PLACAR

Federação divulga o 45º cartaz oficial de Roland Garros

Cartaz oficial de Roland Garros 2024 (Christophe Guibbaud / FFT)

Paris (França) – Todos os anos, desde 1980, a Federação Francesa de Tênis contrata um artista para criar o pôster oficial do torneio de Roland Garros. Para a edição de 2024, o comitê de seleção decidiu por uma das obras de Paul Rousteau, de 38 anos, que estudou arte na Bélgica e fotografia na Suíça. A peça é inovadora, pois o fotógrafo utilizou inteligência artificial em seu processo criativo.

Roland Garros é Paris e Paris é Roland Garros. Este é o tema central que Paul Rousteau adotou ao desenhar o 45º cartaz oficial do torneio. “Queria representar Paris, mas também a cor característica de uma quadra de saibro. Por exemplo, pensei em colocar a quadra num muro, numa rua, num prédio coberto de barro vermelho, com linhas, ou até mesmo uma vista aérea… Uma cidade, vista de cima, costuma ser cinza, mas aqui imaginei a cor ocre de Roland Garros. Então tive a ideia de retratar o rio Sena”, explica o artista.

Essa ideia levou o artista a utilizar a inteligência artificial como parte de seu processo criativo. “Não tive tempo de tirar fotos durante o torneio. Eu tinha muitas ideias na cabeça, mas muitas vezes eram impossíveis de concretizar em fotografias, então decidi usar inteligência artificial. Para mim, foi uma desculpa para tornar realidade essas ideias impossíveis, porque eu queria muito mostrar o tênis invadindo Paris.”

Esta foi a primeira vez para o torneio e também para o artista, cuja carreira foi inspirada no impressionismo e no pontilhismo. Depois de muito tempo se familiarizando com essa nova ferramenta, ele repintou a imagem fornecida pela IA, ponto por ponto, usando uma paleta de cores.

O cartaz combina o mundo colorido do fotógrafo com os emblemas do tênis e do Grand Slam parisiense: a quadra, a bola e a supremacia do saibro vermelho. Realçada pelo nascer ou pôr do sol, a quadra de tênis aparece, como se fosse transparente, sobre as águas do Sena. Este símbolo emblemático da capital francesa não foi escolhido ao acaso por Paul Rousteau, que é o primeiro artista a colocar Paris em destaque num cartaz de Roland Garros. “Queria também acenar para os Jogos Olímpicos e para a cerimônia de abertura de Paris 2024, que terá lugar no Sena”, confirmou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE