PLACAR

Chegada de Federer ao número 1 completa 20 anos

Foto: Reprodução/Twitter (Wilson Tennis)

Basileia (Suíça) – O dia 2 de fevereiro traz lembranças muito especiais para Roger Federer e seus fãs espalhados pelo mundo. Nesta mesma data, na temporada de 2004, o suíço atingia pela primeira vez na carreira o posto de número 1 do mundo, aos 22 anos de idade. O feito foi obtido justamente um dia após a conquista do seu segundo troféu de Grand Slam e o primeiro no Australian Open, com vitória sobre o russo Marat Safin na decisão.

A chegada de Federer ao topo do ranking também marca o início de uma sequência recorde de 237 semanas na liderança, que só foi interrompida em agosto de 2008, quando o espanhol Rafael Nadal enfim destronou o suíço e chegou à ponta pela primeira vez. Ao todo, Federer somou 310 semanas como número 1, a última delas em junho de 2018.

Além de ser o tenista que mais tempo liderou a lista da ATP de forma consecutiva, outra marca que ainda pertence a Federer é a distância entre a primeira e a última vez na liderança, com uma diferença de 14 anos e 142 dias. Novak Djokovic, líder disparado em semanais totais na ponta (410), aparece em segundo lugar neste quesito, com 12 anos e 213 dias de espaço entre o primeiro e o seu mais recente reinado.

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Shermann
Shermann
4 meses atrás

Vida longa ao leão da montanha!!! Que jogador!!! Faz falta demaissssss

Lee
Lee
4 meses atrás
Responder para  Shermann

O melhor

Paulo Almeida
Paulo Almeida
4 meses atrás

E hoje está 410×310 para o GOATaço e contando.

Astério Silva
Astério Silva
4 meses atrás
Responder para  Paulo Almeida

Djoko realmente é o maior rebatedor que o tênis já viu. O melhor tenista, no entanto é His Majesty RF, seguido pelo craque Rod Laver ! Quem já assistiu um jogo completo de Djoko x Medvedev ou Bautista Agut … affff dá sono, não tem um voleio, um Tip and charge, um smash. Com Federer, Sampras, B Becker, S Edberg, Alcaraz e poucos outros, não tinha monotonia, só jogadas brilhantes que nos fazia sorrir.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
4 meses atrás
Responder para  Astério Silva

Melhor tenista que era jantado em quadra e teve todos os recordes pulverizados?

24 > 20
413 > 310
8 > 5
7 > 6
40 > 28
71 > 54

Djoko tem todas as jogadas, a maior caixa de ferramentas que o tênis já viu, é o jogador mais técnico e completo da história.

Pras viúvas do Terceirão, só resta espernear e negar a realidade.

Abs!

Andre Borges
Andre Borges
4 meses atrás

Ó Deus as pessoas não me respeitam como o grande campeão que sou, não vejo notícias comemorando aniversário das minhas conquistas, não sei o que mais preciso fazer pra ser amado como Roger ou Rafa. Talvez em Roland Garros eu precise jogar em uma maca e simular carisma, quem sabe assim me amarão.

Joselito
Joselito
4 meses atrás
Responder para  Andre Borges

Coincidência ou não, esta data de 2 de fevereiro também marcou o início da maior entressafra do tênis.

Leo, o realista
Leo, o realista
4 meses atrás

The real goat!
Que falta ele faz no circuito!

Jeferson
Jeferson
4 meses atrás

Coitado do boca murcha,djoko demoliu ele

Fábio Sena
Fábio Sena
4 meses atrás

Que importância tem isso? Vamos falar de quem ainda vive e luta nas quadras. O número 1 é Novak Djokovic.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE