PLACAR

Cadeirantes: brasileiras jogam 3 torneios na Colômbia

Maria Fernanda Alves (Marcello Zambrana/CBT)

Florianópolis (SC) – Dando continuidade no calendário internacional do Tênis em Cadeira de Rodas, o time do Brasil realiza a segunda turnê na Colômbia, com a presença de quatro atletas da categoria Feminino Open: Maria Fernanda Alves, Meirycoll Duval, Vitória Miranda e Jade Lanai, além do técnico Leonardo Oliveira. Os torneios acontecem de 28 de agosto a 10 de setembro e a participação do time conta com o apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Ao todo, as tenistas irão disputar três torneios em cidades diferentes. O primeiro será o Bogotá Open, de 28 a 31 de agosto, em Bogotá. Depois seguem para o Pereira Open, de 2 a 5 de setembro, na cidade de Pereira, e encerram a turnê no Medellín Open, de 7 a 10 de setembro, em Medellín.

De acordo com Maria Fernanda, a participação dos atletas nesses torneios é crucial para que sigam se desenvolvendo dentro e fora das quadras. “Jogar tênis de alto nível requer estar em constante crescimento e o melhor caminho é estar sempre competindo. Poder disputar os três torneios nos permite somar pontos, o que nos coloca em posições melhores do ranking ITF. Agradeço o incentivo que a CBT tem nos dado”, comentou.

Já para Vitória, a turnê colombiana também é uma oportunidade de preparação para o US Open. “Não existe forma melhor de chegar bem no Grand Slam do que jogar em alto nível e é o que farei na Colômbia. Pretendo dar o meu melhor”, disse a atleta que jogará na categoria Júnior do US Open.

Oliveira acredita que as brasileiras têm condições de voltarem com títulos na bagagem. “Temos tenistas fortes e que, certamente, podem conquistar medalhas. Vamos trabalhar para que elas tenham esse foco”, comentou.

Esta é a segunda turnê realizada pela CBT na Colômbia em 2023. A primeira aconteceu no mês de julho e os brasileiros conquistaram sete títulos e seis vice-campeonatos em três torneios.

Os eventos fazem parte do Circuito UNIQLO Wheelchair Tennis Tour e recebem os principais atletas do mundo, de acordo com o ranking internacional vigente. A posição desses atletas define suas possíveis convocações para participar de grandes eventos como Grand Slam e Mundiais, assim como posição no ranking e para futuras convocações para Parapan- Americanos de 2023 e Paralimpíadas de Paris 2024.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE