PLACAR

Gustavo Almeida domina britânico e avança no RG juvenil

Gustavo Almeida (Foto: João Pires)

Paris (França) – Pela primeira vez em sua carreira juvenil, Gustavo Almeida venceu uma partida em Grand Slam. Depois de ter passado pelas duas rodadas do quali em Roland Garros, o paranaense de 18 anos e 59º do ranking estreou na chave principal vencendo o britânico Oliver Bonding, 22º do ranking, por 6/1 e 6/3.

Aos 18 anos, Almeida disputa a chave principal de Grand Slam pela segunda vez e também havia jogado os qualis de Wimbledon e do US Open no ano passado. O atleta do Instituto Ícaro está em Paris acompanhado do técnico Duda Marcolin. Ele começou no tênis em projeto social na cidade de Guarapuava e fez parte da equipe brasileira campeã da Copa Davis Junior em 2022.

Nas últimas semanas, o brasileiro conseguiu alguns bons resultados no saibro europeu, com o título do ITF J200 de Istres, no saibro francês, e mais duas conquistas nas duplas. Ele também teve a oportunidade de treinar na França com o top 5 Daniil Medvedev. Durante o quali em Paris, venceu o romeno Stefan Horia Haita e o italiano Lorenzo Angelini. Seu próximo rival pode ser o francês Charlie Camus ou o tcheco Petr Brunclik.

“É meu segundo Roland Garros. Ano passado, eu já senti esse nervosismo na primeira rodada. Só que desta vez eu já vinha de duas vitórias no quali. Estava um pouco nervoso, mas sabia o que eu tinha que fazer e consegui me impor”, disse Almeida após a partida. “Tive um pouco de sorte em algumas bolas e consegui jogar no meu ritmo”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Jogar em Roland Garros é o sonho de todo mundo. E tenho que desfrutar desse momento”, acrescentou o paranaense. “Ano passado, eu peguei um adversário muito bom, top 20 do mundo, era mais experiente, e realmente senti muita pressão e não consegui fazer nada do que eu sabia. Não foi como esperava. Mas falei para o meu técnico que voltaria mais forte e, pelo menos, ganhar um jogo. Era o meu objetivo. Esse ano começou difícil para minha equipe, estávamos eu dúvida se a gente viria ou não. E vimos que a escolha foi acertada. A próxima meta é chegar às quartas. Estou bem fisicamente e mentalmente. Tenho jogo para enfrentar qualquer um no juvenil”.

Olívia e Naná se despedem, Guto joga na segunda

As duas brasileiras que disputaram a chave principal feminina foram superadas neste domingo. A paulista de 17 anos Olívia Carneiro, 44ª do ranking e número 1 do país, foi superada pela polonesa Monika Stankiewicz, 25ª colocada, por 3/6, 6/2 e 6/0. Já a também paulista Nauhany Silva, de 14 anos e que recebeu convite após vencer o Junior Series em São Paulo, foi superada pela tcheca de 16 anos Laura Samson, número 3 do ranking, que marcou um duplo 6/1.

Já nesta segunda-feira, o goiano de 15 anos Luis Augusto Miguel, o Guto, estreia contra o britânico Benjamin Gusic Wan. Se vencer, o atual 204º do ranking pode enfrentar o japonês Rei Sakamoto, principal cabeça de chave e campeão do Australian Open, ou o sueco William Vinciguerra.

Na chave de duplas, Gustavo Almeida e o paulista Enzo Kohlmann estreiam contra o francês Charlie Camus e o australiano Hayden Jones. Já Olívia Carneiro e a australiana Alana Subasic enfrentam a marroquina Malak El Allami e a holandesa Rose Marie Nijkamp.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo Calmon
Marcelo Calmon
21 dias atrás

Valeu Gustavo !! Vi o 2º set todo, jogou com autoridade, vibrando e fazendo o inglês balançar !! Merecido !!

Paulo A.
Paulo A.
21 dias atrás

Naná não jogou nada! Espancou a bola como se não houvesse amanhã mas sem nenhuma tática. E pareceu displicente. Uma pena.

Leonel
Leonel
21 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Naná tava apática. Todo o movimento corporal dela falava do nervosismo alto. Até o morder os lábios. Tive a impressao que ela trava quando muito tensa. Ela não jogou mal. Simplesmente ela.nao jogou. Outra coisa que acredito que pesa também é o físico. 2 anos de diferença da adversária 16 anos e ela 14 anos pesa aí. Ela tá só começando. Com 16 anos veremos a verdadeira Naná.

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
21 dias atrás

Excelente vitória do Gustavo. Torcendo para conseguir deslanchar. Nauhany não teve a miníma chance. Muito a evoluir

trackback

[…] Gustavo Almeida domina britânico e avança no RG juvenil […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE