PLACAR

Em parceria inédita, Korda e Thompson vão à final de Madri

Sebastian Korda e Jordan Thompson (Foto: ATP Tour)

Madri (Espanha) – Em parceria inédita no circuito, o norte-americano Sebastian Korda e o australiano Jordan Thompson garantiram vaga na final do Masters 1000 de Madri. Eles venceram na semifinal desta sexta-feira o britânico Jamie Murray e o neozelandês Michael Venus, cabeças de chave 11, por 3/6, 6/3 e 10-8.

Aos 23 anos, Korda disputará sua primeira final de duplas do circuito. Ele tem um título de simples, conquistado em 2021 no saibro de Parma, na Itália, e disputou outras cinco finais. Já o parceiro Thompson, de 30 anos, tem cinco títulos de duplas na carreira e busca o primeiro Masters 1000.

O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Murray e Venus, que aproveitaram o único break-point que tiveram na parcial. Korda e Thompson começaram o segundo set vencendo por 4/1 e escaparam de todas as quatro chances de quebra que enfrentaram na parcial. Em bom momento na partida, eles abriram 3-0 no match-tiebreak e sustentaram e estiveram o tempo todo à frente no placar até fecharem o jogo.

Os adversários de Korda e Thompson na final deste sábado às 10h30 (de Brasília) serão o uruguaio Ariel Behar e o tcheco Adam Pavlasek, que nem precisaram entrar em quadra, com a desistência do espanhol Marcel Granollers e do argentino Horacio Zeballos. Segundo a organização do torneio, Zeballos sentiu lesão na perna direita. Ainda assim, o espanhol e o argentino serão os novos líderes do ranking de duplas a partir de segunda-feira.

Veterano de 34 anos, Ariel Behar tem três títulos de ATP nas duplas e busca o primeiro Masters 1000. Ele ocupa o 39º lugar do ranking. Já Pavlasek, de 29 anos, é o 40º colocado e busca seu primeiro título de ATP nas duplas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE