PLACAR

Hurkacz faz semi em Marselha e segue na busca pelo bicampeonato

Foto: Corinne Dubreuil/Open 13

Marselha (França) – Principal cabeça de chave e atual campeão no ATP 250 de Marselha, Hubert Hurkacz chega sem perder sets à semifinal do torneio francês em quadras duras e cobertas. O polonês de 26 anos e número 8 do mundo venceu nesta sexta-feira o tcheco Tomas Machac, 66º do ranking, por 6/3 e 6/4 em 1h02 de partida.

Com ótimo desempenho no saque, Hurkacz disparou 11 aces e não enfrentou break-points. Ele cedeu apenas 11 pontos em seus games de serviço, sendo só três quando colocou o primeiro saque na quadra. O polonês aproveitou a única chance de quebra no set inicial e também conseguiu quebrar no início da segunda parcial.

Hurkacz tem sete títulos no circuito da ATP e um ótimo desempenho em finais, já que tem apenas dois vices na carreira. O polonês enfrenta na semifinal deste sábado o francês Ugo Humbert, canhoto de 25 anos e 21º do mundo, que derrotou o espanhol Alejandro Davidovich Fokina por 6/1 e 6/4. O francês tem quatro títulos e nunca perdeu uma final, mas Hurkacz lidera o histórico entre eles por 3 a 0.

Dimitrov enfrenta Khachanov na outra semifinal
Do outro lado da chave, o búlgaro Grigor Dimitrov segue confirmando a condição de segundo favorito. O atual número 13 do mundo venceu o francês Arthur Rinderknech, 94º do ranking, por 6/3 e 7/6 (7-3). Aos 32 anos, Dimitrov tem nove títulos no cirucito da ATP e busca sua 19ª final da carreira. Na primeira semana da temporada, em Brisbane, ele encerrou um jejum de conquistas que já vinha desde 2017.

O adversário de Dimitrov na semifinal será o russo Karen Khachanov, terceiro cabeça de chave e número 18 do mundo, que venceu o chinês Zhizhen Zhang, 50º do ranking, por 6/4 e 6/1. O búlgaro venceu os três duelos anteriores entre eles. Khachanov, de 27 anos, tem cinco títulos de ATP, o último no fim do ano passado em
Zhuhai, e busca a oitava final no circuito.

 

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE