PLACAR

Krejcikova volta a vencer após 4 meses, Boulter abandona

Barbora Krejcikova (Foto: Paul Harding/Getty Images for LTA)

Birmingham (Inglaterra) – O início da temporada de grama marcou o fim de uma incômoda sequência de derrotas para Barbora Krejcikova. Segunda cabeça de chave no WTA 250 de Birmingham, a tcheca comemorou sua primeira vitória em quatro meses ao superar nesta terça-feira a australiana Daria Saville por 6/1 e 7/6 (7-5).

Ex-número 2 do mundo e campeã de Roland Garros em 2021, Krejcikova está com 28 anos e aparece atualmente na 25ª posição do ranking. Sua vitória mais recente havia sido no WTA 500 de Abu Dhabi, em fevereiro, contra a espanhola Sara Sorribes. E antes disso, chegou às quartas do Australian Open. Desde então, a tcheca não jogou em Indian Wells e Miami por lesão nas costas e perdeu nas estreias de Stuttgart, Madri, Estrasburgo e Roland Garros.

A adversária de Krejcikova na segunda rodada em Birmingham será a britânica Harriet Dart, 101ª do ranking, que derrotou a japonesa Moyuka Uchijima por duplo 6/3. O confronto entre elas é inédito no circuito profissional.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já a também britânica Katie Boulter, campeã em Nottingham na última semana, jogou por apenas 45 minutos em Birmingham e abandonou a partida contra a ucraniana Anhelina Kalinina depois de ter perdido o primeiro set por 6/3. Segundo a WTA, Boulter se retirou por estar doente. Kalinina enfrenta a cazaque Yulia Putintseva, que bateu a francesa Clara Burel por 6/3 e 6/4.

Outras duas britânicas perderam na primeira rodada. A experiente Heather Watson foi superada pela tcheca Marie Bouzkova por 3/6, 6/4 e 7/5. Já a russa Diana Shnaider passou pela anfitriã vinda do quali Amelia Rajecki por 7/5 e 6/3. Bouzkova e Shnaider se enfrentam nas oitavas.

Pliskova cai na estreia, Mertens supera Wozniacki

Finalista em Nottingham na última semana, Karolina Pliskova não passou da estreia em Birmingham. A ex-número 1 do mundo e atual 42ª do ranking chegou a ter dois match-points nesta terça-feira, mas foi superada pela norte-americana Caroline Dolehide, 61ª colocada, por 2/6, 6/3 e 7/6 (7-5).

A adversária de Dolehide na segunda rodada será a belga Elise Mertens, 32ª do mundo, que derrotou outra ex-número 1, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, por 6/4 e 6/1. Wozniacki, de 33 anos, estava afastada do circuito desde o final de abril em Madri e não disputou Roland Garros. A dinamarquesa, que hoje ocupa o 114º lugar em seu ano de retorno ao tênis profissional não atuava na grama desde 2019.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
ADALBERTO SOUZA
ADALBERTO SOUZA
29 dias atrás

Kreji, ainda bem que você não é brazuca! kk…
Se fosse, os haters já teriam recomendado parar com a carreira e virar comentarista de TV, Rrss…
VQV brazucas!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE