PLACAR

Iga não muda a rotina no aniversário: “Prioridade é o torneio”

Foto: Julien Crosnier/FFT

Paris (França) – Aniversariante desta sexta-feira, Iga Swiatek completou 23 anos e teve uma comemoração discreta em Roland Garros. Tricampeã em Paris, a número 1 do mundo venceu seu jogo contra a tcheca Marie Bouzkova pela terceira rodada e mantém o foco na conquista de mais um título no Grand Slam francês. A polonesa recebeu o carinho do público na quadra Philippe Chatrier e depois ainda ganhou um bolo da ex-líder do ranking e diretora do torneio Amelie Mauresmo.

“Eu estava esperando acabar o jogo para pensar no meu aniversário, porque eu sabia que precisava focar no meu trabalho, porque seu eu perdesse seria um desastre. Feliz por ter vencido e me dado a vitória de presente”, disse Swiatek, após a vitória por 6/4 e 6/2 sobre Bouzkova nesta sexta-feira.

“Acho que esta é só a segunda vez que eu jogo no meu aniversário. Normalmente, cai em um dos meus dias livres aqui. Acho que até mesmo se eu estivesse em casa, eu iria treinar do mesmo jeito e veria as mesmas pessoas. Não sou uma pessoa de festas. Jogar no aniversário não é tão confortável, tenho poucas horas para comemorar, mas não posso reclamar. Muitas pessoas trabalham nos seus aniversários. E o torneio é minha prioridade, não vou abrir mão dele”, acrescentou a polonesa.

Sobre o nível de tênis apresentado, a líder do ranking saiu de quadra satisfeita com seu desempenho e com o plano tático apresentado. “Gostei da partida que fiz hoje. Marie é uma adversária difícil porque é muito boa na defesa. Cada bola vai voltar, então eu precisava ser sólida, paciente e não ter pressa. Estou feliz por ter feito isso”.

Recuperação após jogo duro contra Osaka

Vinda de uma batalha com quase 3h de duração contra Naomi Osaka na última quarta-feira, Swiatek salvou um match-point no jogo da segunda rodada, e garante que estava recuperada nos aspectos físico e mental do jogo. “Sinceramente, acho que essa é a vantagem de ter um dia de folga. Às vezes é mais difícil manter a rotina ou algo assim. Mas dessa vez, ajudou porque ontem eu nem estava treinando por causa da chuva”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Então eu pude descansar fisicamente e ‘resetar’ os pensamentos porque aquela partida foi muito exigente. Eu me senti bem hoje. E posso continuar fazendo um torneio sólido, mesmo tendo ficado em apuros contra a Naomi”, acrescentou a líder do ranking. Ela enfrenta nas oitavas a russa Anastasia Potapova, 41ª do ranking.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE