PLACAR

Fonseca treina com Tsitsipas e tenta absorver rotina dos tops

Halle (Alemanha) – Convidado para a disputa do ATP 500 de Halle, João Fonseca teve a oportunidade de treinar com o grego Stefanos Tsitsipas, número 11 do mundo, durante sua preparação para o torneio alemão em quadras de grama. Fonseca estreia nesta terça às 6h30 (de Brasília) contra o australiano James Duckworth, e tenta aproveitar ao máximo a experiência de conviver com alguns dos melhores do mundo. A chave em Halle tem cinco top 10, incluindo o novo líder do ranking Jannik Sinner.

“É muito bom para mim estar neste ambiente com todos esses jogadores incríveis”, disse Fonseca, em entrevista ao portal Tennis.com. O carioca também treinou no fim de semana com o norte-americano Christopher Eubanks. “Dá para ver as pequenas coisas da rotina deles, o que eles comem, o que fazem no aquecimento, na academia e na preparação. Essas pequenas coisas ajudam você a aprender muito e a ter uma boa evolução”.

O torneio de Halle é um palco especial para um dos ídolos de Fonseca, Roger Federer, que venceu a competição dez vezes. Hoje, o suíço é sócio da fabricante de material esportivo que patrocina o carioca de apenas 17 anos. “Este é meu segundo ATP 500 e é muito especial jogar neste torneio, onde Roger venceu 10 vezes”.

Em sua primeira temporada exclusivamente dedicada ao tênis profissional, Fonseca disputou os challengers de Surbiton e Nottingham no início da temporada de grama e está perto de conseguir vaga no quali de Wimbledon, precisando hoje de três desistências. Ex-número 1 juvenil, ele também atuou em torneios no piso nos dois últimos anos.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Joguei na grama em 2022 e 2023 como juvenil, mas é muito diferente de jogar grama com profissionais. É outro nível de tênis, mas no ano passado fui bem na grama. Ganhei um torneio [em Roehampton] e cheguei às quartas de final de Wimbledon”, falou em entrevista ao site da ATP. “Jogando na grama, os games de serviço são ainda mais importantes, porque é difícil quebrar o adversário. A grama é boa para meu estilo mais agressivo, porque você precisa ir na bola e ir para a rede. Você não pode hesitar muito”.

“É nesse nível que quero estar”, diz Fonseca

Fonseca aparece nesta semana com o melhor ranking da carreira, ocupando o 217º lugar, e destaca o fato de poder jogar sem pressão nos torneios grandes. Isso foi um dos fatores para a boa campanha no Rio Open, onde ele chegou às quartas. “Quando a gente tem esse tipo de oportunidade, não tem pressão. É só aproveitar, e foi isso que fiz no Rio. Eu estava no 600º lugar e estava enfrentando caras do Top 100. Eu estava me divertindo em quadra, com toda a minha família assistindo, e aqui será igual. Eu vou apenas aproveitar. E obviamente, quero vencer o máximo de partidas que puder”.

“Fiz algumas partidas muito boas na ATP este ano. É nesse nível de torneio que eu quero estar. Mas o tênis tem muitas etapas, por isso foi tão importante jogar alguns torneios challenger para ganhar um pouco mais de experiência. Eu não preciso me apressar. Se eu pular de 200 para 100 vai ser muito legal, mas é passo a passo. Apenas tenho que ser humilde e manter a rotina”.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
1 mês atrás

Beleza. Mas se jogar “sem pressão” (= sem expectativas) o fez jogar melhor, significa que não está sabendo lidar bem com a “pressão” (= as expectativas). Normalmente, a causa é ficar viajando nas expectativas em vez concentrar no jogo e, ato contínuo, ficar frustrado e até apavorado quando as expectativas começam a derreter.

Tem solução: Bloquear as expectativas ! Concentrar no jogo e não esperar molezas.

O que acaba deixando as coisas mais fáceis.

Marcos RJ
Marcos RJ
1 mês atrás

Espero que o Fonseca não absorva muita coisa da rotina de malandragem do Tsitsipas

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
1 mês atrás
Responder para  Marcos RJ

espero que ele absorva alguma coisa da Badosa

Rockton
Rockton
1 mês atrás

Tá explicado porque conseguiu convite: Federer é praticamente dono desse torneio.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE