PLACAR

Djokovic iguala Lendl e já é o terceiro maior no top 10

Foto: Jared Wickerham/BNP Paribas Open

Londres (Inglaterra) – Pouco a pouco o sérvio Novak Djokovic vai colecionando marcas e recordes. Nesta segunda-feira, ao aparecer na liderança do ranking por mais uma semana, ele igualou uma marca do tcheco naturalizado norte-americano Ivan lendl e se tornou o terceiro jogador com mais tempo dentro do top 10 da ATP, chegando a 817 semanas.

Djokovic irá fatalmente se isolar na terceira colocação depois do Masters 1000 de Miami, mesmo sem jogar. Ele ficará atrás apenas do espanhol Rafael Nadal, que aparece em segundo, com 912 semanas dentro do top 10, e do recordista, o suíço Roger Federer, que somou 968 semanas entre os 10 melhores do mundo.

Nesta semana, o tenista de Belgrado também assumiu isoladamente a terceira colocação na lista dos jogadores que ficaram mais semanas no top 20. ‘Nole’ alcançou 869 semanas entre os 20 melhores do mundo e deixou para trás o norte-americano Andre Agassi, que tem 868. Novamente ele perde apenas para as 938 semanas de Nadal e as 1.064 do recordista Federer.

Para alcançar o recorde de maior top 10, Djokovic precisa de mais 151 semanas, ou seja, quase três anos nesta faixa de ranking. Já para bater o recorde de tempo no top 20, ele tem que ficar ainda mais tempo, 195 semanas, o que dá um pouco mais de três anos e meio.

20 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Abel S
Abel S
1 mês atrás

O GOAT se chama Roger Federer.

Thiago Pereira
Thiago Pereira
1 mês atrás
Responder para  Abel S

kkkkkkkkkkk

Alana
Alana
1 mês atrás
Responder para  Abel S

Nos teus sonhos kkk. Esses torcedores de Federer e Nadal não desistem de passar vergonha!

Ana
Ana
30 dias atrás
Responder para  Abel S

O se chama kkkk

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás

A minha percepção é que o Nole está lentamente perdendo o foco no Tenis, e que isto tem a ver com a possivel aposentadoria do Nadal. A competição particular dentro do Big 3 pelo menos em numeros ele levou e não se sente mais ameaçado.

hmsl
hmsl
1 mês atrás

“…pelo menos em números…” como assim ?
Qual seria a outra métrica ??
Seria algo como: eu perdi prá você um jogo por 6/3, 6/4, e digo, perdi mas sou melhor que vc…..

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás
Responder para  hmsl

Há outras comparações subjetivas meu caro, até porque ainda que contemporâneos jogaram em diferentes anos , primeiro apareceu o Roger , depois o Rafa , e depois o Nole. O Nole foi o que teve menos problemas fisicos e assim por diante . Cada um tem sua época, e fora os 3 o Sampras ganhou 14 GS e parou com 30 anos, o Borg ganhou 7 GS e parou com 27 anos. Eu acho todos eles grandes tenistas , esta história de GOAT é pra manter um clima. Usando seu critério de H2H contra o Nadal é muito equilibrado 30×29 e contra o Roger 27×23 então é dificil não ver que os confrontos são muito parelhos.

Ana
Ana
30 dias atrás

Pra se o Djoko tivesse no lugar do Federer ele ainda seria o Goat, se compararmos a história olha onde ele chegou com muito mais adversidades, inclusive financeiras, morando num país Balcão é como pensar como o Guga conseguiu

Ana
Ana
30 dias atrás
Responder para  hmsl

Bem isso

hmsl
hmsl
1 mês atrás

Acapou há bastante tempo o debate sobre BIG 3.
Temos, na realidade, o BIG 1, que é o Djokovic.
Temos o BIG 2 = Nadal e Federer.
O resto é caô da mídia ocidental.
Quando Federer era o grande recordista, o tratamento era ” o maior tenista de todos tempos”,
etc. e tal….
Agora, tenta-se igualar os 3 tenistas, mas Djokovis está bem à frente. Fato inconteste.

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Força Djokovik.
Tem que ser mais aguerrido, e comemorar os pontos vitoriosos para intimidar o adversário.

Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás

Federer, o recordista em todas as marcas de longevidade, o verdadeiro GOAT

Alana
Alana
1 mês atrás
Responder para  Osvaldo

Federer ficou pra trás faz tempo. Freguês do Djoko! Djoko jah tem os recordes mais importantes do tênis.

rubens
rubens
1 mês atrás

Djoko perdeu a referencia, ele tinha uma disputa ferrenha com os outros 2 do big 3 e isso ja acabou, parece-me que isto o esta desinteressando do esporte, já que não deve ter a mesma graça pra ele disputar com os pangarés de hoje em dia, na vida tudo acaba, e essa fase da vida deles ja passou também.

Nei Costa
Nei Costa
1 mês atrás

Os recordes importantes são todos de Djokovic, os sub-recordes podem ter outros donos que não o goat.

Ana
Ana
30 dias atrás
Responder para  Nei Costa

Concordo

José Marcelo
1 mês atrás

O Djoko ganha no confronto direto, tem mais masterb1000, mais Grand slans, mais semanas como n°1… Po favor, alguém me convença, por que ele não é GOAT??

Ana
Ana
30 dias atrás
Responder para  José Marcelo

Pois é

Tomaz
Tomaz
1 mês atrás

Qdo o Feder começou a ganhar GS a era Sampras e Agassi estava no fim.
Depois qdo Nadal começou a ganhar GS Guga lesionado, ou seja na quadra dura e saibro ambos nadaram de braçada sem concorrência.
Djoko começou a acumular GS a partir de 2011 e teve 2 gigantes pela frente, o que foi lindo acompanhar.
Por mais que o estilo Federer e a potência do Naldal sejam espetaculares, por vários anos não enfrentaram adversários como o Djoko.

Warley
Warley
1 mês atrás

Federer é muito inferior ao Djokovic. Nole é mais técnico, mais rápido, mais competitivo, sempre teve melhor físico, maior repertório, muito mais mentalmente, mais resiliente, mais guerreiro dentro de quadra, mais sincero nas entrevistas e menos politicamente correto. Ou seja, é muito superior ao Federer em tudo. Federer não é digno de estar entre o big 3. Somente há um dois grandes Djoko e Nadal

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE