PLACAR

Alcaraz diz que Buenos Aires está à altura de um ATP 500

Foto: IEB+ Argentina Open

Buenos Aires (Argentina) – Atual campeão, o espanhol Carlos Alcaraz está de volta a Buenos Aires para a disputa do ATP 250 na capital argentina, que acontece nesta semana. Por ser um dos quatro principais cabeças de chave, o número 2 do mundo folgará na primeira rodada e só deve estrear na quarta ou quinta-feira. Enquanto isso, ele segue treinando e desfrutando das instalações do evento, que em sua opinião melhoraram bastante em relação ao ano passado e estão à altura de um ATP 500.

“Em comparação com o ano passado houve uma grande mudança. As instalações melhoraram muito, as quadras são muito boas, a organização é ótima, atenciosa, prestativa, está sempre disponível. É maravilhoso. As pessoas aqui estão muito envolvidas com o tênis e acho que se este torneio chegar ao nível 500 não ficaria surpreso”, destacou o jovem de 20 anos que na sequência irá ao Rio Open.

Carlitos também explicou os motivos que lhe fizeram escolher jogar no saibro argentino, relembrando o histórico de tenistas espanhóis no torneio, incluindo seu próprio treinador, Juan Carlos Ferrero, campeão em 2010.

“No ano passado vim porque não tinha jogado ainda, não pude estar na Austrália [por lesão]. Já fazia muito tempo que queria vir para Buenos Aires e disputar o torneio. Juan Carlos venceu aqui, muitos espanhóis vieram aqui e me disseram que foi um torneio muito bom, e pude vivenciá-lo no ano passado. As pessoas são maravilhosas, as vibrações aqui são especiais, a energia é especial e eu queria voltar”, explica.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Em Buenos Aires, Alcaraz iniciou, há um ano, uma sequência de seis títulos em menos de seis meses, que culminou com a conquista de Wimbledon. No período, ele também venceu os Masters 1000 de Indian Wells e Madri e os ATP 500 de Barcelona e Queen’s. Visando repetir o êxito da temporada passada, Carlitos diz que vem treinando bem e com a confiança em alta.

“Meu nível de jogo está bom, me vejo jogando com muita confiança e em bom nível. Apresentei um bom tênis na Austrália e os dias de treino no saibro têm sido muito bons. Estou me sentindo muito bem fisicamente, com um nível de tênis muito alto, mas veremos como nos saímos em Buenos Aires”, ponderou.

Por fim, Alcaraz falou sobre suas motivações para continuar buscando vitórias, troféus e marcas. Para ele, a inspiração vem dos próprios adversários. “Sou um cara muito competitivo, ambicioso, que quer sempre vencer em tudo. Obviamente, ver o Djokovic lá em cima e os jogadores que estão conquistando títulos também me motiva a tentar estar no mesmo nível que eles. Ou falando em Big 3, tentando me aproximar, afinal sou um menino que sonha grande, sou muito ambicioso e sempre almejo o melhor”, enfatiza.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Bukele
Bukele
15 dias atrás

Não vai virar 500 pq a Argentina foi destruída economicamente. Quem sabe depois de uns 20 anos de Myley.

Última edição 15 dias atrás by Bukele
Bukele
Bukele
15 dias atrás

Não adianta os haters aí ficarem com raiva. Pra elevar ATP de nível precisa de GRANA e a Argentina está falida. Não vai virar 500 nunca, ainda mais com o Myley que é anti-soça e odeia gastos desnecessários e que quer fazer o dinheiro ir pra coisas úteis e não pra um country club cheio de ricos vendo tênis.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE