PLACAR

Bia: “Competi bem, mas não é à toa que Iga é número 1”

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – A campanha até as quartas de final no WTA 1000 de Madri foi destacada por Beatriz Haddad Maia. Depois de três vitórias no torneio, uma delas sobre a top 10 Maria Sakkari, ela foi superada pela número 1 do mundo Iga Swiatek em três sets. A brasileira avaliou de forma positiva a atuação no torneio e reconheceu os méritos da polonesa em conseguir a virada nesta terça-feira.

“Claro que a derrota de hoje dói bastante, eu realmente acreditei e achei que o jogo poderia ser meu. Mas essa foi uma semana positiva. Eu consegui ser um pouco mais paciente e competi muito bem, então levo essa boa sensação e esse espírito para a continuação da temporada”, disse Bia após a derrota por 4/6, 6/0 e 6/2 para Swiatek, em jogo com 2h30 de duração.

Cinco games seguidos no fim do primeiro set

A reação no fim do primeiro set, em que ela estava perdendo por 4/1 e fez cinco games seguidos, foi destacada pela paulistana. “Não é fácil sair da condição que eu estava e conseguir quebrar e ganhar aquele set. Me coloquei numa posição muito boa no jogo, de poder ganhar, então confesso que estou chateada e insatisfeita porque senti que estava pronta, e aí hesitei”.

“E não é à toa que a Iga é a número 1 do mundo. Quando você joga contra uma jogadora assim, experiente, que já passou por isso várias vezes e está em boa fase, o jogo vai acontecendo e aí sinto que me perdi um pouco nos pensamentos. Faltou fazer melhor, ir lá e ganhar o jogo”, complementou a jogadora de 27 anos, que fez seu quarto jogo no circuito contra Swiatek, com uma vitória no WTA 1000 de Toronto em 2022.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Bia agora segue para o WTA 1000 de Roma, torneio em que chegou às quartas no ano passado, e ainda jogará o 500 de Estrasburgo antes de Roland Garros. Ela segue confiante no trabalho de sua equipe. “O tênis é muito duro e envolve muita coisa mentalmente e fisicamente, mas sei que tenho uma equipe incrível ao meu lado e agora é seguir trabalhando”.

“Nós temos um acordo de nunca darmos desculpas a respeito de situações externas, como o evento, a quadra ou qualquer outra coisa. Então tentamos sempre trabalhar com aquilo que temos controle”, afirmou. “Para todos os tenistas, toda semana é uma nova história independentemente do que aconteceu no torneio anterior, sendo campeão ou perdendo na primeira rodada. O tênis nos ensina bastante”.

94 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
25 dias atrás

Vamos para o próximo torneio

Flávio
Flávio
25 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Cara a Iga joga só na pancadaria. É surreal pois ela joga que nem uma top 30 e năo como número 1, então a polonesa vai se mantendo no topo devido à sua ótima explosão física e velocidade que são poucas que consegurm competir com ela hoje, infelizmente o nível do tênis feminino está baixo e espero que evolua.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
24 dias atrás
Responder para  Flávio

Discordo totalmente, ela sabe bater na bola com eficiência letal, vira o jogo com respostas rápidas e geralmente no 1o. saque..trocar bola com ela é quase sempre perder o ponto. Por isso é uma número 1. Nunca ouvi dizer que top 30 é só pancada….rsrssr

Paulo A.
Paulo A.
25 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Considero que Bia fez um ótimo torneio e mostrou evolução em relação à fase ruim em que estava. Tirar um set da melhor do mundo é uma sempre um ótimo sinal. Mas precisa urgente treinar mais voleios, smashes e curtas.

João Sawao ando
João Sawao ando
24 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Sim .ela fez um ótimo torneio.e sempre tem coisas a melhorar como o saque e a parte mental.todos tenistas tops sempre tem coisas a melhorar.

Ana
Ana
24 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Pois é…. Ela só fica na defensiva no fundo e jogando no meio. Quando tenta fazer algo diferente. Erra…

YAN
YAN
25 dias atrás

A Bia agora tem que fazer uma boa preparação em Roma pra defender os pontos da semi em Paris, o que será, obviamente, uma missão complicadíssima. Ainda tenho a opinião que ela deve pensar em tentar outro tecnico, ou talvez buscar ajuda de uma psicologa, sua atitude dentro de quadra me faz pensar que se a parte mental fosse melhor, seus resultados também seriam melhores.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  YAN

Concordo 100% contigo. Hoje ela iniciou um primeiro set muito bem, deu uma vacilada e foi quebrada, mas recuperou e se impôs pra fazer 5 games seguidos e fechar o set. De repente no segundo set baixou demais o nível, isto após couch do Rafa e da equipe técnica, talvez tenham mandado ela se poupar ou apenas colocar em jogo. A Iga se aproveitou disto e deu um pneu. No terceiro set ela já entrou afetada pelo pneu e acabou complicando tudo, quebrou a Iga, mas não fez mais nada. No geral até fez uma partida competitiva, mas o mental a traiu e deixou todos nós tristes e desiludidos. Ainda afirmo que deve melhorar o seu serviço com técnico exclusivo e pensar em trocar esta comissão técnica.

Vanessa
Vanessa
25 dias atrás
Responder para  Blumenau

Nada a ver o que você falou sobre o couch… Teve momentos que deu para ouvir o Rafa falando para a Bia atacar mais a bola e não se encolher nos ataques da Iga, pois ela poderia aguentar, disse pra ela não desistir do jogo porque ainda podia reverter… A verdade é simples. A IGA pegou seu caderninho, repensou a estratégia e jogabilidade quando foi ao banheiro e voltou determinada a vencer. Se impôs e levou a melhor, ponto.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Vanessa

Legal, você deve ter um microfone em contato direto com ele para saber todas as instruções que ele passou durante o jogo. Você é uma menina de sorte.

Vanessa
Vanessa
24 dias atrás
Responder para  Blumenau

Eu simplesmente assisti o jogo, coisa que você claramente não fez. Quando ela foi perto do box o microfone estava aberto e foi possível ouvir as instruções. Mas como eu já desconfiava você não deve assistir nenhum jogo e vem aqui comentar abobrinha….

Última edição 24 dias atrás by Vanessa
Thiago
Thiago
24 dias atrás
Responder para  Vanessa

Concordo. Pela primeira vez consegui ouvir essas conversas e o Pacciaroni era bem duro com a Bia. Nada de “vamos”, era tiro, porrada e bomba.

Temos que entender que a Bia é um ou 2 degraus abaixo da Iga. Vamos aplaudir que, quando a polonesa baixou a guarda, Bia se impôs. Isso é louvável.

Blumenau
Blumenau
24 dias atrás
Responder para  Thiago

Assisti ao vivo e depois o replay do jogo como costumo fazer e juro que não vi a Iga baixando a guarda em momento algum, talvez você tenha um monitor com câmera exclusiva que nós pobres mortais não temos acesso.

Horacio
Horacio
25 dias atrás
Responder para  YAN

Depois do primeiro set, enquanto Iga estava no vestiário, Bia ficou uns 3 ou 4 minutos saltitando e conversando com seu treinador. Aí começou a virada: essa conversa possivelmente fez com que Bia voltasse a configurar se mentalmente como inferior a Iga. Sua frase posterior confirma isso: “não e a toa que Iga é a número 1”.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Horacio

Caramba, acertou na mosca!!!!! Foi um coach reverso que acabou confundindo a cabeça dela.

João Racca
João Racca
24 dias atrás
Responder para  YAN

Concordo plenamente que é preciso trabalhar melhor o controle mental. Mas trocar de técnico, absolutamente não. Ele colocou a Bia num ótimo patamar. Isso foi muito significativo. Você reúne talento, vibração, resiliência e mental, mas para que tudo isso funcione, quanto menos mexer, melhor. É ajustar pequenos pontos, sem traumas e muita paciência. O tênis não pode entrar nessa vibe infantil do futebol, perdeu troca. Tênis definitivamente, é outro esporte.

Ricardo
Ricardo
25 dias atrás

Perfeito ! Parabéns pela campanha e pelas colocações. Muito orgulho de vc, Bia !

Flávio
Flávio
25 dias atrás
Responder para  Ricardo

Quando falo que o tênis feminino é limitadíssimo está aí o resultado,então analisando os casos começando pela Bia que é verdade vem evoluindo,porém é uma atleta com sérias limitações emocionais e está entre as 15 do mundo que se o tênis feminino de outrora fosse competitivo como era a época da Serena tanto ela como a Sakkari não seriam top 20 nunca,acho que a Bia chegou no seu limite e esta coloção(entre as 15 do mundo) é muito bom para ela,agora a respeito da Iga que mostrou mais uma vez que só joga na pancadaria medíocre e mais nada, nao sabe usar curtas,slice, voleio,lob ou seja, só possui 5 % de técnica e vai se nantendo no topo porque a maioria das suas adversárias năo conseguem manter o nivel físico da polonesa, por isso o seu jogo feio vai se mantendo. Quando vemos o jogão Alvcarás x Struff comprova a realidade do nível o tênis masculino, infelizmente,parece outro esporte praticado por eles, por isso o público prestigia mais um Alcaraz; Nadal, Djokovic, Tsitsipas e outros do que ver a Iga e seu jogo feio.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Flávio

Pura verdade, ganha sempre na paulada e ajuda das outras que morem de medo de entrar em quadra contra ela.

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Blumenau

Pois é Blumenau e quando se fala a verdade acham ruim porque não aceitam a verdade, realmente a realidade esta aí o jogo da polonesa é limitadíssimo e para quem é a número 1 e jogar só assim, infelizmente mostra o nível atual do ténis feminino e a Barti faz muita falta.

Vanessa
Vanessa
25 dias atrás
Responder para  Flávio

Na verdade, essas comparações só existem para os machistas tentarem justificar sua falta de entendimento sobre qualquer coisa que vá além do fato de comparar homens e mulheres com base em coisas que criam nas suas mentes medíocres e limitadas.

Leonel
Leonel
25 dias atrás
Responder para  Vanessa

Vanessa. Hoje realmente eu assisto a Bia ou Sabalenka e para por aí. Ta pouco sim. Caiu muito após as irmãs Willians. Outra coisa, a Bia é ótima mas ela dá umas derrubadas na gente as vezes. Se ela fosse mais consistente ela teria triplicado os fãs e estaria lá no top 10 de boa.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Vanessa

OMG, pela falta de argumentos agride com ideologia.

Vanessa
Vanessa
24 dias atrás
Responder para  Blumenau

Ideologia? Agressão? Me poupe. Vocês querem comparar coisas que não tem como se comparar. As mulheres não jogam para ser iguais aos homens. Elas desenvolveram o jogo de uma forma e os homens de outra apenas isso. Uma comparação plausível seria de estilos de jogos entre gerações do mesmo sexo como um rapaz fez aqui. Comparar gêneros não cabe.

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Vanessa

Que machismo o que moça, Vanessa, será que você não enxerga a verdade não? Ora bolas o que eu posso fazer se é verdade e veja aí a Iga ,número 1, tem um tênis limitadíssimo e para quem é a número 1, que esta no topo, e jogar só na grosseria é ruim pra a imagem do tênis feminino, por isso que muitos desprestigiam e não tem nada de machismo da minha parte só que você não quer enxergar isso e vem com esse mimimi aqui, aliás, o adjetivo tosco, machismo, que você sugere que defendo aqui não procede, pois eu já elogiei ótimas jogadoras como a Barti e outras e sei que há várias mulheres competentes que ocupam profissões de alto gabarito por mérito delas, assim como há homens competentes ocupando a mesma função e também sei que há profissionais ruins seja homem ou mulher em diversas funções, infelizmente é a realidade. Agora sobre o estilo de jogo da polonesa que eu falo é o que meus olhos mostram que esta na cara que só não ver quem não quer, pois a polonesa é uma tenista limitadíssima sim que usa apenas a sua boa explosão física para apavorar a maioria das suas adversárias, por isso ainda esta no topo e para quem é a número 1 jogar só assim mostra que o nível do tênis feminino esta baixo, pois o estilo de jogo dela é igual de uma top 30 e não de uma número 1, levando a crer que até este momento a Iga é a pior número 1 dos últimos 5 anos, embora seja uma vencedora que já reconheci aqui diversas vezes que é mérito dela. Então Vanessa se você não sabe analisar uma opinião coerente aprenda a interpretar, ou aprenda enxergar o tênis.

Blumenau
Blumenau
24 dias atrás
Responder para  Flávio

Aplaudindo de pé!!!!!!! Temos que ver, também, que a WTA é americana e ela faz os sorteios das chaves (não sei se dirigido) e que sempre beneficia as suas jogadoras. Teve um torneio que eu até comentei que foi bisonho o sorteio que colocava garantidamente duas americanas nas semifinais. Fora isto, as chaves sempre beneficiam as cabeças de chave 1 e 2 colocando em seus caminhos somente qualifiers e jogadoras com ranking baixo. Daí, a IGA deita e rola em cima de jogadoras fracas e cansadas do quali e vai assim até as semis quando pega jogadoras com rankings altos, mas também já cansadas das batalhas e ela bem fresquinha. Moleza, é bater e correr pro abraço. É incorreto? Não, mas é injusto pela falta de equilíbrio. Esta é minha opinião.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
24 dias atrás
Responder para  Flávio

Eu acho que vc e outros estão com problemas de visão … a Iga limitadíssima é surreal…kkkkkkkkkk vc falam do tempo da Serena/ Venus.. e quem mais?? e vai dizer que as irmãs não eram só porrada no inicio principalmente. Me
falem outros nomes da mesma época… umas 10 pelo menos…. não tem né. Hoje temos umas 10, 15 ou 20 no mesmo nivel , sendo que a Iga é o topo superior e depois a Sabalenka uns dois degraus abaixo e as outras 18 no mesmo nivel….masi uns 3 ou 4 degraus abaixo. E no masculino … o que vc tem hoje , um Djoko ( extra fora da curva) escolhe até onde joga, um Nadal( extra fora da curva) , mas machucado e os outros , nenhum outro do Sinner pra baixo ainda é igual aos dois citados. E comparar masculino com feminino é covardia., deixe separado. É a mesma coisa da época da Everte e Navratilova comparando com Agassi e Sampras.

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

Haroldo é o seguinte rapaz é você que esta viajando e não quer enxergar a Iga não sabe usar slice, curtas, lob, voleio e só pancadaria limitada, então me fala onde esta a qualidade técnica dela? Então pare de viajar rapaz, pois no momento o seu nível técnico é limitadíssimo sim que só não ver, como você, quem não quer agora se você não sabe o que é qualidade técnica, desculpa então você não sabe o que é jogo vistoso. Agora você citou algumas jogadoras que não tem ,aliás, tem sim que você esqueceu mas vou te lembrar aqui que no momento tem a Muchova, Marqueta, Jabeur, Kenin, Towsend, Ribakina, Putintseva e a Parri que usa backrand de uma mão que é fantástico e tinha a Barti, só que tirando a Ribakina e a Sabalenka as outras não conseguem competir com a polonesa porque são frágeis fisicamente e aí o jogo feio da Iga aproveita, mas também você esqueceu da Steffi Graffi essa jogava demais que para mim era como se fosse Federer de saia devida genialidade como você citou as irmãs Willians, de fato, elas usam muita força mesmo que tem um detalhe que você se esquece ou não sabe é que elas eram ótimas sacadoras e às vezes usavam voleio que a Iga não sabe sacar com maestria e nem volear como elas faziam e sim só pancadaria de fundo de quadra, e para quem é a número 1 só viver assim é mediocridade demais, infelizmente é a verdade. Também você citou o tênis masculino e esqueceu do Alcaraz, Tsitsipas, Hone e outros que têm ótimas técnicas, então rapaz repense, mas tem uma coisa que concordo contigo que é injusto cobrarmos a mesma eficiência do tênis masculino com feminino porque sabemos que a diferença é abissal mesmo, apenas o que espero é que elas apresentem um pouco mais de qualidade técnica só isso porque a ex- número 1 Barti provou que pode ser vencedora jogando com qualidade técnica que a iGA até hoje não evolue neste quesito, agora se você ainda insiste que a IGA , só tem 5% de técnica, tem qualidade é porque você não sabe o que é qualidade técnica e desculpe a minha sinceridade. Abraços.

Vanessa
Vanessa
24 dias atrás
Responder para  Flávio

Bom, até onde eu li você comparou o jogo masculino com o das meninas, sim. E é sobre isso que estou falando. Na minha opinião não existe comparação, pois a forma que a Iga joga está de acordo com a maneira que o jogo de tênis feminino foi desenvolvido. Agora se é bonito ou não, se é limitado ou não, Deve-se fazer outro tipo de análise que não faça comparação com os homens, pois são muitas variáveis que impedem que seja feita essa comparação, somente isso. Eu me lembro que na época da Serena quando ela destruía as adversárias na pura força física, os caras para tentar diminuir ela ficavam argumentando que ela só fazia o que fazia porque era contra mulheres que ela jogava, pois contra um jogador ela não aguentaria a pancadaria. Ora isso era óbvio e por vários motivos.

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Vanessa

Não é isso não Vanessa é apenas uma citação ao dizer que o nível delas esta baixo, a única coisa que sugerir é que elas também podem jogar ou ganhar com técnica como a Barti fazia e não quis dizer igual porque sei que não tem como comparar A com B porque sei que a diferença técnica é muito grande, então apenas quis dizer que dá pra ela jogar um pouco mais vistoso que a Barti já provou que pode e acho que você entendeu errado, mas agora espero que tenha entendido o meu ponto de vista. Sim você citou a Serena que também usava muito a força, mas ela tinha um detalhe que a Iga ainda não tem que é: ser uma grande sacadora e às vezes voleava que fez muito a diferença na sua trajetória e a única coisa que a Iga tem é a pancadaria comparado a Serena e só.

Evandro
Evandro
25 dias atrás
Responder para  Flávio

O que quer dizer, exatamente, uma pessoa com “limitações emocionais”? Se sente, é limitada, seria isso? Sentimento, para vc, é isso? Se é assim, quem será que possui limitações no campo emocional?

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Evandro

Evandro quando falo limitações emocionais é que ela se abate ou se desespera, ou entra em pânico em situações adversas e não é só por causa do jogo de hoje e sim repetidamente, infelizmente, ou você ainda não notou isso? Abraços.

Adalberto
Adalberto
24 dias atrás
Responder para  Flávio

Você joga o Masculino ou o Feminino?
Em qual você é perfeito?
Crítico de sofá é uma m….!
Sugestão: Assista outro esporte! Desista do tênis…

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Adalberto

Adalberto eu falo o que eu vejo e baseando em números do tênis, agora se você não aceita ou não quer ver aí é problema seu só que brigar com a realidade como você quer sugerir, desculpa eu não faço isso. Você disse para desistir não cara, acho que quem gosta do esporte deve sim apreciá-lo independente qual for, o problema é que você e alguns nutellas não aceitam a verdade ou a realidade, mas fazer o que tem gente que não aceita a realidade de comentários e preferi viver na bolha sobre o jogo feio da Iga que já disse aqui que só não ver quem não quer, mas tudo bem segue o jogo.

José
José
24 dias atrás
Responder para  Flávio

È a numero 1 com jogo feio, imaginem se fosse bonito.

Flávio
Flávio
23 dias atrás
Responder para  José

É porque o nível do tênis feminino esta baixo José, por isso ela esta no topo devido à sua explosão física.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
25 dias atrás

Pelos péssimos resultados anteriores, realmente, a Bia reencontrou o equilíbrio bem rápido! Tá bem próxima de seu melhor nível.

Flávio
Flávio
25 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Fernando acho que ela já chegou no seu limite, pois emocionalmente ela tem limitações enormes e ficar entre as 15 é uma boa colocação, agora a Iga mnão precisa dizer muito e cada jogo que faz comprova que é a pior número 1 dos últimos 5 anos, pois é limitada demais, porém muito eficiente.

Leo
Leo
25 dias atrás
Responder para  Flávio

Duas coisas que acho que a Bia precisa evoluir. O mental e o saque. Se ela sacasse como a rybaquina ela seria top 5.

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Leo

Concordo Leo, pois o mental dela deixa a desejar mesmo.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
25 dias atrás
Responder para  Flávio

Flavio, isso que vc sente pela Iga é amor kkkkkkkkkkkkk

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Fernando Venezian kkk é verdade que ela é uma moça bonita com todo respeito, mas eu não me levo nesse estilo no qual você se referiu apenas analiso baseado em números ou naquilo que vejo só isso, pois não tenho nada contra a polonesa e sim contra seu estilo de jogo que é muito feio e limitado demais para quem é a número 1,pois por ser a número1 ela deveria apresentar um pouco de recurso técnico e jogar só na pancadaria é desmotivante para o nível do tênis que empolga muito pouco o público diferente da época da Barti. Ok meu caro e um grande abraço.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Flávio

Realmente, na minha opinião a Iga é a pior Nº 1 de todos os tempos. Por favor, Vanessa, isto não tem nada com machismo ou ideologia. Relaxa!

André Aguiar
André Aguiar
24 dias atrás
Responder para  Blumenau

Blumenau deve ser rapaz novo. Não viu a Dinara Safina jogar.

Leandro Meneoli
Leandro Meneoli
24 dias atrás
Responder para  André Aguiar

kkkkkkkk ou a wozniack…. e olha que ela até melhorou um pouco….

Blumenau
Blumenau
24 dias atrás
Responder para  André Aguiar

Me sinto assim, apesar dos setenta e poucos anos. Agradeço o elogio.

Aurelio
Aurelio
25 dias atrás

Gosto muito da Bia, mas está tapando o sol com a peneira.
A equipe técnica claramente comprometida e ela se recusando a seguir em frente sem eles:

– após chegar ao seu melhor no Elite Trophy, fez uma pré-temporada deficitária (privilegiou os contratos publicitários?) , deixou o condicionamento físico cair demais;
– ela começa bem as partidas em 2024 e vai sempre caindo ao longo dos sets; no final, o saque vai piorando tanto que ela mal consegue sair do chão. É óbvio que quando o físico se vai, aumentam os erros e o mental vai junto.
= culpa do “preparador físico” (se é que dá pra chamar fisioterapeuta de preparador físico); já estamos quase em Maio, o déficit de condicionamento físico que existia em Janeiro já era para ter sido corrigido.

– hoje foi um perfeito exemplo do técnico lhe dando as táticas erradas, mandando ela avançar à rede (logo contra a Iga); encheu a cabeça da menina de pontos errados/inadequados para a situação e, obviamente, prejudicando seu jogo mental ao ver que nada mais estava dando certo.
= culpa do técnico
(e outra – técnico é técnico e psicólogo é psicólogo; querer acumular função, nesse nível da WTA, é um absurdo)

Andre Borges
Andre Borges
25 dias atrás
Responder para  Aurelio

Muito ruim essa Bia e comissão técnica… Onde já se viu vencer o primeiro set e depois perder da número 1 do mundo numa quartas de final de WTA1000?

Alexandre De Souza
Alexandre De Souza
25 dias atrás
Responder para  Andre Borges

Perfeito , pelos comentários de fora parece tao simples vencer a número 1 do mundo…

Blumenau
Blumenau
24 dias atrás
Responder para  Andre Borges

Esqueceu de citar: “CONTÉM IRONIA” rsrsrsrsrs

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Aurelio

Desde muito eu venho batendo nesta tecla: “BIA TROCA DE TÉCNICO PELAMORDEDEUS!!!!”

Evandro
Evandro
25 dias atrás
Responder para  Blumenau

Melhor arrumar uma cama, um cobertor e chorar.

Blumenau
Blumenau
24 dias atrás
Responder para  Evandro

Não deixa de ser uma boa ideia, agradeço a dica.

Vanessa
Vanessa
25 dias atrás
Responder para  Aurelio

Não posso dizer que você falou pouco, mas… Contudo, falou muito e falou groselha. A ideia de variar o jogo já que nas trocas do fundo a Bia estava perdendo é básica, porém se bem executado poderia ser eficiente. Porém, a Bia perdeu a confiança e começou a errar, algumas vezes no limite, inclusive. Não adianta quando se perde a força mental e o foco perde-se o jogo.

João Sawao ando
João Sawao ando
25 dias atrás
Responder para  Aurelio

A Bia precisa de um psicólogo voltado para área esportiva

Jose
Jose
25 dias atrás

Bia claramente voltou para o nível onde estava. Precisa melhorar esse slice bizarro que flutua e sobe demais. A movimentação continua ruim mas no saibro ela tem mais tempo para se mexer. Com certeza iria mais longe se não tivesse cruzado com a iga. Falta acreditar mais na pancadaria que é o seu habitat. Ela teve uma virada espetacular no primeiro set. Era para ser o máximo agressiva no segundo e no terceiro set para ter chances. Uma pena mas com certeza uma ótima evolução.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás

O que se nota é que a Iga atropela as adversárias na base da paulada e porque todas têm medo de enfrentá-la e já entram em quadra derrotadas. Ela é a pior nº 1 de todos os tempos, não tem variação, é saque de cavalo, coice de mula pra tudo que é lado e uma dose extrema de sorte, pois acha as linhas com mais sorte do que precisão, ou seja, tem mais coragem do que juízo, mas está dando certo e ela continua com seu jogo horroroso de assistir. Parece que infelizmente suas adversárias ainda não captaram isto, com exceção de algumas um pouco mais inteligentes que vêm dando trabalho pra ela de vez em quando. Como ela está no topo da WTA sempre pega uma chave facílima de chegar pelo menos nas semis, isto é notório, só enfrenta pitocas e qualifiers. Na hora que compreenderem isto ela vai cair algumas vezes e sair do TOPO e vai ter que rebolar pra ganhar os torneios. Espero ver isto em breve com a ascensão da Rybakina e da recuperação da Sabalouca.

José Nilton Dalcim
Admin
25 dias atrás
Responder para  Blumenau

Rapaz, que coleção de absurdos.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
25 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Olá, Dalcim. Olhe o lado positivo da situação. Concordo plenamente com você que seja uma coleção de absurdos, mas é melhor ter que ler isso do que ser cego.

João Sawao ando
João Sawao ando
25 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Pois é

NFdS
NFdS
25 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Dalcim, acho que abriram a porta do hospício e os malucos vieram todos aqui comentar. Que loucura, quanta baboseira! Será que essa gente acredita mesmo no que escreve ou estão de gozação?

José Nilton Dalcim
Admin
25 dias atrás
Responder para  NFdS

Quero acreditar que foi pura gozação, ninguém que entende de tênis pode falar tanto absurdo.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Mais difícil é acreditar que o moderador não respeita a opinião dos críticos.

João Silva
João Silva
25 dias atrás
Responder para  Blumenau

Ele respeitou, não te censurou.. ele só contrapôs a sua opinião.. você pode refletir e fazer uma tréplica.. e podemos pegar uma pipoca e acompanhar isso, rs. Só peço que fiquem no nível cordial.

Dando a minha opinião agora, ninguém é número 1 por muito tempo por acaso, talvez tenha um jogo feio ou a pessoa é antipática e tem pouco carisma, mas competência técnica e inteligência de ver o jogo ela tem.

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  João Silva

José Silva sim ,de fato, ela esta lá porque tem mérito e que suas adversárias, maioria delas, não conseguem competir fisicamente com ela e assim vai atropelando suas adversárias que isso é fato, agora não quer dizer que seu estilo de jogo seja ideal e a meu ver a Iga é a pior número 1 dos últimos 5 anos que só não ver quem não quer porque é extremamente limitada, então para quem é a número 1 e só joga na pancadaria é porque não tem recurso técnico, veja ela não sabe usar slice, curtas, lob, voleio se isso não é falta de qualidade, então não sei o que é técnica. Abraço.

João Sawao ando
João Sawao ando
24 dias atrás
Responder para  João Silva

Sim joao

Ricardo
Ricardo
25 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Kkkkkk

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Agradeço por estar postando meus comentários, já que tem bastante tempo que estão me bloqueando.

Última edição 25 dias atrás by Blumenau
Ana
Ana
24 dias atrás
Responder para  Blumenau

Sabalouca?????

Marcos Paulo
Marcos Paulo
25 dias atrás

Tênis feminino virou jogo de potência e só…

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Marcos Paulo

Pois é Marcos Paulo é complicado isso e jáf alei aqui que o nível do tênis feminino esta baixo porque 90% das jogadora do tênis feminino só jogam na pancadaria, incluindo a Iga e o tênis não é só isso, só que não aceitam a realidade e negam ver isso.

Helio
Helio
25 dias atrás

Valeu Bia Sou seu fã Abraços

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
25 dias atrás

Se fizermos uma comparação, a Serena Williams quando tinha a idade da Iga, tinha 8 finais de grand slam no currículo com 6 títulos (2 US Open, 2 Wimbledon, 1 RG e 1 AO) e dois vices, um em Wimbledon e outro no US Open. A Iga Swiatek conseguiu 4 Grand Slams antes dos 23 anos, tem 100 semanas na liderança do ranking, ganhou 80 sets por 6 a 0, então ela está fazendo milagre porque se ela é limitadíssima como o Flavio insiste em dizer, sem milagre não conseguiria esses números. Pode ser também que ela esteja contando com a generosidade das adversárias que abrem mão de prêmios e prestígio maiores para deixar a Iga ganhar os jogos por algum motivo. No quesito pneus aplicados, me parece que a Serena Williams venceu em torno de 150 sets por 6 a 0 em toda a sua carreira. A Iga já conseguiu 80 pneus até agora e acredito que possa ultrapassar a Serena Williams nesse quesito. Fica difícil concordar que a Iga, com os números que conquistou até agora na carreira, seja a pior nº 1 do mundo nos últimos 5 anos. Talvez seja mais fácil, sensato, lógico e equilibrado concluir o contrário, que a Iga é a melhor nº 1 do mundo dos últimos cinco anos. A Ashleigh Barty nasceu em abril de 1996 e se aposentou em 2022, pouco antes de completar 26 anos de idade, com 121 semanas na liderança do ranking da WTA e 3 títulos de grand slam. Acho que quando a Iga chegar na idade que a Barty estava quando se aposentou, seus números serão melhores que os da australiana.

Flávio
Flávio
24 dias atrás

Carlos Alberto tu querer comparar Serena com a Iga aí você se perdeu completamente nos seus argumentos meu caro kkk, pois a norte-americana ganhou 23 slams incluindo diversas vezes Wimbledon, maior torneio de tênis, e com esse jogo medíocre e limitado da Iga não chega nunca a 23 slam e dificilmente ganha a grama sagrada, a não ser que evolua tecnicamente ou aprenda a sacar melhor como a Serena fazia, então se liga meu caro porque essa sua análise não procede kkkkkkk e a Barti sabia jogar diferente da Iga que é só na pancadaria e mais nada devido a sua boa explosão física. Abraços.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
24 dias atrás
Responder para  Flávio

O Carlos Alberto só mostrou números reais e os números não mentem jamais, a verdade dói pra alguns quando são ditas. E não vou dizer que a Serena não era espetacular , foi também ( extra fora da curva) , mas daqui 10 anos vamos ver os números.para comparar. AS duas sao eficientes ao seu modo e se juntam ao time de grandes jogadoras do time feminino de tenis

Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

Haroldo Guimarães tem um detalhe que talvez você e alguns esquecem é que a Serena era uma boa sacadora e às vezes voleava que fazia diferença principalmente na grama sagrada de Wimbledom coisa que a iGA não sabe sacar ou volear como ela fazia, aliás, ela só sabe jogar no fundo de quadra usando apenas pancadaria e a Serena não era tão brilhante tecnicamente como vc disse, mas tinha mais recurso do que a Iga que só não ver quem não quer.

Flávio
Flávio
24 dias atrás

Claro que os números da polonesa pode ser melhor Carlos Alberto porque a Barti já parou precocemente viu amizade, então que viagem é essa a sua , desculpa mas eu já li muitos comentários excelentes que já postou, mesmo discordando de mim, mas essa sua última foi sem noção e desculpa a minha sinceridade. Agora a Iga deve passar os números da Barti, mas jogar melhor aí não porque a Barti sabia jogar ao invés da Iga que é só explosão física.

Felipe Rossa
Felipe Rossa
25 dias atrás

Pelo seu tamanho e força Bia poderia ter um 1º saque arrasador!
Se melhorar o saque acredito que será top .
Meligeni cravou que Bia será n1º do mundo, impossível não é mas isso é bem improvável, terá que melhorar um absurdo em todos fundamentos…

rafael luis
rafael luis
25 dias atrás

uma coisa que eu nao entendo é porque a Bia vira e mexe vai pra rede se nem volear ela sabe? Ir pra rede Ainda mais no saibro? Esse tecnico é limitado.

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  rafael luis

Concordo, não tem mobilidade suficiente por causa da altura. Joga duplas para poder aprimorar esta deficiência, mas falta constância.

Rodrigo
Rodrigo
25 dias atrás

Ahammmmm menos…. bem menos !!!! Tomou um PAU

Ricardo
Ricardo
25 dias atrás

As subidas à rede eu não entendo, vc tem informação a respeito mestre Dalcim?

José Nilton Dalcim
Admin
25 dias atrás
Responder para  Ricardo

Bia tem feito isso com frequência, Ricardo. O que eu vejo: muitas vezes, a escolha do golpe de aproximação não é a correta, principalmente em função da profundidade da bola ou do deslocamento da adversária, o que é essencial para evitar o contragolpe. Mas não vejo nada de errado em buscar essa alternativa tática, até porque a Bia tem grande envergadura e dá poucos espaços para a passada. Falta aprimorar a aproximação.

Francisco Alves
Francisco Alves
25 dias atrás

Competiu muito bem e está mais preparada para a continuidade do circuito e continuar nos representando de forma brilhante.
Muito obrigado Guerreira

Evandro
Evandro
24 dias atrás

Dalcim, você é favorável à conversa mais prolongada da Bia com o treinador, como ocorreu na virada do 1 set hoje? Seria prudente buscar a concentração nesse momento (até por estar diante da n. 1, jogo pra lá de exigente)?

José Nilton Dalcim
Admin
24 dias atrás
Responder para  Evandro

Não vi qualquer problema nisso, Evandro. Só haveria algum problema se fosse falado algo completamente fora do contexto do jogo, mas me parece que a troca de ideias foi sobre táticas e técnicas. Então tudo correto.

Sandra Maria
Sandra Maria
24 dias atrás

Não sei pq criticam tanto a Iga, se até a saudosa Serena só ganhava no saque e pancadaria. A queridinha Sabalenka só porrada tbm, com o diferencial de não ser tão ágil para se defender.

Última edição 24 dias atrás by Sandra Maria
Flávio
Flávio
24 dias atrás
Responder para  Sandra Maria

Perdão Sanara Maria não é bem isso é porque o jogo da polonesa é extremamente limitado e para quem é a número 1 só viver assim é desmotivante para o tênis feminino, agora a Sabalenka que vc citou eu vejo que ela evoluiu um pouco porque usa alguns slices, lob e curtas mesmo com pouco uso já é um ganho ao invés da Iga que é só pancadaria, que ela esta mais parecendo jogadora de ping-pong, a Serena que você citou tinha uma arma diferente que era o bom saque como você mesmo disse que a ajudava a volear as vezes.

Ana
Ana
24 dias atrás

O estilo de jogo da Bia não evolui na minha opinião. Ela não grande maioria das vezes está na defensiva e joga a bola no meio… Toma Winner até a adversária começar a errar…. E a maioria dos pontos que ela ganha são de erros da adversária… Precisa treinar variações….

Arangomie
Arangomie
24 dias atrás

Não é que a comissão técnica seja ruim, trouxe a Bia até aqui.

Mas…

Ela estagnou.

Parece que chegou a hora de trocar e ter coisas novas no jogo dela.

Eu acredito que a Bia tenha tênis pra subir um pouco mais no ranking, ficar no top 10 por algum tempo.

Não acho que ela vá trocar de treinador pq isso é quase “coisa de brasileiro”: não consegue ver as coisas de forma 100% profissional, se sente em dívida com quem trabalha junto.

Mas seria bom.

De qualquer forma, a carreira dela já é gigante pro nosso país e certamente tem condições de beliscar mais alguns ótimos resultados esse ano.

Blumenau
Blumenau
24 dias atrás
Responder para  Arangomie

Trocar a comissão seria o caminho ideal, na minha opinião, e colocar um técnico exclusivo para potencializar o saque.

Lucas Miranda Faria
Lucas Miranda Faria
24 dias atrás

NÃO, Bia! É o teu: técnico, Rafael Paciaroni; que não: tá com nada… isso, sim!!

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
24 dias atrás

Tem um pessoal que confunde quando dá a sua opinião pessoal com estar dizendo a verdade. Existem gostos pessoais e todo mundo tem o direito de gostar ou não de determinados assuntos ou pessoas. Mas, quando uma pessoa dá a sua opinião pessoal não quer dizer que esteja dizendo a verdade, mas sim está apenas expressando a sua opinião ou gosto pessoal. Então, querer estabelecer a sua opinião ou gosto pessoal como uma verdade sobre determinado assunto é uma atitude extremamente pretensiosa, de pessoa que acha que entende mais do assunto do que os outros e que não aceita muito as opiniões contrárias às suas.

Scott
Scott
24 dias atrás

Bao parte das críticas à Bia dizem respeito a este diagnóstico que ela própria fez. Ela as vezes não compete bem e perde jogos inacreditáveis! Que bom que, desta vez, caiu, mas caiu de pé. De fato a Iga é um osso duro de roer. O saldo da Bia é muito positivo, parabéns a ela.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE