PLACAR

Djokovic rebate comparação de Toni sobre gerações

Foto: Garrett Ellwood/USTA

Nova York (EUA) – Em sua coluna mais recente no jornal El País, o treinador espanhol Toni Nadal afirmou que o momento atual do circuito é inferior comparado com o de alguns anos atrás. Em entrevista à ESPN, o sérvio Novak Djokovic discordou da afirmação e rebateu o técnico dando seus argumentos.

“Não sei se eu concordaria com isso, acho que cada geração tem alguns incríveis tenistas que estão chegando, dominam e lideram o jogo. Essa geração com (Jannik) Sinner, (Holger) Rune e (Carlos) Alcaraz, obviamente, está vencendo a maioria dos torneios”, afirmou Djokovic.

“A forma como Alcaraz está jogando nos últimos tempos, a forma como ele consegue se defender e atacar, ele é um jogador muito completo. Acho que há muitos bem sucedidos, como 10 anos atrás. Cada geração tem seus próprios campeões, com jogadores que dominam. O tênis evoluiu”, acrescentou o sérvio.

Falando sobre um hipotético duelo entre seu eu atual e o de 10 anos antes, Djokovic levantou algumas diferenças que surgiram com o tempo, algumas para melhor e outras nem tanto, mas não falou qual dos dois venceria o confronto.

“Como enfrentaria minha versão de 10 anos atrás? Acho que seria uma grande batalha. Não gostaria de me enfrentar. Provavelmente 10 anos atrás eu tinha um pouco mais de energia, mais dinâmica dentro de quadra, mas agora eu tenho mais experiência e mais força mental do que 10 anos atrás”, disse o sérvio.

“Sempre tento evoluir com meu time e melhorar meu jogo para ser um tenista melhor porque essa é a única forma de me manter contra esses novos caras e poder vencer Grand Slams”, finalizou Djokovic, que na sexta-feira enfrentará o norte-americano Ben Shelton pelas semifinais do US Open.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE