PLACAR

Hurkacz enfim supera Zverev e volta à final na grama de Halle

Foto: Mathias Schulz/Terra Wortmann Open

Halle (Alemanha) – Pela primeira vez em quatro duelos, Hubert Hurkacz conseguiu derrotar Alexander Zverev. E com isso, o polonês está de volta à final do ATP 500 de Halle. Campeão do torneio alemão em quadras de grama em 2022, Hurkacz marcou as parciais de 7/6 (7-2) e 6/4 em 1h35 de partida neste sábado.

Hurkacz está com 27 anos, ocupa o nono lugar do ranking e tem oito títulos de ATP, um deles este ano no saibro do Estoril. O polonês disputará sua 11ª final na carreira. Ele também adia mais uma vez o sonho de Zverev, número 4 do mundo, conquistar o título em casa. O alemão já foi duas vezes vice campeão na grama de Halle, em 2016 e 2017, e tem 22 títulos no circuito.

Com ótimo desempenho no saque, Hurkacz disparou 17 aces na partida contra só 5 de Zverev. “Sabia que precisava jogar muito bem, Zverev vinha jogando em alto nível e chegou à final de Roland Garros. Estou muito confiante no meu saque e isso me deixou bastante calmo”, disse o polonês na entrevista em quadra. “Adoro jogar na grama. É uma superfície combina com o meu jogo. E a atmosfera daqui é incrível”.

O adversário de Hurkacz na final deste domingo pode ser o italiano Jannik Sinner, novo número 1 do mundo, ou o chinês Zhizhen Zhang, 42º do ranking. O polonês tem duas vitórias e duas derrotas contra Sinner e lidera o histórico de confrontos com Zhang por 3 a 1.

Hurkacz salvou quatro break-points no 1º set e depois não foi mais ameaçado

O primeiro set da semifinal deste sábado foi inteiramente sem quebras, mas Hurkacz salvou quatro break-points no mesmo game, quando o placar estava empatado por 3/3. Passado o susto, o polonês não teve mais o serviço ameaçado até o fim do set. Ele foi impecável no saque durante o tiebreak e venceu dois pontos importantes nas devoluções.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Logo no início do segundo set, Hurkacz conseguiu a única quebra de saque da partida e saiu vencendo por 3/1. Ele não enfrentou break-points na parcial e cedeu apenas seis pontos em seus games de serviço para definir a disputa em sets diretos. O polonês liderou a estatística de winners por 30 a 19. E por ser mais agressivo, também cometeu mais erros, 21 contra 17.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Hub destruiu o estigma de só ser um sacador! Evoluiu em todos os aspectos! Um top ten de respeito!

Flávio
Flávio
29 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

A grama favorece muito bem o sacador, Hurcakz a meu ver é o maior sacador do tênis atual e como o nível ivel do tênis masculino esta muito alto não vai me surpreender se vencer o Sinner amanhã ou ir longe em Wimbledon.

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás

Amanhã, Zverev nao tera problemas para asistir o jogo da Alemanha.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
29 dias atrás

taí o cara que vai destruir Djokovic nessa temporada de grama

Flávio
Flávio
29 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Lá vem o cara de novo que está atirando pra todo lado.kkk

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE