PLACAR

Últimas campeãs, Iga e Rybakina ficam na mesma chave em IW

Elena Rybakina é atual campeã de Indian Wells (Foto: BNP Paribas Open)

Indian Wells (EUA) – As duas últimas campeãs do WTA 1000 de Indian Wells, Iga Swiatek e Elena Rybakina estão do mesmo lado da chave e podem se encontrar na semifinal do torneio. A número 1 do mundo, aliás, tem no caminho jogadoras que ela já enfrentou no Australian Open.

A estreia de Swiatek pode ser contra a norte-americana Danielle Collins, adversária que a polonesa só venceu após 3h14 em Melbourne, ou uma tenista do quali. E se vencer, a líder do ranking pode reencontrar a tcheca Linda Noskova, sua algoz no primeiro Slam da temporada. Noskova espera a vencedora entre a italiana Camila Giorgi ou a britânica Katie Boulter, campeã em San Diego no domingo. As possíveis adversárias da polonesa nas oitavas seriam a norte-americana Madison Keys ou a russa Ekaterina Alexandrova.

O quadrante ainda tem a tunisiana Ons Jabeur, cabeça 6, e quatro campeãs de Slam: Jelena Ostapenko, Angelique Kerber, Venus Williams e Caroline Wozniacki. Entre elas, Jabeur pode enfrentar a jovem russa de 16 anos Mirra Andreeva ou a norte-americana Katie Volynets, Ostapenko espera por Kerber ou a croata Petra Martic. A estreia de Venus é contra uma tenista do quali, enquanto Wozniacki joga contra a chinesa Lin Zhu.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Do mesmo lado da chave, Elena Rybakina inicia a defesa do título contra a vencedora entre a espanhola Paula Badosa e a norte-americana Ashlyn Krueger. A cazaque pode enfrentar a russa Anastasia Potapova nas oitavas. Campeã e vice em Dubai, há duas semanas, a italiana Jasmine Paolini e a russa Anna Kalinskaya podem se reencontrar nas oitavas em Indian Wells. O quadrante ainda conta com Beatriz Haddad Maia. A número 1 do Brasil e 13ª do mundo é cabeça 12 do evento e espera pela vencedora entre a chinesa Yafan Wang e uma tenista do quali. No caminho de Bia estão Anastasia Pavlyuchenkova, Marta Kostyuk e Marketa Vondrousova.

Sabalenka tem Svitolina, Pegula e Gauff em sua chave
Finalista no ano passado, a número 2 do ranking Aryna Sabalenka pode enfrentar a italiana Elisabetta Cocciaretto ou a norte-americana Peyton Stearns. A cabeça de chave mais próxima é a ucraniana Dayana Yastremska, que enfrenta a britânica Emma Raducanu ou uma tenista do quali, enquanto a também ucraniana Elina Svitolina pode enfrentá-la nas oitavas.

No quadrante de Sabalenka está Jessica Pegula, cabeça 5, que espera o jogo entre a russa Anna Blinkova e a tcheca Karolina Pliskova, ex-número 1 do mundo. A norte-americana pode enfrentar a canadense Leylah Fernandez na terceira rodada, enquanto a grega Maria Sakkari e a francesa Caroline Garcia poderiam enfrentá-la nas oitavas. Outro nome forte no setor é o da ex-top 5 Sofia Kenin.

Já a número 3 do mundo Coco Gauff pode enfrentar a canhota chinesa Xiyu Wang ou a francesa Clara Burel. A cabeça de chave mais próxima é a ucraniana Anhelina Kalinina, 35ª do ranking. Há chance de um duelo contra a belga Elise Mertens ou contra a russa Liudmila Samsonova nas oitavas, lembrando que Samsonova pode enfrentar a ex-líder do ranking Naomi Osaka ou uma tenista do quali. Já a chinesa Qinwen Zheng, finalista do Australian Open, espera a vencedora entre a chinesa Yue Yuan e a francesa Varvara Gracheva. Ela pode enfrentar a bicampeã do torneio Victoria Azarenka na terceira rodada, enquanto Daria Kasatkina e Sorana Cirstea podem pintar nas oitavas.

Leia mais:

Bia busca recuperação em Indian Wells e será cabeça 12

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE