PLACAR

Alcaraz afirma que apoio da torcida ajudou muito

Foto: Mike Lawrence/ATP Tour

Toronto (Canadá) – O espanhol Carlos Alcaraz teve trabalho para derrotar o polonês Hubert Hurkacz nas oitavas de final do Masters 1000 de Toronto, em uma partida de altos e baixos, na qual perdeu o primeiro set, depois venceu o segundo no tiebreak e então abriu 5/2 no terceiro, mas perdeu as quebras de vantagem e só foi concretizar o triunfo em mais um tiebreak.

“Só tentei não pensar no que aconteceu nesses quatro games. Nesse momento, eu queria mostrar o nível no que estava mostrando antes no terceiro set. Apenas tentei converter o primeiro ponto do 5/6, isso foi a chave. Porque se tivesse perdido aquele ponto, provavelmente teria perdido o jogo”, observou o número 1 do mundo, comentando a vantagem desperdiçada na parcial final.

“Mas estou muito feliz por conseguir manter a calma, manter-me mentalmente forte nessa altura e conseguir vencer com um grande tiebreak no terceiro set”, acrescentou o jovem espanhol, que agora terá pela frente, nas quartas de final, o norte-americano Tommy Paul.

Alcaraz também destacou a importância da torcida nos momentos importantes do jogo. “Tê-los me apoiando nos momentos difíceis me ajudou muito a superar todos os problemas e tentar ser melhor. Como já disse muitas vezes, procuro fazê-los felizes, diverti-los com grandes ralis e grandes golpes”, contou o espanhol.

“E nos momentos em que não estou jogando bem, ter o apoio deles foi muito necessário para mim. Como disse na quadra, sem o apoio deles provavelmente poderia ter perdido. Portanto, grande parte desta vitória é graças a eles”, observou Alcaraz.

Podendo enfrentar o dinamarquês Holger Rune nas quartas, ele medirá forças com Paul, o que não considera mudar muita coisa. “Tento não pensar nisso e apenas focar em cada jogo. Em um Masters 1000 não importa se os cabeças de chave continuam ou não. Todos jogam muito bem e podem vencê-lo. Então tenho que focar em cada um que vou enfrentar em cada rodada”, encerrou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE