PLACAR

Djokovic anuncia fim da vitoriosa parceria com Ivanisevic

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Belgrado (Sérvia) – A quarta-feira começou movimentada com o anúncio do fim da parceria do sérvio Novak Djokovic com o croata Goran Ivanisevic. Já treinando em Belgrado para a temporada de saibro, o número 1 do mundo usou as redes sociais para informar que a colaboração entre os dois chegou ao fim, deixando a entender que foi uma decisão tomada por ambas as partes

“Lembro-me claramente do momento em que convidei Goran a fazer parte da minha equipe. Era 2018 e eu e Marian (Vajda) queríamos inovar e trazer um pouco de magia para nossa dupla. Na verdade, trouxemos não só trabalho, mas também risadas, diversão, sendo número 1 no final do ano, recordes e 12 Grand Slam (e algumas finais). Devo mencionar algum drama também?”, escreveu Djokovic.

“Goran e eu decidimos parar de trabalhar juntos há alguns dias. Nossa química na quadra teve seus altos e baixos, mas nossa amizade sempre foi sólida. Na verdade, tenho orgulho de dizer que, além de vencer torneios, também tivemos uma batalha paralela no ludo durante muitos anos. E esse torneio nunca termina para nós. Obrigado por tudo amigo, eu te amo”, finalizou o sérvio.

Goran se juntou à equipe de ‘Nole’ no verão de 2019, trabalhando inicialmente ao lado de Marian Vajda. No entanto, a partir de 2022 o croata tornou-se o treinador principal do atual líder do ranking. Como o próprio Djokovic disse nas suas redes sociais, desde que iniciaram sua parceria, eles conquistaram 12 títulos de Grand Slam, 2 ATP Finals e 8 Masters 1000.

74 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás

Melhorou muita coisa no jogo do Craque, mas não era muito bom no coaching.

Paulo Mala
Paulo Mala
24 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Craque? Vcs querem roubar o apelido do goat?
Djoko é um grande competidor, mas craque jamais… não aprendeu nem smash!

Joselito
Joselito
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Que eu saiba o apelido do outro aqui é Fregueser.

Marcos
Marcos
24 dias atrás
Responder para  Joselito

boa freguês

Rocha
Rocha
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Eu queria não ter aprendido smash e ter tido 24 GS kkkkk não sabe de nada inocente

Paulo Mala
Paulo Mala
24 dias atrás
Responder para  Rocha

Fazendo um paralelo com futebol: Klose é o maior artilheiro da copa do mundo, no entanto, craques são outros como Ronaldo, Zidane, Messi, Pelé, etc

Eder Felipe Morschbacher
Eder Felipe Morschbacher
23 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

No futebol o cara pode ser o craque do ano e não ganhar nenhum título. Já no tênis não existe isso. O melhor é aquele que ganha. Contra números não há argumentos….a não ser a paixão…mais aí tbm vale. Abraço!

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
23 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Klose tem mais copas do que Pelé? Djoko tem mais slam do que seu freguês favorito.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Boa , caro Maia . O Piloto repete esta bobagem de ” Craque” e ” goat ” diariamente. Nunca colou pois somente o Craque Suíço reúne estes dois predicados kkkk. Abs!

Rodri
Rodri
24 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Nárnia o aguarda

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Rodri

Jura ??? , Rodri ( e’ isto mesmo ? ) rsrs. Abs !

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Craque dando madeiradas, back atrofiado e 4 slam a menos?

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Kkkkkkk, na cara não.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Um dia o Paulinho vai aprender o que significa Backhand Simples ou de uma mão. ” Atrofiado” demonstra que assim como seu ídolo , Sr Paulo Almeida, jamais empunharam uma raquete. Rsrsrs, Abs!

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

A atrofia só foi resolvida em parte com a ajuda de Ljubicic em 2017, mas nunca passou de um back 7,5, assim como o smash do GOAT Djoko atingiu só essa nota nos últimos anos.

Acontece que smash é um golpe quase irrelevante e esquerda aparece em todas as trocas. Foi o salão de festas dos rivais aquele buracão.

Rsrsrs, abs!

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Salão de festas e 103 ATPs ? . O Back batido com Ljubicic foi apenas pra anular o forehand do Touro . Federer teve pra muitos ( não os experts da Kombi ) o melhor Backhand de uma mão da história . Um vasto Arsenal com Slices e bate-prontos geniais , com direito há um sem número na paralela . Difícil entender pra quem acompanha somente desde 2011 …rsrs. Abs!

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Apenas 54 Big Titles e quase nada pra cima do Nadal e do GOAT Djoko. Aliás, leva 13×6 em finais do Craque.

Backhand era frouxo mesmo, sem potência e salão de festas. Os tais que votaram como melhor de uma mão eram piadistas ou terceiretes do mundo paralelo, como muitos daqui.

Rsrsrs, abs!

Casagrande
Casagrande
23 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Salão de festas? Ganha lá 5 seguidos de US e Wimble. 5 anos SEGUIDOS sem festa naquele lugar. Recorde BEM dificil de quebrar. Porque não é por longevidade e sim SUPREMACIA ESTENDIDA NO TEMPO.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
23 dias atrás
Responder para  Casagrande

4 slam a menos é o que importa. Ganhou o freguês 3 vezes em WN e 1 vez no US Open em finais de slam.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
23 dias atrás
Responder para  Casagrande

Ganhar 5 seguidos lá na era fraca em cima de Philippoussis, Roddick, Hewitt, Agassi de fraldão, Nadal e Djoko ainda crianças era moleza. Depois não viu mais a cor da bolinha.

De qualquer forma, 24 é muito maior do que 20. Uma temporada a mais na conta.

Belarmino Jr
Belarmino Jr
24 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Bom o voleio, direita, slice, drop do GOAT suíço dá de 10 a 0 no panga sérvio.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
23 dias atrás
Responder para  Belarmino Jr

Djoko com melhor devolução, profundidade das bolas, capacidade de angular as bolas, backhand muito superior, mental, análise tática, defesa, melhor jogo de fundo de quadra = 24 slam

Casagrande
Casagrande
23 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

McEnroe: Djoko é o que mais ganhou, Federer é o tenis. O que melhor joga o jogo. O maior é dojko. Os adjetivos melhor e maior não são sinonimos

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
23 dias atrás
Responder para  Casagrande

Djoko é melhor também é isso foi comprovado dentro de quadra. Jogaram 19 finais e o verdadeiro goat ganhou 13.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

GOAT e Craque são exatamente a mesma pessoa, ou seja, Novak Djokovic.

Federer é tipo um Kerlon Foquinha do tênis: só malabarismo e pouco resultado diante dos rivais.

Rodri
Rodri
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Se for assim vc quer roubar o apelido do verdadeiro goat kkkk

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Rodri

Equivocado, caríssimo Rodri . Até Del Potro agora em Miami ( amigo pessoal do Sérvio) , colocou lenha ao dizer que o Sérvio ainda precisa de mais conquistas…Abs!

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Desculpa meu caro, mas acho que você exagerou porque Djokovic é um jogar completo de muita técnica e sabe usar força, slice, curtas, lob, voleio e smash também, só que o smash ele usa raras vezes de acordo com os adversários que enfrenta e já vi jogos dele usando smash de acordo com o nível do adversário, por isso acho que você exagerou. Então sou um admirador do maestro, Federer, porque além de bom era genal tecnicamente mas reconheço que Djokovic é um cracasso de tênis e faz quase tudo que o maestro fazia, exceto jogar com backrand de uma mão. Em relação ao rompimento com Ivanisevic me surpreendeu a sua atitude e só ele sabe o que é bom para ele nesta sua jornada, que pode ser a última da sua carreira. O sérvio tem bom gosto nas horas vagas porque eu também jogo ludo(clássico),né. Rsrs.

Davi Silva
24 dias atrás

É um vencedor incansável, não duvido que Nole continue lutando pelos grandes títulos

rubens
rubens
24 dias atrás

Djokovik já poderia encerrar sua carreira, já é o goat inalcançavel de todos os tempos que virão…jamais haverá alguém que possa bater seus números.

Carlos Alberto Martinez
Carlos Alberto Martinez
24 dias atrás
Responder para  rubens

É difícil, mas jamais é muito tempo

Shermann
Shermann
24 dias atrás

Aposta como retorna pro Vadja pro restante da carreira

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Shermann

É uma boa aposta. Lembra a música do Gil, vai com uma, vai com outra, mas sempre volta para a Sandra Sandrinha. O Vadja é a Sandra do Djoko. kkk No bom sentido! rss Mas desta vez o buraco estará mais embaixo (para desespero dos saudosistas). rss

Willian Rodrigues
Willian Rodrigues
24 dias atrás
Responder para  Shermann

Pensei a mesma coisa… E convenhamos, seria uma atitude muito legal para com o Marián Vajda, um dos maiores responsáveis pela alavancada que Djoko teve em sua carreira ao final de 2010. Torcendo para que seja isso

Joselito
Joselito
24 dias atrás

“Ele não é um cara fácil, digamos assim. Especialmente quando algo não está indo bem. Mas estamos aqui para colocar as costas e apanhar (por ele). É para isso que serve o time. Estamos aqui para que ele se sinta melhor e tenha um desempenho melhor. Às vezes não é fácil. Às vezes é muito complicado.”

Chega um ponto que as relações vão se complicando e aí não tem mais jeito.
Como torcedor, gostaria de vê-lo mais leve no final de sua carreira. Curtir mais o momento. Talvez a medalha de ouro olímpica possa dar-lhe esse sossego.

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Joselito

É por aí. E com quase todos jogadores e jogadoras deve ser parecido: quando estão ganhando, é só carinho e elogios; quando estão perdendo, a barra pesa.

Ídolos quase sempre têm um ego exagerado, resultante da própria condição de ídolo. Quem os idolatra os estraga.

Osvaldo
Osvaldo
24 dias atrás

kkkkkk o fim está próximo…

Rodri
Rodri
24 dias atrás
Responder para  Osvaldo

E o choro é presente

André Aguiar
André Aguiar
24 dias atrás

Olha aí a oportunidade se apresentando para a Bia.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
24 dias atrás

Pronto , o GOAT arrumou um culpado pelo mau desempenho deste ano até o momento.

Aristoteles
Aristoteles
24 dias atrás

Agora só falta a Bia se ligar que precisa de um novo treinador, olha a
aí Sakkari, como melhorou, existem parcerias que precisam ser deixadas. Ela precisa urgente disso.

Souza Oliveira
Souza Oliveira
24 dias atrás

Nunca será e tá tudo certo…. Força bom jogador continua brilhando…. Paz

Jeferson
Jeferson
24 dias atrás
Responder para  Souza Oliveira

Vc que é kkkkkkk

Souza Oliveira
Souza Oliveira
24 dias atrás
Responder para  Jeferson

Sem choradeira…. Nunca será

Marcos
Marcos
24 dias atrás
Responder para  Souza Oliveira

e aí freguês recalcado

Souza Oliveira
Souza Oliveira
23 dias atrás
Responder para  Marcos

Sem chororó…. Nunca será…. Paz

Geraldo
Geraldo
24 dias atrás

Achei ele gordinho e totalmente fora de ritmo no último torneio. Acho que já dá para ir para o futevôlei..kkk

José Cardoso Jr
José Cardoso Jr
24 dias atrás
Responder para  Geraldo

Tive a mesma impressão.

Cabelão de Boneca 2024
Cabelão de Boneca 2024
24 dias atrás

No final de ano o Djokovid ficou pistola porque o Goran não ganhou o prêmio de treinador do ano, agora após 3 meses manda o cara embora, acho que o Goran afinal não foi o treinador do ano 2023, só rindo mesmo.

Thiago Pereira
Thiago Pereira
24 dias atrás

Vi alguns treinos recentes entre os dois,e parecia não haver mais química. Pelo contrário, parecia que o Djokovic não estava feliz nos treinamentos. Ivanesevic já tinha deixado no ar o relacionamento complicado entre os dois. Foi uma parceria vencedora e o Goran acrescentou muito no jogo do sérvio. Mas chega o momento em que a um desgaste na relação. Gostaria da volta do Vajda, mas não sei se ele está disponível. Ou até mesmo do Becker. Uma coisa é certa,enquanto jogar, Djokovic irá continuar querendo ganhar títulos e não vai trazer alguém que pense diferente dele.

João Sawao ando
João Sawao ando
24 dias atrás

Os dois tem temperamento dificil

Emílio
Emílio
24 dias atrás

Aí Bia!
Ivanisevic disponível!
Vai perder esta oportunidade?

Leandro Passos
Leandro Passos
24 dias atrás

Aceitem. O fim está próximo.

Vladimir
Vladimir
24 dias atrás

OLha, considerando que foi uma relação entre sérvio e um croata, até que durou bastante e foi bem pra caramba! hehe

Lee
Lee
24 dias atrás

O saque do Djokvic melhorou muito após a parceria dele com o Ivanisevic que foi um dos melhores secadoras da história mas tudo chega a seu fim uma hora. Bem que o Djokovic poderia fazer uma parceria com o Federer agora kkkkk brincadeira.

Ma Long
Ma Long
24 dias atrás

A tendência é o sérvio anunciar a desistência dos Jogos Olímpicos daqui a algumas semanas. Lembrando que os controles dos jogos olímpicos são bem mais severos do que nos esportes profissionais.

Rodri
Rodri
24 dias atrás
Responder para  Ma Long

É, teu negócio e tênis de mesa mesmo

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
24 dias atrás

É bem visível que o Iva melhorou o saque do Dkojo. Ultimamente, o saque salvou ele de outras derrotas. Mas se o Iva já não estava acrescentando mais e o clima estava ruim, o melhor é separar mesmo. De qualquer forma, o problema maior do Djoko não é este, são os novos adversários, mais difíceis do que os anteriores. (O que atormenta os saudosistas, rsss mas agrada a quem gostam deste esporte!)

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás
Responder para  Marcos Ribeiro

Djoko bateu nos dois em 2023. Se perder é só por causa da idade.

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
24 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Bateu e apanhou, e os 2 garotos melhoraram um bocado neste último ano, e devem continuar melhorando, o que será fatal para a motivação do Djoko. Rsss

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás
Responder para  Marcos Ribeiro

Apanhou em evento importante somente para Alcaraz em 2023 em WB. No resto, ganhou. Nas partidas que importavam contra Sinner venceu, WB 2023 e Finals 2023. Se perder de agora em diante será apenas por causa dos 37 anos. No entanto, sem desculpas.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás
Responder para  Marcos Ribeiro

Apanhou e levou 3 slam e 1 atp finals?

Hyrata Abe
24 dias atrás

12 títulos de Grand Slam, 2 ATP Finals e 8 Masters 1000 é o que 99% dos jogadores gostaria pela carreira toda e ele conseguiu com um dos técnicos que teve!
Estou curioso com quem será seu próximo técnico. Pela bela amizade, imagino que ele esteja ajudando Djoko a decidir pela fila de pretendentes que se formou a partir de agora.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás

Djoko é monstro mesmo. Fez o que fez em 2023 jogando contra os dois monstrinhos mais novos Alcaraz e Sinner. As pessoas ainda não se deram conta, mas Djoko bateu o fenômeno Alcaraz com 16 anos a mais de idade e já próximo do fim de sua carreira em RG 2023, Atp Finals 2023 e Cincinnati. Venceu a final de Atp Finals 2023 contra Sinner com 14 anos a mais de idade. O goat é também o jogador mais bem sucedido do tênis após alcançar os 30 anos.

Marcelo
Marcelo
24 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Hahahahahahahahahaha Alcaraz em péssima fase e ele suou muito para vencê-lo. Alcaraz no seu melhor nível o venceu em Masters 1000, Wimbledon e pegou o número 1. Sinner agora que pegou maturidade e consistência passou a vencê-lo com facilidade. Tanto que o Djokovic fugiu de Miami para não pegar o Sinner.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás
Responder para  Marcelo

E Alcaraz Sinner enfrentaram o Djoko versão 2011 ou 2015? Apanharam de um tenista muito mais velho e na descendente no aspecto físico, mas que sobressaiu por causa da técnica inigualável.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Marcelo

Péssima fase em RG e Cincinnati? Não, jogou seu melhor e tomou um vareio mesmo. Idem pro Sinner em Wimbledon e Finals.

Neto
Neto
24 dias atrás

Incrível como quase todos os fãs do Djokovic simplesmente não sabem nada de tênis,kkkkkkkkkkkkkkk

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
24 dias atrás
Responder para  Neto

Verdade. É tanto que consideramos um jogador com 20 slam melhor do que outro que tem 24.

Paulo Mala
Paulo Mala
24 dias atrás
Responder para  Neto

Exatamente. A maioria acompanha tênis por volta de ums 5 anos e parecem adolescentes comentando, além do desconhecimento que mostram.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Quem parece adolescente é quem fica dando piti e não aceita os números acachapantes do GOAT Djoko pra cima do freguês suíço. By the way, acompanhei praticamente toda a carreira do rei de todos os esportes NovaKING.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
24 dias atrás
Responder para  Neto

Além de achar 20 > 24, você também acha 310 > 420, 5 > 8, 6 > 7, 28 > 40 e 23 > 27?

Ana
Ana
24 dias atrás

Fiquei surpresa…. Parecia ser uma parceria mais longa…. Não sei… Eu sempre preferi o Vajda…. Quem será o próximo?

Renato Hammes Filho
Renato Hammes Filho
23 dias atrás

É o nº 1 é o melhor de todos os tempos ponto final

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE