PLACAR

Nadal vai disputar o ATP 250 de Bastad na preparação olímpica

Foto: Roland Garros/FFT

Bastad (Suécia) – Um dia após ser confirmado na equipe espanhola que competirá nos Jogos de Paris, o ex-número 1 do mundo Rafael Nadal foi anunciado no ATP 250 de Bastad, torneio de saibro que acontece depois de Wimbledon e que o canhoto de Mallorca vai suar para se preparar para a competição olímpica.

Nadal volta ao torneio sueco pela primeira vez desde 2005, quando conquistou o título em sua terceira aparição em Bastad. Ele também competiu lá nos dois anos anteriores, caindo nas quartas de final em ambos. O espanhol foi superado pelo equatoriano Nicolas Lapentti em 2003 e pelo argentino Gastón Gaudio em 2004.

“Estou feliz por poder jogar em Bastad neste verão, onde ganhei um dos meus primeiros títulos ATP. Tenho ótimas lembranças de lá e estou realmente ansioso para voltar e jogar diante dos fãs suecos”, disse Rafa em comunicado divulgado pela organização do evento.

Nadal recebe um convite da organização e se junta a um elenco estrelado, que deve ter o novo número 1 do mundo Jannik Sinner, o atual campeão Rublev e o norueguês Casper Ruud, que venceu a competição em 2021.

Os espanhóis têm um grande histórico na competição, com 13 títulos conquistados, sete deles desde que Nadal ergueu a taça no saibro sueco, o mais recente em 2017 com David Ferrer, que foi o último campeão repetido (venceu também em 2012). No ano passado, quem sagrou-se campeão em Bastad foi o russo Andrey Rublev.

Segundo Christer Hult, diretor do torneio, a participação de Rafael Nadal significa um impulso significativo tanto para o evento. “Quando descobri que Rafa planejava jogar as Olimpíadas, vi uma oportunidade e entrei em contato novamente com o empresário dele. Esperamos um aumento ainda maior na procura de ingressos”.

 

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
1 mês atrás

esse aí tá disputando com o Djoko quem passa mais vergonha antes de aposentar…

Paulo Almeida
Paulo Almeida
1 mês atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Nenhum deles se aposentou tomando pneu na sua quadra favorita do poderoso Hurkacz.

Oscar
Oscar
1 mês atrás
Responder para  Paulo Almeida

Hurkacz é top8, um dos tenistas mais duro no piso rápido. Não foi nenhuma vergonha perder dele.
Por outro lado, o Djokovic perdeu esse ano para caras meio desconhecidos como Machac, Tabilo, Nardi… se está ruim assim, imagina no último ano dele

Paulo Almeida
Paulo Almeida
1 mês atrás
Responder para  Oscar

Hurkacz não era top 8 em 2021. Federer também perdeu para Basilashvili, Pablo Andújar e foi humilhado pelo Aliassime em Halle.

Djoko perdeu para esses caras devido a crises internas, como mudança de staff e lesão no joelho. Em RG, jogou no modo GOAT contra o Carballes Baena e conseguiu 2 viradas épicas. Ainda tem muita lenha pra queimar.

Tomaz Radel
Tomaz Radel
1 mês atrás

Nadal ganhou de Minuar, que foi campeão hoje de um ATP 500, ele tem um staff completo, treina onde quiser, tem convite para jogar qualquer torneio e ainda é pago para isso, inveja é uma merda

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE