PLACAR

Dimitrov busca virada e segue invicto na temporada

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – Nesta terça-feira, o búlgaro Grigor Dimitrov teve uma partida complicada pela frente em sua estreia no Australian Open. Enfrentando o húngaro Marton Fucsovics, que o havia vencido em dois dos três duelos anteriores, o cabeça de chave 13 fez valer o bom momento e venceu de virada, com parciais de 4/6, 6/3, 7/6 (7-1) e 6/2, após 3h27 de jogo.

Campeão em Brisbane no começo da temporada, voltando a conquistar um título depois de mais de seis anos, o búlgaro segue invicto em 2024. Dimitrov terminou a partida com mais winners que o rival (39 a 31) e menos erros não forçados (55 a 59). Seu próximo obstáculo será o vencedor do duelo entre o austríaco Sebastian Ofner e o tenista da casa Thanasi Kokkinakis.

Dono da maior sequência ativa em Grand Slam, com 52 disputas consecutivas, jogando todos os principais torneios desde o Australian Open de 2011, Dimitrov vai muito melhor em Melbourne do que nos outros três eventos. Ele soma 32 vitórias lá, contra 19 em Roland Garros em 17 em Wimbledon e no US Open.

Assim como o búlgaro, quem também passou pela estreia com virada foi o australiano Max Purcell, que perdeu o primeiro set para o quali húngaro Mate Valkusz, mas se recuperou e fechou o jogo com o placar final de 3/6, 7/6(7-2), 6/4 e 7/5. Na segunda rodada, o tenista da casa enfrentará o norueguês Casper Ruud, que cedeu apenas cinco games na primeira rodada.

Em partidas de mais de três horas, o convidado francês Arthur Cazaux, de 18 anos e atual 108 do mundo, e o quali eslovaco Lukas Klein, de 25 anos e atual 164º no ranking da ATP, levaram a melhor sobre seus rivais e se garantiram na segunda fase.

Cazaux bateu o sérvio Laslo Djere com parciais de 6/2, 6/7 (3-7), 6/2, 3/6 e 6/2, em batalha de 3h26, e pode pegar na próxima rodada o dinamarquês Holger Rune, ou o japonês Yoshihito Nishioka. Já Klein levou 3h 10 para vencer o sul-coreano Soonwoo Kwon, com placar de 7/6 (7-0), 4/6, 7/6 (7-3) e 6/3. O eslovaco espera pelo vencedor do duelo alemão entre Alexander Zverev e Dominik Koepfer.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE