PLACAR

Ruud passa firme pela estreia e cede apenas 5 games

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – Não poderia começar melhor a campanha do norueguês Casper Ruud no Australian Open. Nesta terça-feira, o cabeça de chave 11 teve pela frente o veterano espanhol Albert Ramos, que até impôs alguma dificuldade na disputa dos pontos, mas acabou dominado no placar, caindo com parciais de 6/1, 6/3 e 6/1.

Apesar de ter cedido apenas cinco games, Ruud teve que ficar 2h06 em quadra até selar sua 80ª vitória da carreira em quadras duras. Ele empatou o retrospecto geral com Ramos, agora com quatro vitórias para cada lado. Mais experiente, o espanhol havia vencido os quatro primeiros confrontos, mas perdeu os quatro últimos.

Ruud tenta agora evitar uma repetição do que aconteceu com ele no ano passado em Melbourne, quando não passou da segunda rodada, surpreendido pelo norte-americano Jenson Brooksby. Seu próximo adversário sairá do confronto entre o australiano Max Purcell e o húngaro Mate Valkusz, que veio do qualificatorio.

Lehecka e Norrie também avançam sem sustos

Embora com um placar um pouco mais apertado, o tcheco Jiri Lehecka garantiu sua primeira vitória na competição com mais rapidez que Ruud, batendo o espanhol Bernabe Zapata em 1h42, com o placar final de 6/3, 6/2 e 6/3. O 32º favorito terá pela frente o norte-americano Alex Michelsen, algoz do convidado da casa James McCabe com 7/6 (7-5), 3/6, 6/1 e 6/2.

Também avançou sem grande dificuldade o britânico Cameron Norrie, que gastou 2h15 para derrubar o peruano Juan Pablo Varillas por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/4 e 6/2. Na próxima fase, o 19º pré-classificado enfrentará o surpreendente italiano Giulio Zeppieri, que veio do quali e eliminou o sérvio Dusan Lajovic em quatro sets, com placar de 6/3 3/6, 6/3 e 7/6 (7-3).

Fills e Griekspoor buscam viradas

Já entre os que sofreram um pouco mais para avançar estão Arthur Fils e Tallon Griekspoor, que saíram perdendo e precisaram buscar a virada. O caso do holandês foi o mais grave, já que perdia por 2 a 0 para o russo Roman Safiullin antes de fechar o jogo com parciais de 2/6, 3/6, 7/6 (7-3), 6/4 e 7/5, em batalha de 3h50.

Já o francês ficou apenas um set atrás do tcheco Jirie Vesely, mas venceu os dois seguintes e fechou o jogo por 3 a 1, com placar final de 4/6, 7/5, 6/2 e 6/3. Seu próximo rival será justamente Griekspoor, cabeça de chave 28. Os dois se enfrentaram apenas uma vez, na primeira rodada do US Open do ano passado, com vitória de Fils de virada e em cinco sets.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE