PLACAR

Gasquet: “Se não voltar ao top 100, direi adeus”

Foto: Mary Grace Grabill/ATP

Melbourne (Austrália) – Derrotado na estreia no ATP 250 de Auckland, onde defendia o título, o francês Richard Gasquet deixará o top 100 pela primeira vez desde 2005, indo para a 131ª colocação na próxima lista. Aos 37 anos de idade, ele avisa que se não conseguir escalar o ranking de volta, vai encerrar a carreira.

“Estive no Top 100 por quase 19 anos, isso é enorme. Se não for possível voltar a subir, vou me despedir. não vou continuar lutando em torneios challenger”, afirmou o veterano francês, que passou 956 semanas seguidas no top 100, em entrevista ao L’Équipe.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Já na reta final de carreira, Gasquet espera não apenas conseguir se recuperar para ter sobrevida no circuito, mas também quer parar nos seus termos, sem ser forçado a abandonar o circuito por causa de lesão, como aconteceu com tantos nomes, entre eles o suíço Roger Federer.

“Se eu pudesse ter um corpo dez anos mais jovem, seria muito bom. Mas se tiver que parar, sei que farei com uma idade avançada e espero que não seja por causa de uma lesão. Tenho boas lembranças no tênis e tentarei criar mais”, comentou o francês, que terá uma estreia dura no Australian Open contra o espanhol Carlos Alcaraz.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Helton
Helton
5 meses atrás

Acho que ele entra na chave de Roland Garros como convidado e encerra a carreira lá.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE