PLACAR

Alcaraz sente melhora e já pensa em Medvedev

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Turim (Itália) – A primeira vitória no ATP Finals trouxe bastante confiança para Carlos Alcaraz, que sentiu nítida melhora em relação ao desempenho apresentado na estreia. Depois de ter sofrido uma virada de Alexander Zverev na última segunda-feira, o espanhol se recuperou na competição com uma vitória sobre Andrey Rublev.

“Estou muito feliz com a vitória de hoje. Acho que foi uma partida muito boa da minha parte. Rublev é um grande jogador e essa vitória dá muita confiança. O resultado é ainda mais especial, depois de perder no primeiro jogo”, avaliou Alcaraz após a vitória por 7/5 e 6/2 nesta quarta-feira em Turim. O espanhol de 20 anos disputa seu primeiro Finals na carreira.

“Acho que o segredo foi mostrar meu estilo de jogo. E sinto que fiz isso muito bem. Pude ser mais agressivo que ele e sei o quanto isso é muito difícil, porque todo mundo conhece a potência dos golpes do Rublev, especialmente o forehand”, avaliou o número 2 do mundo. “Treinei muito bem ontem. Concentrei-me em acertar os golpes com muita força. Tente mostrar isso hoje. Acho que essa foi a chave”.

Alcaraz vinha de três derrotas seguidas no circuito, a queda nas oitavas em Pequim e as derrotas nas estreias de Paris e do Finals. E até por isso, um bom resultado foi tão importante. “Tenho lutado para manter o meu nível nos últimos meses, em alguns torneios. Jogar uma partida desta qualidade e neste nível, é muito importante para mim. Estou muito feliz por perceber que meu nível ainda está lá, me dando uma chance neste torneio”.

Na próxima sexta-feira, Alcaraz terá um jogo decisivo contra Daniil Medvedev, em busca de uma vaga na semifinal em Turim. O histórico de confrontos está empatado por 2 a 2, com as vitórias do espanhol neste ano na final de Indian Wells e também na semi de Wimbledon. Mas ao russo levou a melhor no duelo mais recente, a semifinal do US Open.

“Depois dessa vitória tudo mudou na minha cabeça. Vou tentar mostrar o meu melhor e tentar vencer o Medvedev”, afirmou. “Na última partida ele me venceu, jogando em alto nível. Vou aproveitar os aspectos positivos e negativos do último jogo e tentarei jogar da melhor forma possível na sexta-feira. Não estou pensando nas férias agora. Estou pensando em dar o meu melhor e tentar me classificar para a semifinal desse torneio incrível”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE