PLACAR

Bia busca recuperação em Indian Wells e será cabeça 12

Foto: Mubadala Abu Dhabi Open

Indian Wells (EUA) – Depois de cair na estreia dos três últimos torneios que disputou, os WTA 1000 de Doha e Dubai e também o 500 de San Diego, Beatriz Haddad Maia busca a recuperação em Indian Wells. A número 1 do Brasil e 13ª do mundo é a cabeça 12 do torneio, já que a tcheca Karolina Muchova está ausente por lesão e cirurgia no punho.

Bia entra diretamente na segunda rodada e espera pela vencedora da partida entre a chinesa Yafan Wang, 66ª do ranking, ou uma tenista vinda do quali. Ela fez apenas um jogo contra Yafan, no WTA de Acapulco de 2019, quando a chinesa venceu um duelo das quartas e terminou a semana como campeã.

Caso vença sua partida de estreia, a cabeça de chave mais próxima de Bia é a russa Anastasia Pavlyuchenkova, 24ª do mundo, e que já venceu a brasileira duas vezes, a primeira no fim do ano passado em Hong Kong e a segunda em janeiro deste ano em Adelaide. A russa espera o jogo entre a convidada norte-americana Mccartney Kessler, 123ª do ranking, ou uma tenista do quali.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

No mesmo setor da chave estão a canhota tcheca Marketa Vondrousova, cabeça 7 do torneio e atual campeã de Wimbledon, e a ucraniana Marta Kostyuk, finalista em San Diego na última semana. Kostyuk pode enfrentar uma tenista do quali ou a chinesa Shuai Zhang, enquanto Vondrousova encara a australiana Daria Saville ou uma jogadora do torneio classificatório. O quadrante de Bia em Indian Wells ainda conta com a cazaque Elena Rybakina, número 4 do mundo e atual campeã do torneio, que estreia contra a espanhola Paula Badosa ou a norte-americana Ashlyn Krueger.

Paulista de 27 anos, Bia faz sua quinta participação em Indian Wells, com destaque para uma campanha desde o quali até as oitavas de final em 2021, ano em que o torneio foi realizado excepcionalmente em outubro, por causa da pandemia. Ano passado, a brasileira caiu na terceira rodada, superada pela britânica Emma Raducanu. Por isso, tem 65 pontos a defender.

Leia mais:

Últimas campeãs, Iga e Rybakina ficam na mesma chave em IW

14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Bukele
Bukele
1 mês atrás

Deu muito azar que nos 2 últimos torneios pegou uma bomba na 1a rodada, perdeu simplesmente pras campeãs dos torneios. Pelo menos está bem descansada, dá pra começar descendo a lenha em todo mundo. Vamos ver como vai ser…

Nathan
Nathan
1 mês atrás
Responder para  Bukele

“Azar” kkkkkk, sempre uma desculpa…. Vai perder no 1 jogo ou no máximo no 2, n passa disso, Bia é ruim simples!

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás
Responder para  Nathan

VEJA O QUANTO ELA É RUIM BBK:
Quando juvenil, alcançou a 15ª posição do ranking da ITF[6] e foi, por duas vezes (2012 e 2013), vice-campeã de duplas do Torneio de Roland Garros, além de ter sido semifinalista em Wimbledon (2011).[7] Já como profissional, possui três títulos de simples (Nottingham e Birmingham em 2022, e o WTA Elite Trophy em 2023) e sete títulos de duplas (Bogotá em 2015 e 2017, Sydney e Nottingham em 2022, Madri, o Elite Trophy em 2023, e Adelaide em 2024) no WTA Tour, bem como um de simples (Saint Malo em 2022) e um de duplas (Paris em 2022) no WTA Challenger Tour, além de mais 34 títulos (20 simples, 14 duplas) no Circuito Feminino da ITF.

Guilherme
Guilherme
1 mês atrás
Responder para  Nathan

Ela foi top 10.. ta milionária… é ruim em simples mesmo…

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Se for essa chinesa, sai de perto, ela é “casca de ferida”!
No AO a Raducanu esperneou mas foi batida por ela em 3 sets!

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Calma lá. A derrota pra Paolini foi VERGONHOSA. Contra a Bolter não assisti, não vou opinar. Mas o Dalcim em sua coluna disse que Bia padeceu do mesmo mal de falta de iniciativa.

Se elas pegaram confiança e subiram o nível DEPOIS, parabéns pra elas. Mas Bia perdeu pra ela mesma (ao menos, contra a Paolini)

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Vamos Bia, Vamos voltar a vencer

Gisele Matias
Gisele Matias
1 mês atrás

Boa sorte pra ela

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Tô começando a acreditar que quando a crença tá lá cima é uma questão de ter uma ou duas semanas ‘magicas’ como foi o Elite, os Nottingham e Birmingham !
VQV BIA!

Francisco
Francisco
1 mês atrás

Se passar pela chinesa vai ter que jogar muito pra ganhar da Pavlyuchenkova. Boa sorte, Bia!

PAULO CEZAR DE SOUZA
PAULO CEZAR DE SOUZA
1 mês atrás

Acredito que a Bia vença qualquer adversária se ela variar os seus golpes, talento não lhe falta. Vamos Bia!

Sadi
Sadi
1 mês atrás

Vai perder em três sets e vai dar uma entrevista depressiva pós jogo

Guilherme
Guilherme
1 mês atrás
Responder para  Sadi

Vc tem bola de cristal??? É discipulo da mae Dinah??!!!

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Grandes desafios para a Beatriz Haddad Maia e alguns tabus a quebrar. Vamos ver como ela se comporta. Agora é a hora de mostrar serviço para subir de patamar ou pelo menos se manter no patamar em que está.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE