PLACAR

Finalista em Porto Alegre, Daniel cai em 3 sets na estreia em Santos

Daniel Dutra da Silva (Foto: João Pires)

Santos (SP) – Depois de ter jogado sua primeira final de challenger em Porto Alegre no último domingo, o experiente paulista Daniel Dutra da Silva foi eliminado na estreia da Santos Brasil Tennis Cup, challenger de nível 50, disputado no Tênis Clube. O canhoto de 35 anos e 400º do ranking foi superado nesta terça-feira pelo argentino Alejo Lingua Lavallen, 665º colocado, por 6/3, 4/6 e 6/3 em 2h07 de partida nesta terça.

Com o fechamento do aeroporto Salgado Filho na capital gaúcha, por conta das fortes chuvas e enchentes ocorridas desde a semana passada no Rio Grande do Sul, a organização dos eventos fretou ônibus que levou atletas e equipe operacional dos torneios até Santos. Daniel fez o trecho até Balneário Camboriú antes de seguir viagem rumo ao litoral paulista. Já Lavallen terá nas oitavas um duelo argentino contra Renzo Olivo, cabeça 3 do torneio e 275º do mundo.

Campeão de Porto Alegre venceu a estreia em Santos

Já o turco Ergi Kirkin, 251º do ranking e campeão em Porto Alegre, conseguiu vencer seu jogo de estreia em Santos, apesar de todo o desgaste da viagem. Ele superou o pernambucano José Pereira por 5/7, 6/3 e 6/1 em 2h32 de partida, que encerrou a programação da primeira rodada desta terça.

Cabeça 6 em Santos, Kirkin enfrentará o norte-americano de 20 anos Bruno Kuzuhara, ex-número 1 juvenil e filho de brasileiros. Kuzuhara, que ocupa o 469º lugar da ATP, derrotou o argentino Facundo Mena por 6/3 e 7/6 (7-5).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Com as quedas de Pereira e Daniel na estreia, o único representante brasileiro nas oitavas é o paulista Pedro Sakamoto, de 30 anos e 300º do mundo, que mais cedo venceu o juvenil goiano Luis Augusto Miguel por 6/4 e 6/1. Sakamoto enfrenta nas oitavas o argentino Gonzalo Villanueva, 427º colocado. Ele tem uma vitória e duas derrotas contra o argentino no circuito.

A Santos Brasil Tennis Cup está de volta ao litoral paulista e é apresentada pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, conta com o copatrocínio de Trinity, Stella Artois Pure Gold, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Alupar, Taesa, Aberje, INNI Sports – Bola e Roupa Oficial. Apoio de AppTicket. O evento é realizado no Tênis Clube de Santos, e integra o calendário mundial ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fabricio
Fabricio
22 dias atrás

Rendimento pífio da brasileirada que tem disputado challengers heim? Vamos treinar e focar mais galera!

Gusmão
Gusmão
22 dias atrás

Já dava para esperar isso.

A CBT erra, tem que priorizar Torneios ITF, vários, para depois os jogadores Brasileiros entrarem em Nível Challenger.

Muitíssimos Juvenis Brasileiros estão sem oportunidades de pontuação no ranking Atp de Simples.

Veridiana Parmegierri
Veridiana Parmegierri
22 dias atrás

que pena pro Danielzinho e pro Pereirinha. mas gente. estava lendo no site lá, que esse torneio o Brasil bateu um recorde histórico (infelizmente negativo). é a primeira vez que 18 (dezoito) tenisstas de uma nação começam um chalenger e apenas 1 (um) chega na segunda rodada. a torcida em Santos deve estar muito triste. eu tqmbém estou.

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
22 dias atrás

Só sobrou o Sakamoto

João Sawao ando
João Sawao ando
22 dias atrás

Vamos pedro

Scott
Scott
22 dias atrás

Brazilian Chablau em Santos essa semana! Muitas eliminações!

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
22 dias atrás

Foi um verdadeiro desastre para os brasileiros,todos que jogaram contra estrangeiros foram eliminados,restou apenas o Sakamoto que jogou contra o Guto Miguel.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE