PLACAR

Danielzinho alcança final inédita de challenger aos 35 anos

Daniel Dutra da Silva (Foto: João Pires)

Porto Alegre (RS) – Com uma campanha memorável no saibro gaúcho, o experiente paulista Daniel Dutra da Silva está na final do Brasil Tennis Open, torneio de nível challenger disputado nas quadras cobertas da Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre. Desta vez, ele superou o argentino Facundo Mena, ex-número 127 do mundo e atual 406º, com as parciais de 6/3 e 6/4 em 1h48.

Aos 35 anos, Danielzinho alcança assim a sua primeira final de challenger da carreira e tentará o 27º título como profissional. Tenista mais velho da história a debutar numa decisão deste nível, ele é também o brasileiro com maior número de conquistas no circuito da ITF, tendo 26 conquistas em 47 finais disputadas. Neste ano, já faturou o M25 de Maceió.

Atualmente na 464ª colocação do ranking, o paulista entrou na chave como lucky-loser e tem como melhor marca da carreira o 207º lugar, alcançado em agosto de 2022. Com a campanha em Porto Alegre até aqui, ele poderá voltar ao top 400. No momento, está subindo provisoriamente 64 posições e assumindo exatamente o 400º posto.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Turco cabeça 8 será adversário na final

Na decisão deste domingo, Danielzinho terá pela frente o turco Ergi Kirkin, atual 299º do ranking e oitavo principal favorito do torneio, que bateu na outra semifinal o peruano Gonzalo Bueno em jogo duríssimo de três sets, anotando o placar final de 7/6 (7-5), 3/6 e 6/3 em 2h46 de confronto.

Os dois já duelaram uma vez nesta temporada, naquele que foi o único encontro entre eles até aqui, há menos de um mês. Naquela ocasião Kirkin levou a melhor no tiebreak do terceiro set após uma batalha com 2h36 de duração, avançado para as quartas de final do challenger de Tucumán, no saibro argentino.

Ação social para vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

A chuva deu uma trégua neste sábado em Porto Alegre, e o Brasil Tennis Open voltou para as quadras da Associação Leopoldina Juvenil depois de ser transferido para uma unidade secundária do clube com quadras cobertas. A situação de calamidade pública continua em todo o Estado do Rio Grande do Sul, e com isso os patrocinadores do circuito challenger, capitaneados pelo Santander, se engajaram na campanha de arrecadação de doações em dinheiro e produtos, promovida pela Associação Leopoldina Juvenil e o Instituto Sports desde a metade da semana.

Com aeroporto fechado e vôos sendo cancelados, um ónibus está sendo fretado para que o staff, a arbitragem e alguns jogadores possam seguir para Santos, onde amanhã se inicia a Santos Brasil Tennis Cup, outro Challenger 50 também com realização do Instituto Sports.

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Arajaribu
Arajaribu
25 dias atrás

Bora copar Daniel!! Campanha maravilhosa no meu RS!!!

Paulo A.
Paulo A.
25 dias atrás
Responder para  Arajaribu

Apesar de todo o drama pelo qual estão passando, espero que os gaúchos amanhã torçam com força total por este guerreiro muito inspirador. Ter chegado à final já é um feito gigante. Parabéns!

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
25 dias atrás

Danielzão da massa mandando bem,que essa campanha seja coroada com o título,bora copar!

Marcos Souza
Marcos Souza
25 dias atrás

Demorou, mas chegou.

Thiago Monteiro
Thiago Monteiro
25 dias atrás

Condições ideais pro Danielzinho, vai ganhar seu merecido Challenger

Wendel
Wendel
25 dias atrás

Ele merece esse título!

Leandro Antonio
Leandro Antonio
25 dias atrás

Pra cima deles, Danielzinho!!!

João Sawao ando
João Sawao ando
25 dias atrás

O Daniel vai ganhar

Jorge Luiz
Jorge Luiz
25 dias atrás

Parabéns guerreiro, bora copar amanhã

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
25 dias atrás

Daniel é merecedor dessa final. Um batalhador do tênis. Torcendo para o título inédito

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE