PLACAR

Gauff sente melhora e avança em sets diretos às oitavas

Foto: Kathryn Riley/BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – Em seu segundo jogo no WTA 1000 de Indian Wells, Coco Gauff sentiu melhora em relação à partida de estreia. Depois de buscar uma virada contra a francesa Clara Burel no último sábado, a número 3 do mundo superou a italiana Lucia Bronzetti, 53ª do ranking, por 6/2 e 7/6 (7-5) em 1h49 de partida para avançar às oitavas de final.

“Ela sacou e jogou muito bem e acho que eu joguei melhor que na estreia. Sinto que estou melhorando a cada partida”, disse Gauff, durante a entrevista em quadra. A jovem norte-americana de 19 anos vive o melhor momento da carreira, tendo conquistado seu primeiro WTA 1000 em Cincinnati e o primeiro Slam no US Open na última temporada. “Nada mudou. Ainda continuo trabalhando duro e buscando conquistar mais títulos”.

Apesar da pouca idade, Gauff já faz sua quarta participação em Indian Wells e tenta repetir a campanha do ano passado, quando chegou às quartas de final. Sua próxima adversária pode ser a japonesa Naomi Osaka, ex-número 1 do mundo e campeã em 2018, ou a belga Elise Mertens. Ela tem duas vitórias e duas derrotas contra Osaka, que retorna ao circuito após a maternidade, e venceu os três duelos anteriores contra Mertens, 28ª do ranking.

Apesar de ter vencido o primeiro set com duas quebras, Gauff não teve vida fácil. Foi uma parcial de games muito longos e com a norte-americana salvando nove break-points. Houve equilíbrio até o 2/2, com a tenista da casa escapando de cinco break-points no quinto game da parcial. No fim do set, fez quatro games seguidos.

O segundo set teve maior domínio das sacadoras, que vinham confirmando seus serviços de forma mais tranquila. Gauff aproveitou sua única chance de quebra para fazer 4/2 no placar, mas cedeu o empate. Por duas vezes, esteve a um game da vitória, quando liderava por 5/4 e 6/5, mas a italiana manteve o saque. Já no tiebreak, Bronzetti teve 5-4 e saque, mas a norte-americana venceu dois pontos seguidos nas devoluções e virou o placar para vencer o jogo. Gauff liderou com folga a contagem de winners, 21 a 10, e cometeu só dois erros a mais, 34 contra 32. Ela enfrentou 11 break-points e só sofreu uma quebra, aproveitando três de suas sete chances.

Yuan vence 8ª seguida e também avança
Quem também garantiu vaga nas oitavas foi a chinesa Yue Yuan, 49ª do ranking, que marcou sua 8ª vitória consecutiva. Vinda da conquista de seu primeiro WTA em Auckland, a jogadora de 25 anos avançou ao superar a norte-americana Caroline Dolehide, 51ª colocada, por 1/6, 6/4 e 7/6 (7-2). Yuan havia derrotado a francesa Varvara Gracheva na estreia de Indian Wells, e depois venceu um duelo chinês contra a número 8 do mundo e finalista do Australian Open, Qinwen Zheng. Sua próxima rival pode ser a norte-americana Sloane Stephens ou a russa Daria Kasatkina.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE