PLACAR

Djokovic revela perder treino para ficar com família

Foto: Clive Brunskill /ATP

Paris (França) – O sérvio Novak Djokovic nunca escondeu a importância que considera dar para a família, tanto quando o assunto é o apoio que teve dos pais, como agora na função de pai. Tanto que após conquistar seu 23º título de Grand Slam e bater o recorde entre os homens, ele trouxe para a quadra de Roland Garros a esposa e os filhos para comemorar o feito.

“Eu me sinto incrivelmente orgulhoso, realizado. Sou muito abençoado por poder compartilhar isso com minha família, meus filhos, minha esposa, meus pais, todos que têm me apoiado nessa jornada”, destacou o sérvio na entrevista coletiva, na qual revelou ter deixado de treinar na véspera da final para cuidar dos filhos.

“Faltei ao treino ontem, pois tinha deveres parentais. Passei algum tempo na natureza com meus filhos. Adoro passear nos parques nacionais, florestas ou bosques aproveitando esse momento tranquilo. Também assisti à final da Liga dos Campeões. Eu tive um bom sono. Fiz todas as tarefas, todas as coisas que fazem parte da minha rotina para descansar bem e me preparar bem para a partida”, falou.

Djokovic ainda disse que o momento é de celebração e diversão, mas que logo mais irá voltar suas atenções para a preparação para a temporada de grama, na qual irá direto para Wimbledon, sem participar de qualquer torneio preparatório.

“Acho que sinto falta de comemorar, temos sido muito sérios por muito tempo, então agora teremos um pouco de relaxamento, com algum tempo de qualidade em família. Não muito, para ser honesto, porque a temporada de grama está chegando. Na verdade, para mim, vai ser apenas Wimbledon, então vou me mudar para Londres em breve, para treinar e me preparar para outro Grand Slam”, afirmou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE