PLACAR

Bia, Swiatek e Osaka estreiam nesta segunda em Doha

Foto: WTA Tour

Doha (Qatar) – O complemento da primeira rodada do WTA 1000 de Doha terá a estreia de Beatriz Haddad Maia, classificada como a cabeça de chave número 10 do torneio. Por volta das 11h desta segunda-feira, a canhota paulista enfrentará a chinesa Xinyu Wang, 41ª colocada do ranking, no terceiro jogo da quadra 2.

O histórico entre as duas jogadoras é totalmente favorável à brasileira, que venceu os três duelos anteriores. O mais recente deles aconteceu em setembro de 2022 no WTA 250 de Talín, na Estônia. Quem vencer, terá pela frente a ganhadora do confronto entre a polonesa Magdalena Frech e a bielorrussa Victoria Azarenka, bicampeã do torneio em 2012 e 2013.

Vindo de semifinal no WTA 500 de Abu Dhabi, Bia travou uma batalha de três horas contra a russa Kasatkina no último ano e acabou desistindo da disputa da semi de duplas ao lado de Luisa Stefani no mesmo dia, alegando dores nas costas. Até o momento, ela não deu mais atualizações sobre o caso e deve jogar normalmente no Qatar.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Por falar em Luisa, a duplista de 26 anos volta a jogar com sua parceira fixa, a holandesa Demi Schuurs, com quem chegou às quartas de final do Australian Open e forma a dupla cabeça 5. Por volta de 13h30, elas encerram a programação da quadra 4 contra a cazaque Anna Danilina e a ucraniana Nadiia Kichenok.

A rodada do dia também terá na quadra central o reencontro entre a japonesa Naomi Osaka e a francesa Caroline Garcia, que se enfrentaram na primeira rodada do Australian Open, e contará com a estreia da número 1 do mundo, Iga Swiatek, diante da romena Sorana Cirstea.

Veja a programação completa desta segunda-feira em Doha:

Quadra Central – 9h30
Magdalena Frech (POL) vs. Victoria Azarenka
Naomi Osaka (JAP) vs. [16]Caroline Garcia (FRA)
[1]Iga Swiatek (POL) vs. Sorana Cirstea (ROM)
[6]Marketa Vondrousova (TCH) vs. [Q]Greet Minnen (BEL)

Grandstand 1 – 8h00
Emma Raducanu (GBR) vs. Anhelina Kalinina (UCR)
[Q]Nao Hibino (JAP) vs. Magda Linette (POL)
[Q]Bernarda Pera (EUA) vs. Linda Noskova (TCH)
Anna Kalinskaya vs. Karolina Pliskova (TCH)

Grandstand 2 – 8h00
Peyton Stearns (EUA) vs. Elise Mertens (BEL)
Arantxa Rus (HOL) vs. Petra Martic (CRO)
[10]Beatriz Haddad Maia (BRA) vs. Xinyu Wang (CHN)

Grandstand 3 – 8h00
Leylah Fernandez (CAN) vs. [12]Liudmila Samsonova
Anastasia Pavlyuchenkova vs. [11]Daria Kasatkina

Grandstand 4 – 8h00
[9]Barbora Krejcikova (TCH) vs. Anastasia Potapova
Marie Bouzkova (TCH) vs. Sofia Kenin (EUA)
Por volta de 13h30
Anna Danilina (CAZ)/Nadiia Kichenok vs. [3]Demi Schuurs (HOL)/Luisa Stefani (BRA)

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo A.
Paulo A.
5 meses atrás

Só jogaço e seja o que Deus quiser no jogo da Bia, quem sabe ela surpreenda em dois sets…nada provável mas vai que…

Adalberto
Adalberto
5 meses atrás

“O histórico entre as duas jogadoras é totalmente favorável à brasileira, que venceu os três duelos anteriores.”
Isso é irrelevante, pois chinesa era ‘outra’ há 2 anos…
Não será nada fácil e pode ter até surpresa (tomara que não…).
Ainda mais se a Bia não estiver 100%…
VQV Bia! O tempo não pára e roda gira! kk…

Última edição 5 meses atrás by Adalberto
Ubiratan (Black)
5 meses atrás

Eu diria que quem ficou melhor posicionada para chegar mais fácil nas QF e só aí enfrentar uma das principais cabeças de chave foi a Rybakina. Já é uma grande candidata pro torneio, mas é a que tem até as oitavas jogos contra adversárias menos fortes, teoricamente.
Porém, Jabeur e Krejcikiva também não podem reclamar, pois as cabeças que talvez enfrentem nas oitavas são Garcia e Sakkari, que não estão nos seus melhores momentos. Mesmo Garcia sendo campeã da UC! mas foi uma equipe, onde ela só pegou de maior relevância atual a Iga na final e perdeu o jogo.
Alexandrova pegou o início só de quali para chegar às oitavas, mas aí terá possivelmente a Iga.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
5 meses atrás

Bia e Luísa são as duas excessões do tênis Brasileiro tanto feminino quanto masculino, Fonseca ainda vamos ver

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE