PLACAR

Beach: Após 8 anos, Rio Preto sedia evento internacional

Arena WA tem 11 quadras de beach tennis (Divulgação)

São José do Rio Preto (SP) – A última vez que São José do Rio Preto recebeu um evento esportivo internacional foi há oito anos, em 2015, com o confronto do playoff mundial da Copa Davis entre Brasil e Rússia. Mas esse hiato fora do mundo esportivo chegou ao fim. Entre os dias 2 e 8 de outubro, as quadras da Arena WA receberão atletas de mais de 10 países que disputarão uma premiação de 15 mil dólares. O complexo esportivo WA traz para a cidade o BT 200 de beach tennis, que reúne os melhores atletas do mundo. Augusto Laranja, ex-tenista profissional e atualmente número 330 do ranking mundial, é um dos organizadores. “É um evento inédito. Uma etapa gigantesca, que demorou um pouco para chegar aqui em Rio Preto. A cidade já conta com muitas arenas de beach, maravilhosas, mas todos que gostam de grandes eventos precisavam sair da cidade e viajar. Agora podem ver daqui. Rio Preto tem histórico de grandes eventos esportivos e está voltando a ter agora”, afirmou Laranja.

No dia 2 de outubro, começa o pré-quali, torneio masculino e feminino que vai premiar o campeão com um wild card (convite) na chave principal do BT 200. Nos dias 3 e 4 haverá um BT10, torneio profissional que também conta pontos para o ranking ITF. O campeão ganha 10 pontos. A partir da segunda rodada já começa a pontuar. Nos dias 5 e 6 será o qualificatório do BT 200, com 48 duplas, no feminino e masculino, disputando 8 vagas para a chave principal e nos dias 6, 7 e 8 será disputada a chave principal. As inscrições se encerram no dia 21 de setembro.

Um dos proprietários da WA, Adhemar José de Oliveira Filho, falou sobre o que o público poderá esperar. “É um evento muito grandioso e nós estamos preparados para poder receber todos da melhor forma possível. Temos 11 quadras feitas somente para a prática do beach tennis, todas de areia jundu, que não grudam ou sujam e não esquenta. Nossa área é bem grande com uma espaço total de 15.000 m2. Vamos ter também um evento amador, paralelo ao torneio profissional. Os amadores poderão jogar em outras quadras e circular com os jogadores pelas mesmas áreas, isso é uma coisa que o pessoal gosta muito”, comenta Adhemar. É aguardado um público de mais de 20 mil pessoas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE