PLACAR

Daniel Silva elimina cabeça 4 em Piracicaba, Pucinelli avança

Daniel Dutra da Silva (Foto: João Pires)

Piracicaba (SP) – Depois de ter passado por um quali com duas rodadas, Daniel Dutra da Silva aproveitou o embalo e estreou com vitória na chave principal do challenger de Piracicaba, torneio com premiação de US$ 82 mil que está sendo disputado nas quadras de saibro do Clube Cristóvão Colombo. O experiente paulista de 35 anos e 472º do ranking passou pelo argentino Santiago Taverna, cabeça 4 no evento e 203º do mundo, por 4/6, 6/4 e 7/5 em 3h11 de partida.

A campanha até as oitavas de final está rendendo 10 pontos na ATP para Daniel Silva, são 4 pontos das vitórias no quali e mais 6 pelo resultado na chave principal. Com isso, ele já está recuperando até 40 posições no ranking. A melhor marca de sua carreira é o 207º lugar, alcançado em agosto de 2022.

O adversário de Daniel nas oitavas será o italiano Alexander Weis, 308º do ranking, que venceu o argentino Federico Agustin Gomez por 4/6, 6/4 e 6/3. O único duelo anterior foi vencido por Weis em dois tiebreaks, no ano de 2021.

O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Taverna ainda no início da partida. O argentino saiu vencendo por 3/1 e administrou a vantagem até o fim do set, enfrentando apenas dois break-points. Com duas quebras no segundo set, Daniel igualou a disputa. Já na última parcial, o experiente paulista escapou dos cinco break-points que enfrentou e aproveitou a chance de quebra no último game da partida.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Pucinelli vence a primeira na temporada
Quem também estreou com vitória nesta terça-feira foi Matheus Pucinelli. O jovem paulista de 22 anos e 343º do ranking superou o suíço Damien Wenger, 395º colocado, por 6/2 e 6/4 em apenas 1h36 de partida. É o primeiro torneio que Pucinelli disputa na temporada. Ele enfrenta nas oitavas o canhoto italiano Edoardo Lavagno, 235º do ranking, em confronto inédito.

Outro brasileiro nas oitavas é o paulista Mateus Alves, que enfrenta o argentino Camilo Carabelli, cabeça 2 do evento. Já o pernambucano João Lucas Reis foi superado ainda na rodada de estreia. O jogador de 23 anos e 309º do ranking caiu diante de Juan Bautista Torres, 432º colocado, por 6/4, 2/6 e 7/6 (7-5) em 2h45 de partida.

Mateus Alves marca a primeira vitória brasileira em Piracicaba

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Thiago
Thiago
27 dias atrás

Parabéns pro Daniel. Baita zebra. Decepção com o João Lucas. O bicho é forte, joga bem, mas não engrena.

Refaelov
Refaelov
27 dias atrás
Responder para  Thiago

João Lucas é sempre esse filme repetido: 9 em 10 vezes q vai sacar com um 5×4 ou 4×5, 6×5 ou 5×6; entrega a rapadura, claramente é muito mais uma questão psicológica doq tenistica, uma pena..

Daniel merece sim todos os parabéns por essa vitória mas, esta escancara a fragilidade dessa geração atual do tênis BR: esse Taverna ganhou os últimos SETE jogos contra tenistas nossos entre 21 e 25 anos e, agora tá ae, perdendo pra um, sim, grande batalhador mas, um cara com 35 anos q nunca foi sequer top 200..

Se essa rapaziada n acordar pra vida e perceber q tão fzd mtaaaaa coisa errada, não vai sair dessa faixa de ranking em q se encontram..

E por fim, feliz pelo retorno com vitória do Puccineli, teve um 2023 pavoroso mas, tem só 21 anos, já foi top 200, é um cara com todas as condições de, ao menos, voltar a essa faixa de ranking pra entrar nos Qualys de Slams..

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
27 dias atrás

Esse honra a pátria,joga com raça… parabéns!!!

Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
27 dias atrás

como lutou o Daniel. Impressionante. Salvou uns 15 BP. No 5×5 do 3 set salvou varios BP. Taverna baloeiro hein rs. Depois perdeu a cabeça total. 3h de partida! Parabens Daniel.

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
27 dias atrás

Hailander, o cabra vai jogar até os 80 anos.

Rogério Falco
Rogério Falco
27 dias atrás

Grande resultado do Daniel! Que continue assim.

Eduardo
Eduardo
27 dias atrás

Parabéns ao Daniel, bela vitória. Esse Taverna é um mala em quadra, tem vários episódios dele desrespeitando público e adversário, tem o filme queimado até com os argentinos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE