PLACAR

Beach: BT 200 em Foz, campeões definidos em Campinas e Araxá

Lance de jogo de 2023. (Foto: @tiagolinophoto)

* A turística cidade de Foz do Iguaçu (PR) receberá, entre os dias 19 e 22 de março, o BT 200 Joog Foz do Iguaçu, etapa do Circuito Mundial de Beach Tennis que distribuirá US$ 15 mil em premiação. Esta será a terceira edição do evento, que cresceu de tamanho e foi promovida de um BT 100 para um BT 200. O evento será realizado na Arena Kirmayr Joog, com oito quadras descobertas. “É um evento muito importante para o esporte local que nasceu aqui na cidade na pandemia. A expectativa é gigante. Além de grandes jogos, os participantes terão a possibilidade de fazer turismo nas cataratas”, detalhou Carlos Kirmayr Jaquetti, organizador da competição.

* Foram definidos, neste domingo, os campeões da  terceira etapa do Circuito Beach Tennis, em Campinas (SP), com mais de 900 atletas do Brasil, Itália e Rússia. No feminino, a dupla da paulista Lorena Melo, 18ª do ranking mundial, e da mineira Graziele Silva foi a campeã. Elas bateram na decisão Julianna Martins e Lilian Shibata por 6/1 e 6/2. “Conseguimos impor nosso jogo do início ao fim. Nessa final, as meninas entraram com uma estratégia diferente no segundo set, trocando mais bolas, nos empurrando mais para trás para tirar nossa agressividade. Mas conseguimos ter calma, força mental, que influenciou no resultado da partida”, vibrou Graziela que leva o segundo troféu seguido. Ela foi campeã em Jundiaí com Isabela Sella. No masculino, o título ficou com os italianos Tristano Frattolillo e Edoardo Ponti, que derrotaram o russo Ivan Syrov e o brasileiro Giovane Bueres por 6/2, 3/6 e 10-3. “Muito feliz, final muito dura, primeira vez que jogo com um canhoto, fomos melhorando partida a partida”, vibrou Frattolillo.

* Sophia Fiedler e Luisa Clemente conquistaram título inédito no beach tennis. Elas conquistaram o título do BT 10 de Araxá (MG), evento com pontos no ranking da Federação Internacional de Tênis. Fiedler, de 16 anos, é natural de Rondonópolis (MT), e Clemente, de Araguari (MG), tem 14 anos. Elas derrotaram na final a dupla de Jeane Muzzi e Bruna Taffarel por 6/2, 2/6 e 12/10. “Eu nem estou acreditando que conseguimos esse título! Depois de muito esforço, dedicação e comprometimento, ele é nosso. Foi surreal a nossa energia para buscarmos um 9 a 5 abaixo”, vibrou Luisa. “Ganhar esse título foi um sentimento inexplicável! Não esperava conquistá-lo tão cedo!”, acrescentou Sophia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE