PLACAR

Favoritos fazem final nas duplas, e Bopanna retoma nº 1

Rohan Bopanna e Matthew Ebden (Foto: Peter Staples/ATP Tour)

Miami (EUA) – O título da chave de duplas do Masters 1000 de Miami será decidido entre as duas principais parcerias do torneio. Nas semifinais desta quinta-feira, o dueto cabeça 1 formado pelo indiano Rohan Bopanna e o australiano Matthew Ebden, e o time do norte-americano Austin Krajicek com o croata Ivan Dodig, segundos pré-inscritos, confirmaram o favoritismo e vão se enfrentar na final de sábado.

Independentemente de quem vença o torneio, é certo que Bopanna retomará o número 1 do ranking na atualização da próxima segunda-feira. Atualmente na vice-liderança, o veterano de 44 anos ficará empatado com seu parceiro no número de pontos,  porém leva vantagem no desempate por ter um número menor de torneios disputados. Por sua vez, Krajicek perderá duas posições e será o novo terceiro colocado, igualado com Dodig, que ganhará um posto para chegar ao quarto lugar.

Dentre os quatro finalistas desta edição, nenhum deles possui título em Miami e apenas Krajicek já havia chegado à decisão, ficando com o vice-campeonato no ano passado ao lado do francês Nicolas Mahut. Na atual temporada, Bopanna e Ebden já faturaram o Australian Open e fizeram final em Adelaide, enquanto Krajicek e Dodig ainda não levantaram nenhum troféu, tendo como melhor resultado o vice em Dubai.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Primeiros a entrarem em quadra nesta quinta-feira, Rohan Bopanna e Matthew Ebden encararam o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos, cabeças 4 da competição. Com uma atuação firme e segura, eles precisaram de apenas 53 minutos para anotarem as parciais de 6/1 e 6/4. Destaque para os 91% de pontos ganhos com o primeiro saque e 78% com o segundo serviço, além de não cederem um único break-point em toda a partida.

Logo depois foi a vez de Austin Krajicek e Ivan Dodig enfrentarem uma parada dura contra os alemães Kevin Krawietz e Tim Puetz, sétimos principais favoritos do torneio. Em jogo com 1h49 de duração, eles precisaram ir ao match-tiebreak para marcar o placar de 6/4, 6/7 (4-7) e 10-7. No desempate decisivo, o norte-americano e o croata chegaram a estar em desvantagem de 6-1 e de 7-3, mas então ganharam sete pontos consecutivos e garantiram sua vaga na decisão.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
23 dias atrás

Incrível o bopanna

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE