PLACAR

Alves e Ribeiro são campeões de duplas em Lima

Foto: Directv Open Lima

Lima (Peru) – O paulista Mateus Alves e o gaúcho Eduardo Ribeiro ignoraram o favoritismo do gaúcho Orlando Luz, que formava com o colombiano Nicolas Barrientos a dupla cabeça de chave 3 do challenger de Lima e venceram a decisão deste sábado, batendo os rivai de virada, com o placar 3/6, 7/5 e 10-8, depois de 1h42 de confronto.

Paulista de 22 anos, Alves conquistou seu segundo título de challenger das duplas, enquanto Ribeiro, de 33, levantou sua primeira taça neste nível. Os dois vão dividir uma premiação de US$ 4.645, cada um faturando 75 pontos no ranking, ao passo que Luz e Barrientos dividem $2.700 pelo vice e conquistam 50 pontos.

Orlandinho e Barrientos foram superiores no primeiro set, não cederam chances de quebra e aproveitaram um dos cinco break-points que tiveram a seu favor. A segunda parcial foi aberta, com oportunidades para ambos os lados, mas Alves e Ribeiro foram melhor, fizeram 7/5 e levaram a decisão para o match-tiebreak.

No desempate final, a dupla 100% brasileira largou melhor e chegou a abrir 4-2, com um mini-break de frente. Orlandinho e Barrientos buscaram a igualdade em 6-6, mas na reta final levaram a pior. Alves e Ribeiro tiveram o primeiro match-point da partida, no saque dos rivais, e logo de cara selaram a vitória de virada.

A campanha desta semana deixou Oralandinho um pouco mais perto do retorno ao top 100 de duplas, ganhando quatro lugares para alcançar o 124º. O campeão Alves terá a maior ascensão dos três brasileiros que chegaram na final, vai subir seis colocações e será o 348º do mundo. Já Ribeiro se manterá no 432º posto.

Paulo Saraiva para nas quartas após rodada dupla
O brasiliense Paulo Saraiva disputou uma rodada dupla neste sábado pelo ITF M15 de Santo Domingo, na República Dominicana, e foi superado nas quartas de final. No início da tarde, ele venceu o duelo das oitavas contra o anfitrião Peter Bertran por 7/6 (7-1) e 6/4. Horas depois, ele abandonou a partida das quartas quando perdia por 6/4 e 4/1 para o argentino Facundo Mena.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE