, Paulo, mas, depois de 44 anos vendo tanta gente promissora não chegar lá, eu sempre prefiro enorme cautela.

Paulo A.
Paulo A.
3 meses atrás

Naná é um talento absurdo! Mais do que a vitória, que já foi um feito e tanto, foi a forma como ela jogou e venceu que impressiona: jogo agressivo, moderno, bonito de se ver e um saque devastador para uma garota que acabou de completar 14 anos! E poderia até ter sido mais elástico o placar se ela não tivesse se atrapalhado com seus próprios erros…Torcerei por ela!

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
3 meses atrás
Responder para  Paulo A.

ainda precisa aprender a controlar a própria potência, que é impressionante, falta paciência e isso causa muito mais ENFs do que o necessário, mas definitivamente é mais fácil aprender a controlar a potência do que ter arranjar alternativas pra compensar a falta dela

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
3 meses atrás

Excelente vitória da Nauhany. Guto Miguel e Pietra Rivoli atropelaram. Vi um pouco o jogo do Guto, garoto promete. Bate firme na bola. Boa vitória também do Thomas Miranda, surpreendendo um favorito. Boa sorte moçada

Eduardo
Eduardo
3 meses atrás
Responder para  Guilherme do ES Ribeiro

Guto é um talento a ser lapidado, muita potência. O dever de casa é transmitir pra ele que o caminho é árduo e longo, sem entrega total aos treinamentos, o talento não basta. Espero que ele entenda isso, o Fonseca serve como um modelo pra ele.

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
3 meses atrás

A argentina passou grande parte da partida chorando em quadra, em desespero total. O saque da brasileira é um assombro e ela já tem todos os outros golpes, falta ainda melhorar a parte tática, que ainda é claramente de juvenil, mas ela tem tempo, se trabalhar isso direito em breve já estará pronta pra passar o rolo compressor no profissional

Paulo A.
Paulo A.
3 meses atrás
Responder para  Bernardo Oliveira

Ela já saca a quase 190 km/h! E nem é tão alta assim mas tem um instinto matador em quadra. Fora dela é um doce de criança…

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
3 meses atrás
Responder para  Paulo A.

sim, precisa só controlar melhor o instinto pra não morrer em vez de matar, mas o saque dela é impressionante mesmo, a argentina estava DESESPERADA em quadra

Astério Silva
Astério Silva
3 meses atrás

Parabéns para a Nauhany, uma menina com postura alegre positiva se dedicando ao jogo em contraste com a negatividade da adversária Sol que só reclama todo o tempo. Essa Sol Larraya não vai para lugar nenhum. Vamos Naná !!!

Leonel
Leonel
3 meses atrás
Responder para  Astério Silva

Nauhany vai roubar a mídia logo e juntamente com Wild e Fonseca. Essa menina vai nos conquistar rapidamente ao ponto de logo ficarmos na expectativa de ver seus jogos igual já buscamos os jogos do Fonseca.

Eduardo
Eduardo
3 meses atrás

Não era a favorita e venceu bem, ótimo jogo da Naná. A argentina, com essa esquerda a la Berasategui (os mais antigos lembrarão), vai ter problemas pra vingar no profissional. Fora o emocional, que pareceu desequilibrado já no meio do jogo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE