PLACAR

Murray confirma favoritismo e passa bem pela estreia

Foto: ATP Zhuhai Championships

Zhuhai (China) – O britânico Andy Murray abriu sua campanha no ATP 250 de Zhuhai nesta quinta-feira e não teve grandes dificuldades para superar a estreia. Cabeça de chave 7, ele fez valer o favoritismo sobre o convidado da casa Ye Cong Mo, triunfando em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/3, após 1h42 de confronto.

“É uma quadra bem rápida. As condições aqui são de bastante humidade, mas consegui jogar em um nível bem sólido e me forcei a buscar os ajustes necessários. Uma vez que consegui vantagem no segundo set, passei a ficar mais confortável”, analisou o britânico.

Na segunda rodada, o ex-número 1 do mundo terá um desafio mais duro contra o russo Aslan Karatsev, que começou sua jornada em Zhuhai derrotando o italiano Matteo Arnaldi em uma dura virada de dois tiebreaks e 3h09 de duração, definida com o placar final de 6/7 (5-7), 7/6 (7-5) e 6/2.

Além de Murray, também passaram pela estreia os cabeças de chave 5 e 6, respectivamente Tomas Etcheverry e Mackenzie McDonald. O argentino superou o quali australiano Luke Saville com duplo 6/4, ao passo que o norte-americano venceu o chinês Juncheng Shang em três sets, com 6/4, 6/7 (3-7) e 6/3.

O próximo adversário no caminho de Etcheverry será o tcheco Dalibor Svrcina, que um dia antes eliminou o convidado da casa Zhe Li. Já McDonald enfrentará o belga Kimmer Coppejans, que derrotou o també norte-americano Aleksandar Kovacevic com o placar final de 7/6 (7-4) e 6/1.

Favoritos conhecem rivais

Os dois principais candidatos ao título em Zhuhai, que entram direto na segunda rodada, conheceram seus rivais de estreia. Cabeça de chave 1, o russo Karen Khachanov vai pegar o australiano Alex Bolt, que contou com a desistência do argentino Diego Schwartzman, quando vencia por 6/3 e 4/2.

Segundo pré-classificado, o britânico Cameron Norrie começará sua campanha diante do australiano Marc Polmans, que levou a melhor no duelo de qualis contra o compatriota Dane Sweeny, fechando o jogo com parciais de 6/3 e 6/1.

Também teve definido seu primeiro oponente o norte-americano Sebastian Korda, terceiro favorito, que vai estrear contra o francês Alexandre Muller, responsável pela eliminação do australiano Rinky Hijikata, anotando o placar final de 6/3 e 6/2.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE