PLACAR

Bia ganha dois lugares e pode seguir subindo na WTA

Foto: Michael Cummo/Western & Southern Open

Miami (EUA) – Mesmo sem ter ido tão longe no WTA 500 de San Diego, na semana passada, a paulista Beatriz Haddad Maia fez o suficiente para ganhar duas colocações no ranking e se firmar no top 20. A canhota paulistana aparece na 18ª posição na lista desta segunda-feira e pode subir ainda mais na próxima.

Bia está contando com a queda da russa Liudmila Samsonova, atual 17 do mundo, que nesta semana perderá os pontos conquistados no título do WTA 500 de Tóquio no ano passado, e por isso vai cair pelo menos cinco posições no próximo ranking. A brasileira pode subir ainda mais se conseguir vitórias no WTA 1000 de Guadalajara.

Atual número 2 do país, a paulista Laura Pigossi segue na 130ª colocação. Já a também paulista Carolina Meligeni Alves, sofreu leve queda de uma posição e agora é a 276ª do mundo. Um pouco mais embaixo, a gaúcha Gabriela Cé vai se aproximando de novo do top 300. Ela, que já foi 221ª colocada, ganhou dois lugares e foi para o 318º posto.

Stefani mantém top 10 nas duplas

No ranking de duplas, a paulista Luisa Stefani se manteve no top 10, ocupando justamente a 10ª colocação, a mesma da semana passada. Bia também se manteve no mesmo lugar nas duplas, ficando na 15ª colocação. A carioca Ingrid Martins fecha a lista de brasileiras no top 100, caiu uma posição e está no 58º lugar.

Veja o top 10 das brasileiras no ranking de simples na WTA:

Beatriz Haddad Maia – 18ª (+2)
Laura Pigossi – 130ª
Carolina Meligeni Alves – 276ª (-1)
Gabriela Cé – 318ª (+2)
Ana Candiotto – 583ª (+1)
Thaisa Pedretti – 674ª (-2)
Julia Konishi – 796ª (-2)
Luana Plaza Araujo – 805ª
Georgia Gulin – 861ª
Rebeca Pereira – 871ª (-2)

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE