PLACAR

Schiessl leva virada na Turquia, Loureiro faz final no Chile

João Schiessl (Foto: João Pires/Fotojump)

Antalya (Turquia) – Único brasileiro a disputar o ITF M15 de Antalya nesta semana, no saibro turco, João Schiessl se despediu da competição nas oitavas de final. O paranaense de 19 anos chegou a aplicar um ‘pneu’ no cazaque Dmitry Popko, cabeça 5 do torneio, mas acabou derrotado de virada pelo placar de 0/6, 6/3 e 10-4, em 1h37 de partida.

Atualmente no 900º lugar do ranking, o canhoto radicado em Curitiba deverá ganhar em torno de dez posições na lista da ATP com o ponto somado na Turquia, chegando à 890ª colocado e superando assim sua melhor marca, que foi o 894º posto na semana passada.

Schiessl também disputou a chave de duplas em Antalya, mas acabou eliminado logo na estreia ao lado do argentino Lúcio Carnevalle. Eles foram superados na quinta-feira pelos cabeças 1, o russo Bogdan Bobrov e o uzbeque Sergey Fomin, pelo placar de 7/5, 2/6 e 12-10. A derrota precoce lhe custará cinco posições no ranking da especialidade, caindo do 645º para o 650º lugar. Seu recorde pessoal é o 632º posto, obtido na última semana de outubro de 2023.

Loureiro faz final no Chile

Último brasileiro vivo no ITF M15 de Concecpción, no saibro chileno, o mineiro João Victor Loureiro está classificado para a grande decisão da chave de duplas. Ele e o argentino Lautaro Midon superaram na tarde desta sexta-feira os tenistas da casa Diego Flores e Matías Soto, segundos principais favoritos ao título, em jogo apertado com o placar de 6/3, 4/6 e 10-8. Eles enfrentam na final os cabeças 1 argentinos Juan Pablo Paz e Gonzalo Villanueva, que derrotaram na outra semi os norte-americanos Pranav Kumar e Noah Schachter, quartos pré-inscritos, por 6/4, 4/6 e 13-11.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE